“Agênero” e sustentável, sandália Linus conquista Geração Z e Millennials e avança na Europa

Por Mariana Barbosa

Isabela Chusid, fundadora da Linus | Leo Martins / Divulgação

Elas estão nos pés de jovens descolados — e até mesmo de gente nem tão jovem assim. Candidata a sucessora das Havaianas como símbolo do lifestyle brasileiro, a Linus começou pequena, com uma conta no Instagram e com a fundadora Isabela Chusid vendendo em feirinhas de rua de São Paulo. 

Aliando estilo, conforto e uma pegada sustentável, em três anos e meio de vida a marca já desfilou no NY Fashion Week (a convite do estilista Carlton Jones) e acaba de estrear um e-commerce para atender a demanda do mercado europeu.

O produto é “agênero” e vegano — e vem sendo usado em casa, na praia ou no rolê. O design remete à Birkenstock, mas com material feito com 70% de PVC ecológico expandido, 100% reciclável e com selo da EuReciclo. A empresa também acaba de se tornar negativa em emissão de carbono (compensa mais do que emite), com certificação da Verra.

As vendas cresceram 400% no ano passado e hoje a marca está presente em 56 lojas físicas pelo país, com parceiros como Amaro e Pipe Content House, além de uma loja conceito, no mesmo sobrado onde fica a sede da empresa, no bairro de Pinheiros.  

A Linus nasceu da inquietude de Isabela, então com 23 anos. Formada em administração de empresas pela FGV-SP, ela deu os primeiros passos na carreira fazendo estágios em multinacionais. Mas, como uma boa representante da Geração Z, não via propósito. Não chegou sequer a completar um programa de trainee na RedBull. Após três meses, pediu demissão e foi atrás de uma coach para repensar a vida profissional. Acabou trabalhando no escritório da coach por um tempo. Mas o sangue empreendedor falou mais forte. (O avô, o pai e o irmão montaram negócios próprios. Este último fundou a fintech Spin Pay, vendida no ano passado para o Nubank.)

Adepta do estilo conforto em primeiro lugar, Isabela só andava de Havaianas, rasteirinhas e tênis Vans quando teve problemas de pisada e um estalo: criar um calçado confortável, estiloso e que respeitasse o meio ambiente. 

Isabela foi então bater na porta das indústrias de calçados injetáveis. Depois de alguns nãos desconfiados daquela menina recém saída dos bancos escolares, encontrou uma executiva em uma fábrica gaúcha que estava na mesma busca por materiais sustentáveis. Deu match. Encomendou 900 pares em três cores, que era a tiragem mínima do maquinário. (No início foi preciso fazer um recall por problemas nos tamanhos, incidente que ajudou a construir um relacionamento próximo com os clientes.) 

A primeira encomenda no atacado veio da Ahlma, marca da Reserva. — Mandei mensagem dizendo que amava a marca e que meu produto tinha tudo a ver. Eles encomendaram 200 pares de uma vez e foi uma loucura para montar as caixas, etiquetar, entender como emitir a nota fiscal e enviar — conta Isabela.

Quando veio a pandemia, a aposta na venda por atacado em parceria com lojas físicas foi colocada em banho maria. Mas com todos em casa em home office, a demanda por um estilo casual confortável fez bombar a venda direta pelo e-commerce. 

A Linus dá retorno desde o primeiro ano. Isabela investiu apenas R$ 50 mil para tirar a ideia do papel e vem bancando o crescimento 100% com recursos do próprio negócio. Por ora não quer saber de sócios investidores. 

Nos planos da marca está a ampliação da linha para incluir peças de vestuário e a abertura de lojas próprias. — Queremos ser uma referência global na moda como uma marca de lifestyle sustentável — diz Isabela. Ela prevê dobrar o faturamento este ano. 

Para dar conta do crescimento, o time também deve dobrar até o fim do ano. Hoje são 24 funcionários, dos quais apenas 4 homens. O trabalho híbrido impera e quem vai para o escritório pode levar o cachorro — Não quero ninguém sobrecarregado, mas também não dá pra ter gente ociosa — diz ela. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.