Anne Heche tem morte cerebral anunciada e aparelhos serão desligados

Família agradeceu orações e homenageou enfermeiras e equipe médica que a atenderam

A artista ficou conhecida após atuar em filmes como “Seis Dias, Sete Noites” e “Psicose“

A atriz Anne Heche, 53, teve morte cerebral oficialmente declarada. Familiares disseram ao jornal Daily Mail que ela será retirada do suporte de vida após a determinação se algum de seus órgãos poderá ser doado, o que era vontade da artista.

Ela foi hospitalizada no Grossman Burn Center do hospital West Hills, após sofrer uma grave lesão por anóxia cerebral. Em 5 de agosto, a atriz dirigia em alta velocidade, em Los Angeles, quando perdeu o controle e se chocou com uma casa, provocando um incêndio no local.

Em um comunicado enviado ao site People na noite desta quinta (11), um representante de Heche e de sua família agradeceu “a todos por seus gentis desejos e orações pela recuperação de Anne e agradeceu à equipe dedicada e às enfermeiras maravilhosas que cuidaram de Anne”.

“Anne tinha um coração enorme e tocou a todos que conheceu com seu espírito generoso. Mais do que seu talento extraordinário, ela viu espalhar bondade e alegria como o trabalho de sua vida –especialmente mover a agulha para a aceitação de quem você ama. Ela será lembrada por sua corajosa honestidade e muita falta por sua luz”, completa o texto.

Também na noite desta quinta, fontes do Departamento de Polícia de Los Angeles disseram ao TMZ que os resultados dos exames de sangue da atriz apontaram que ela estava sob efeito de cocaína e fentanil quando sofreu o acidente.

Conhecida por filmes como “Seis Dias e Sete Noites” (1998) e “Volcano” (1997), a história de Heche inclui uma infância difícil, tendo sido abusada sexualmente pelo pai, e um relacionamento que virou sensação no final dos anos 1990, com a apresentadora Ellen DeGeneres, 64.

Nascida em Ohio, a artista era a caçula de quatro irmãos. Ela começou a trabalhar quando tinha 12 anos, para ajudar a família. Em 2001, falou no programa de Larry King, da CNN, sobre os abusos sofridos na infância pelo pai —e também sobre a sexualidade e sobre a morte dele, pouco após a família descobrir que ele tinha Aids, no início dos anos 1980.

A carreira artística de Heche começou aos 17 anos, quando ela recebeu uma proposta para fazer a novela “Another World”. Depois vieram várias séries de sucesso, como “Ally McBeall” (1997-2002), “Everywood” (2002-2006) e “Men in Trees” (2006-2008). Foi nos bastidores dessa última que ela engatou um romance com o ator James Tupper, com quem teve um filho, Atlas, 13. Ela tem outro filho, Romer, de 20 anos.

A atriz também teve um relacionamento com a apresentadora Ellen DeGeneres. As duas namoraram por três anos, de 1997 a 2000, e, um dia após o anúncio do término, ela foi hospitalizada após bater na casa de um estranho aparentando estar desorientada e falando coisas sem sentido.

Recentemente, a apresentadora e ex-namorada da atriz afirmou que não manteve contato com ela após o término. “Nós não estamos em contato uma com a outra, então eu não saberia”, disse ela, ao ser abordada por um fotógrafo do jornal Daily Mail sobre atualizações do estado de saúde da artista. “Eu não quero que ninguém se machuque.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.