Musk diz que equipe jurídica do Twitter o acusou de violar acordo de confidencialidade

Bilionário revelou que o tamanho da amostragem para verificação de contas falsas e automatizadas era de 100 usuários
Reuters

Elon Musk

NOVA YORK – O bilionário Elon Musk afirmou que a equipe jurídica do Twitter o acusou de violar um acordo de confidencialidade ao revelar que o tamanho da amostragem para as verificações da plataforma de mídia social sobre usuários automatizados (bots) e contas falsas era de 100.

“O departamento jurídico do Twitter acabou de ligar para reclamar que eu violei seu DNA ao revelar que o tamanho da amostra de verificação de bot é 100!” , disse o CEO  da fabricante de carros elétricos Tesla em tuíte no sábado.

Na sexta-feira, Musk chegou a afirmar que seu acordo de US$ 44 bilhões para fechar o capital do Twitter e torná-la uma de suas empresas estava temporariamente suspenso enquanto ele aguardava dados sobre contas falsas.

Horas depois, afirmou que continuava comprometido com a compra, mas disse que sua equipe testaria “uma amostra aleatória de 100 seguidores” no Twitter para identificar os bots.

Neste domingo, o bilionário voltou a defender o código aberto do algoritmo do Twitter como forma de combater robôs e evitar bugs. Em sua conta pessoal, Musk reafirmou que, com o atual modelo, os usuários estão “sendo manipulados pelo algortimo de maneiras que você desconhece”.

“Não estou dizendo que há malícia no algoritmo, mas está, sim, tentando entender o que você gostaria de ler e, ao fazer isso, inadvertidamente manipula/amplifica seus pontos de vista sem que você se dê conta do que está acontecendo”, afirmou, em uma publicação.

O Twitter havia estimado, no início deste mês, que contas falsas ou de spam representavam menos de 5% de seus usuários ativos diários e monetizáveis (ou seja, que rendiam dinheiro à plataforma) durante o primeiro trimestre deste ano.

No entanto, a rede social informou que havia feito uma reavaliação das estimativas e que o número poderia ser maior.

A resposta de Musk a uma pergunta motivou a acusação do Twitter.

Quando um usuário pediu a Musk para “explicar o processo de filtragem de contas de bots”, ele respondeu: “Eu escolhi 100 como o número do tamanho da amostra, porque é isso que o Twitter usa para calcular.

“Qualquer processo sensato de amostragem aleatória é bom. Se muitas pessoas obtiverem resultados semelhantes de forma independente para % de contas falsas/spam/duplicadas, isso será revelador. Eu escolhi 100 como o número do tamanho da amostra, porque é isso que o Twitter usa para calcular <5% falso/spam/duplicado”.

Musk tuitou durante as primeiras horas deste domingo que ainda não viu “qualquer” análise que mostre que a empresa de mídia social tem menos de 5%  de contas falsas.

Mais tarde, disse que “há alguma chance de ser mais de 90% dos usuários ativos diários”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.