Ex-executivos da HBO Max dizem que Warner está “matando” diversidade

Fusão com a Discovery levou à demissão desproporcional de funcionários não-brancos
CAIO COLETTI

Ilustração fotográfica de Thomas Levinson/The Daily Beast/Getty/HBO

Um grupo de executivos e funcionários recentemente demitidos da HBO Max revelou ao The Daily Beast que, das quase 70 pessoas dispensadas dos escritórios da plataforma desde que a Warner mudou de gerência, ao menos 13 eram indivíduos não-brancos (negros, latinos, asiáticos, indígenas, etc).

O número, correspondente a em torno de 18% das demissões, é desproporcional em relação à diversidade racial no quadro de funcionários da empresa, segundo os entrevistados do veículo, que expressaram preocupação quanto aos tipos de séries e filmes que receberão o sinal verde na plataforma daqui em diante.

“Em termos de as pessoas conseguirem se ver representadas na tela, estejamos falando de etnias diversas ou de personagens LGBTQIA+, é diferente quando você tem pessoas de backgrounds diferentes envolvidas nas decisões de bastidores. Eu avalio os fatores de um conteúdo de forma diferente do que os meus colegas brancos fazem, penso em coisas que não passa pela cabeça deles“, comentou um dos executivos.

De acordo com os ex-funcionários, a demissão desse quadro mais diverso da HBO Max é uma reflexão direta dos valores da Discovery, empresa que se fundiu com a Warner recentemente. Segundo eles, David Zaslav, CEO da nova companhia, quer aproximar o conteúdo da HBO/HBO Max do “consumidor médio americano“.

Trata-se de uma “rejeição de ideias de esquerda e de conteúdos altamente diversos em favor de ofertas mais homogêneas“. Um gráfico interno mostrou, por exemplo, que a Discovery é uma marca que apela mais para indivíduos brancos, casados, com filhos, cujo principal uso de redes sociais é no Facebook e no Twitter.

Tendo em vista a intenção declarada da Warner de juntar a HBO Max e o Discovery+ em um único serviço de streaming, a tentativa de aproximar os conteúdos das duas marcas não surpreende.

“É uma mudança profunda. O que eles vão fazer com esse número desproporcional de pessoas de cor que foram demitidas? Elas precisam ser substituídas de alguma forma, ou será que eles não dão a mínima? É isso que parece para mim, que eles não dão a mínima“, disse um dos executivos.

Em declaração ao The Daily Beast, a HBO apontou para títulos como Euphoria, Rap Sh!t, A Black Lady Sketch Show e Los Espookys como evidência do comprometimento da empresa com histórias diversas: “Sempre mostramos esse comprometimento, e sempre vamos mostrar“.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.