Trans na política sofrem ameaças no cargo e têm que mudar rotina por medo de agressões

Em 2020 houve um grande crescimento do número de trans eleitos para mandatos legislativos, com 25 mulheres e um homem trans chegando às Câmaras do país. Embora diminuta proporcionalmente, a presença desses políticos sofre resistência, tanto no parlamento quanto em setores conservadores da sociedade.

A Folha procurou os 27 parlamentares que hoje exercem mandatos, dos quais 24 responderam os pedidos de entrevista. Desses, 71% relataram ter passado por episódios de transfobia no cargo e 46% já foram ameaçados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.