Emmy tem ‘Stranger Things’, ‘Succession’ e Zendaya entre indicados

HBO manteve o pódio e recebeu mais menções que a Netflix, em lista puxada ainda por ‘The White Lotus’ e ‘Hacks’
Leonardo Sanchez

A estatueta do Emmy
A estatueta do Emmy – Valerie Macon/AFP

A Academia de Artes e Ciências Televisivas dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira os indicados à 74ª edição do Primetime Emmy Awards, o principal prêmio da indústria americana de televisão e streaming.

Vários favoritos do público, como “Stranger Things”“Round 6” e as atrizes Sydney Sweeney e Zendaya, de “Euphoria”, foram lembrados pelos votantes. O campeão de menções, no entanto, foi o drama queridinho da crítica “Succession”, por sua terceira temporada, com 25 indicações.

Ele é seguido pela comédia “Ted Lasso” e pela minissérie “The White Lotus”, que receberam 20 indicações cada uma. “Hacks” e “Only Murders in the Building” tiveram 17, “Euphoria”, 16, e quatro títulos empataram com 14 —”Barry”, “Dopesick”, “Ruptura” e “Round 6”.

A sul-coreana, aliás, se tornou a primeira produção em língua não inglesa indicada na categoria de melhor série de drama, enquanto Zendaya é a mais jovem indicada duas vezes como atriz, bem como a produtora mais jovem a concorrer por um prêmio de melhor série —nos dois casos, por “Euphoria”.

Essas marcas mostram que a Academia está de olho no que há de mais pop sendo lançado na TV e no streaming —e que está disposta a diversificar seus favoritos, mesmo que isso signifique contemplar, vez ou outra, algumas produções que não representam necessariamente o padrão de qualidade que deveria buscar.

É o caso do espetáculo barulhento de “Round 6” —é bom termos o Emmy olhando para fora dos Estados Unidos, mas “Pachinko”, por exemplo, talvez fosse uma escolha mais à altura do troféu. Por outro lado, ver a irreverência de “Euphoria” ou “The White Lotus” sendo recompensadas agrada. Ou a originalidade de “Ruptura”, que estreou sem grandes pretensões e acabou surpreendendo muita gente.

Na distribuição de indicações por emissora ou streaming, quem levou a melhor foi a HBO, com 140, mantendo a dianteira que havia retomado no ano passado, quando teve 130 indicações. A Netflix, segunda colocada, passou de 129, na última edição do prêmio, para 105. Também tiveram bons resultados o Hulu, com 58, e o Apple TV+, com 51.

Os dados mostram, pelo segundo ano, que a HBO ainda representa o selo máximo de qualidade para séries americanas. O valor de produção de suas obras ainda é mais elevado do que temos visto na concorrência, e a tradicional emissora foi capaz de passar tudo isso à irmã HBO Max sem grandes problemas.

A Apple, como vemos, tem seguido caminho semelhante —foram vários nomes de peso cooptados pelo gigante de tecnologia para turbinar o seu serviço, depois dos meses iniciais em que não apresentou nada de muito empolgante ao público.

Essas mudanças inesgotáveis que temos visto no mercado de streaming, ao lado do anúncio de indicados deste Emmy, mostra que a premiação está ficando com pouco espaço para abarcar tudo o que é lançado anualmente, entre séries e temporadas novas.

A lista desta edição estava envolta em expectativa justamente porque, pela primeira vez, todos os grandes serviços sob demanda dos Estados Unidos tinham obras de peso elegíveis às principais estatuetas. Se em anos anteriores algumas ainda estavam se estabelecendo, hoje todas as principais plataformas tinham chances reais de aparecer na lista.

Isso fez com que séries consideradas fortes candidatas ao Emmy em sua estreia não dessem as caras na premiação, como “Nove Desconhecidos” e “Roar”, ambas estreladas e produzidas por Nicole Kidman. Também tornou mais acirrada, em especial, as categorias de atuação.

Selena Gomez, por exemplo, era ventilada como uma candidata à estatueta de atriz de comédia, mas acabou ficando de fora da seleção, mesmo que seus parceiros de “Only Murders in the Building”, Steve Martin e Martin Short, tenham conseguido, ambos, indicações na versão masculina da categoria.

Também não houve espaço para o elenco de “Stranger Things”, que, pensávamos, tinha chances com Millie Bobby Brown e Sadie Sink. A série conseguiu 13 indicações, mas elas se concentraram em categorias técnicas.

Entre as presenças curiosas na lista recém-divulgada, vale mencionar Barack Obama, ex-presidente americano que concorre na categoria de melhor narrador, pela série documental “Os Parques Nacionais Mais Fascinantes do Mundo”. Também surpreende a aparição de Dave Chappelle, que garantiu duas menções a “Dave Chappelle: Encerramento”, stand-up acusado de transfobia.

Os indicados ao Emmy foram anunciados durante uma transmissão ao vivo no YouTube da Academia, com apresentação de Melissa Fumero e J.B. Smoove. A entrega dos prêmios está marcada para o dia 12 de setembro. ​

Confira, abaixo, os indicados nas principais categorias e veja a lista completa no site do Emmy.

Série dramática

  • “Better Call Saul” (AMC)
  • “Euphoria” (HBO)
  • “Ozark” (Netflix)
  • “Ruptura” (Apple TV+)
  • “Succession” (HBO)
  • “Round 6” (Netflix)
  • “Stranger Things” (Netflix)
  • “Yellowjackets” (Showtime) ​

Ator em série dramática

  • Jason Bateman, “Ozark”
  • Adam Scott, “Ruptura”
  • Brian Cox, “Succession”
  • Lee Jung-jae, “Round 6”
  • Bob Odenkirk, “Better Call Saul”
  • Jeremy Strong, “Succession”

Atriz em série dramática

  • Jodie Comer, “Killing Eve”
  • Laura Linney, “Ozark”
  • Melanie Lynskey, “Yellowjackets”
  • Sandra Oh, “Killing Eve”
  • Reese Witherspoon, “The Morning Show”
  • Zendaya, “Euphoria”

Ator coadjuvante em série dramática

  • Nicholas Braun, “Succession”
  • Billy Crudup, “The Morning Show”
  • Kieran Culkin, “Succession”
  • Park Hae-soo, “Round 6”
  • Christopher Walken, “Ruptura”
  • Matthew Macfadyen, “Succession”
  • Oh Yeong-su, “Round 6”
  • John Turturro, “Ruptura”

Atriz coadjuvante em série dramática

  • Patricia Arquette, “Ruptura”
  • Julia Garner, “Ozark”
  • Jung Ho-yeon, “Round 6”
  • Christina Ricci, “Yellowjackets”
  • Rhea Seehorn, “Better Call Saul”
  • J. Smith-Cameron, “Succession”
  • Sarah Snook, “Succession”
  • Sydney Sweeney, “Euphoria”

Série de comédia

  • “Abbott Elementary” (ABC)
  • “Barry” (HBO)
  • “Segura a Onda” (HBO)
  • “Hacks” (HBO)
  • “Maravilhosa Sra. Maisel” (Amazon Prime Video)
  • “Only Murders in the Building” (Hulu)
  • “Ted Lasso” (Apple TV+)
  • “What We Do in the Shadows” (FX)

Ator em série de comédia

  • Donald Glover, “Atlanta”
  • Bill Hader, “Barry”
  • Nicholas Hoult, “The Great”
  • Steve Martin, “Only Murders in the Building”
  • Martin Short, “Only Murders in the Building”
  • Jason Sudeikis, “Ted Lasso”

Atriz em série de comédia

  • Rachel Brosnahan, “Maravilhosa Sra. Maisel”
  • Quinta Brunson, “Abbott Elementary”
  • Kaley Cuoco, “The Flight Attendant”
  • Elle Fanning, “The Great”
  • Issa Rae, “Insecure”
  • Jean Smart, “Hacks”

Ator coadjuvante em série de comédia

  • Anthony Carrigan, “Barry”
  • Brett Goldstein, “Ted Lasso”
  • Toheeb Jimoh, “Ted Lasso”
  • Nick Mohammed, “Ted Lasso”
  • Tony Shalhoub, “Maravilhosa Sra. Maisel”
  • Tyler James Williams, “Abbott Elementary”
  • Bowen Yang, “Saturday Night Live”
  • Henry Winkler, “Barry”

Atriz coadjuvante em série de comédia

  • Alex Borstein, “Maravilhosa Sra. Maisel”
  • Hannah Einbinder, “Hacks”
  • Janelle James, “Abbott Elementary”
  • Sarah Niles, “Ted Lasso”
  • Kate McKinnon, “Saturday Night Live”
  • Sheryl Lee Ralph, “Abbott Elementary”
  • Juno Temple, “Ted Lasso”
  • Hannah Waddingham, “Ted Lasso”

Minissérie

  • “Dopesick” (Hulu)
  • “The Dropout” (Hulu)
  • “Inventando Anna” (Netflix)
  • “Pam and Tommy” (Hulu)
  • “The White Lotus” (HBO) ​

Filme para TV

  • “Tico e Teco: Defensores da Lei” (Disney+)
  • “Ray Donovan: The Movie” (Showtime)
  • “Reno 911!: The Hunt for QAnon” (Paramount+)
  • “The Survivor” (HBO)
  • “Zoey’s Extraordinary Christmas” (Roku)

Ator em minissérie ou filme para TV

  • Colin Firth, “A Escada”
  • Andrew Garfield, “Em Nome do Céu”
  • Oscar Isaac, “Cenas de um Casamento”
  • Himesh Patel, “Station Eleven”
  • Michael Keaton, “Dopesick”
  • Sebastian Stan, “Pam & Tommy”

Atriz em minissérie ou filme para TV

  • Toni Collette, “A Escada”
  • Julia Garner, “Inventando Anna”
  • Lily James, “Pam and Tommy”
  • Sarah Paulson, “Impeachment: American Crime Story”
  • Margaret Qualley, “Maid”
  • Amanda Seyfried, “The Dropout”

Ator coadjuvante em minissérie ou filme para TV

  • Murray Bartlett, “The White Lotus”
  • Jake Lacy, “The White Lotus”
  • Will Poulter, “Dopesick”
  • Seth Rogen, “Pam and Tommy”
  • Peter Sarsgaard, “Dopesick”
  • Michael Stuhlbarg, “Dopesick”
  • Steve Zahn, “The White Lotus”​

Atriz coadjuvante em minissérie ou filme para TV

  • Connie Britton, “The White Lotus”
  • Jennifer Coolidge, “The White Lotus”
  • Alexandra Daddario, “The White Lotus”
  • Kaitlyn Dever, “Dopesick”
  • Natasha Rothwell, “The White Lotus”
  • Sydney Sweeney, “The White Lotus”
  • Mare Winningham, “Dopesick”

Programa de competição

  • “The Amazing Race” (CBS)
  • “Lizzo Procura por Mulheres Grandes” (Amazon Prime Video)
  • RuPaul’s Drag Race (VH1)
  • “Mandou Bem” (Netflix)
  • Top Chef (Bravo)
  • The Voice (NBC)

Talk show

  • The Daily Show with Trevor Noah (Comedy Central)
  • Jimmy Kimmel Live! (ABC)
  • Last Week Tonight with John Oliver (HBO)
  • Late Night With Seth Meyers (NBC)
  • The Late Show with Stephen Colbert (CBS)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.