CINEMA I Estreias: Carro Rei, A Colmeia, Minions 2: A Origem de Gru, Seguindo Todos os Protocolos, As Verdades

‘Minions 2’ estreia nos cinemas como primeira aposta para as férias de julho

Cena da animação ‘Minions 2: A Origem de Gru’, dirigida por Kyle Balda, Brad Ableson e Jonathan del Val – Divulgação

SÃO PAULO – Doze anos depois do primeiro “Meu Malvado Favorito”, os monstrinhos amarelos continuam encantando novas gerações de crianças para manter a franquia como a mais lucrativa do mundo. Nesta quinta, dia 30, mais alguns milhões vão se somar à carteira dessa turma com a estreia de “Minions 2: A Origem de Gru”.

O novo filme, a primeira grande aposta para as férias de julho, volta no tempo para exibir a infância do personagem principal, nos anos 1970, enquanto ele tenta se juntar a um grupo de vilões badalados. Nisso, as coisas não vão como planejado e vai sobrar para o trio de minions salvarem o seu minichefe, usando golpes de kung fu. As artes marciais e uma série de referências à cultura pop daquela década deve manter os pais acordados no cinema.

A estreia infantil divide as salas com quatro lançamentos nacionais. Destaque para “Carro Rei”, vencedor do último Festival de Gramado, em que o protagonista é capaz de ouvir a voz dos carros. Nesse misto verde e amarelo de “Titane” e “Christine, O Carro Assassino”, a diretora Renata Pinheiro desdobra uma trama entre o sobrenatural e o político, com um elenco em que Matheus Nachtergaele vive um mecânico alucinado.

“Seguindo Todos os Protocolos” também chega ao circuito após colecionar elogios em festivais, trazendo de maneira inusitada um homem gay que quer transar após dez meses de isolamento por causa da pandemia de Covid-19.

Já nomes como Lázaro Ramos, Drica Moraes e Zécarlos Machado estão em “As Verdades”, novo longa do diretor de “Alemão”, que aqui trabalha com uma história contada sobre diversos pontos de vista num afastado município na Bahia, envolvendo a tentativa de assassinato de um político.

Por fim, “A Colmeia” parte para os rincões do Sul para acompanhar um estranho grupo de imigrantes alemães que tenta se esconder no país durante a Segunda Guerra Mundial —mas o clima opressivo talvez seja pior do que os europeus conseguem aguentar.

Alguns cinemas da cidade já exibem também a pré-estreia do novo “Thor: Amor e Trovão”, da Marvel, além de diversas sessões do Festival Varilux de Cinema Francês até a próxima quarta-feira (6).

Confira a seguir as estreias.

Carro Rei
Vencedor de cinco troféus no último Festival de Gramado, incluindo de melhor filme, o longa de Renata Pinheiro pode lembrar um “Christine, O Carro Assassino” à brasileira. O protagonista é capaz de ouvir a voz dos carros, dom sobrenatural que se mistura a uma trama em que carros antigos são postos fora de circulação —mas, com a ajuda do alucinado mecânico vivido por Matheus Nachtergaele, uma lata velha vai renascer como o Carro Rei do título, um possante capaz de ouvir, falar e se apaixonar.
Brasil, 2021. Direção: Renata Pinheiro. Elenco: Matheus Nachtergaele, Okado do Canal, Jules Elting. 14 anos


A Colmeia
O segundo longa de Gilson Vargas, elogiado na passagem pelo Festival de Gramado, parte de um clima opressivo para observar uma família de imigrantes alemães que vive no sul do Brasil durante a Segunda Guerra. Enquanto eles tentam permanecer quietos, o medo de serem descobertos vai construindo o suspense até o colapso.
Brasil, 2019. Direção: Gilson Vargas. Elenco: Renata de Lélis, Andressa Matos, Samuel Reginatto. 16 anos


Minions 2: A Origem de Gru
O novo filme da lucrativa franquia “Meu Malvado Favorito” traz de volta os monstrinhos amarelos, agora numa viagem no tempo. O público vai conhecer a origem do vilão Gru, o mais bonzinho dos cinemas, que vai fazer de tudo para se juntar a um grupo de vilões famosos. A aventura mergulha no pastelão para agradar à criançada, enquanto traz dezenas de referências à cultura pop dos anos 1970 para despertar a atenção dos pais —​ou até dos avós.
EUA, 2022. Direção: Kyle Balda, Brad Ableson e Jonathan del Val. Livre


Seguindo Todos os Protocolos
Depois de uma carreira em festivais, chega ao circuito este longa protagonizado e dirigido pelo pernambucano Fábio Leal, que vive um homem gay que quer transar —mas ainda durante o auge da pandemia de Covid-19 no Brasil. Daí que, com bom humor, o longa esbanja volúpia, com a nudez convivendo com máscaras PFF2.
Brasil, 2022. Direção: Fábio Leal. Com: Fábio Leal, Paulo Cesar Freire, Marcus Curvelo. 16 anos


As Verdades
À moda de “Rashomon”, o famoso filme de Akira Kurosawa, o novo longa de José Eduardo Belmonte acompanha uma mesma história sob diferentes pontos de vista. O detetive recém-chegado ao local, papel de Lázaro Ramos, terá de tentar solucionar a brutal tentativa de assassinato de um candidato a prefeito cruzando as versões de três personagens, vividos por outros nomes de peso —Bianca Bin, a bela local e possível pivô do crime, Thomás Aquino, um matador de aluguel apaixonado por ela, e Zécarlos Machado, a própria vítima, no leito do hospital.
Brasil, 2020. Direção: José Eduardo Belmonte. Com: Bianca Bin, Drica Moraes, Lázaro Ramos. 16 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.