CasaShopping apresenta mostra ‘Atrás do Vidro’, que conta com mais de 70 ambientes expostos em vitrines

Arquitetos, designers de interiores e paisagistas se inspiraram no tema “histórias para contar” para criar ambientes nas lojas
Por Isabela Caban

Sala no jardim da Breton traz sofá rodeado por elementos naturai — Foto: Divulgação
Sala no jardim da Breton traz sofá rodeado por elementos naturai — Foto: Divulgação

A cada novo projeto, o arquiteto inicia praticamente um trabalho de psicanalista junto. Precisa entender quem são os personagens que ali moram, seus gostos, desejos, estilo de vida, lembranças, diversos detalhes sobre hábitos do dia a dia… Nesse enredo, emoções acabam vindo à tona e tudo vira estímulo para criar o tal lar, doce lar. Foi essa relação que inspirou a sexta edição da mostra “Atrás do Vidro”, no CasaShopping, trazendo o tema “Histórias para contar”. Como o nome revela, as lojas convidam arquitetos, designers e paisagistas para montarem ambientes expostos nas vitrines. São mais de 70.

Na Brentwood, a vitrine revela um apartamento composto por quarto, living, sala de jantar e bar, assinados pela arquiteta Ana Lucia Jucá. A história escolhida foi a de Almir Reis, fotógrafo paulista que se apaixonou pelo Rio. “Os quadros dele misturam fotografia com pintura e têm um grafismo sempre com detalhe preto, que eu levei para os ambientes. E espalhei câmeras, cavaletes, rascunhos de trabalho para ressaltar justamente a história”, conta Ana Lucia.

Árvore de papel faz referência ao azul de Yves Klein, por Aline Celles — Foto: Divulgação
Árvore de papel faz referência ao azul de Yves Klein, por Aline Celles — Foto: Divulgação

Um dos ambientes da Artefacto também enveredou para o universo das artes, em uma referência ao famoso azul intenso do francês Yves Klein. A arquiteta Aline Celles criou uma grande árvore de papel toda tingida na cor, em contraste com os tons claros. Na mesma loja, Elaine Ramos misturou branco, azul e dourado, em uma inspiração à ilha de Mykonos e a mitologia grega. “Fiz um passeio inesquecível para a Grécia em um momento especial da vida. Foi mágico ver a arquitetura, a mitologia e o mar mais azul do mundo se fundindo aqui”, diz Elaine.

Já na Ovoo, o décor é monocromático, mesclando peças de dentro de casa com as usadas em áreas externas. Destacam-se as grandes luminárias Vondon e suas curvas orgânicas, em harmonia com móveis e acessórios. São formas que se assemelham às vistas na Breton, na sala montada por Ana Raquel Oliveira no jardim. O sofá sinuoso é rodeado por elementos que exaltam a natureza, como o conjunto de cestos e mesinhas de palha. Para ela, acabaram os limites entre área aberta e interiores. “Tudo recebe a mesma linguagem”, conclui a arquiteta. A mostra fica em cartaz até dia 18 de setembro.

O tom areia predomina na sala da Ovoo, assinada pelo arquiteto Rogério Antunes, com luminárias esculturais: décor monocromático – Foto: Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.