Compra do Twitter por Elon Musk está em risco, diz jornal Washington Post

Equipe do empresário concluiu que o número de contas falsas na rede social não é verificável

Elon Musk durante uma conferência da SpaceX – Joe Skipper/Reuters

SÃO PAULO – A compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk está em risco, segundo reportagem desta quinta-feira (7) publicada pelo jornal Washington Post. Citando fontes anônimas próximas às negociações, o jornal afirma que a equipe do empresário concluiu que o número de contas falsas fornecido pela rede social não é verificável.

A existência dessas contas de spam é um dos principais obstáculos para a conclusão do acordo de US$ 44 bilhões.

De acordo com o Washington Post, a equipe do bilionário parou de se envolver em algumas discussões sobre o financiamento do acordo de compra da rede social, e deve mudar de direção em breve.

Espera-se que Musk tome medidas drásticas após a conclusão de que os números não são verificáveis, segundo as fontes. Para desistir do acordo, Musk deve pagar cerca de US$ 1 bilhão.

Também nesta quinta-feira (7), o Twitter disse que remove diariamente de sua plataforma mais de 1 milhão de contas consideradas spam.

A empresa explicou suas políticas de combate à manipulação da plataforma e o cálculo dos chamados usuários monetizáveis diariamente, aqueles que estão ativos na plataforma.

Musk respondeu à explicação de Agrawal, publicada no Twitter, com um emoji de fezes. “Então, como os anunciantes sabem o que estão recebendo pelo seu dinheiro?”, Musk questionou em seguida. “Isso é fundamental para a saúde financeira do Twitter”, completou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.