Inside A Hidden Architect’s Own Family Home That Reveals A Gorgeous Haven

This week, we visit an architect’s very own multi-generation family home that’s been named “Open House”. Architect couple Gwen and Berlin who are one half of the founding team at Formwerkz Architects, had to design a home around their young son, and their parents.

From the outside, it’s hard to tell how the name of the home came about. But once you step through the home, you’ll soon understand why as the home was designed in an open nature to facilitate the different living spaces of the home, yet allow for privacy for members of the family.

One of the eye-catching features is definitely the courtyard that houses a 10-metre tall Memphat tree. Another, is the 13-m long lap pool on the second storey that has a circular window built into the wall of the pool. You can catch a glimpse of it through the living room, which gives that sense of connection to the rest of the space.

The living is a gorgeous example of being connected to nature, as it faces a lovely park. The nearly 5m tall ceilings accentuate the airy open feeling. And the choice of materials here like the pine wood board-form concrete walls adds to the raw naturalness of the home.

Esta semana, visitamos a casa de família de várias gerações de um arquiteto que foi nomeada “Open House”. O casal de arquitetos Gwen e Berlin, que são metade da equipe fundadora da Formwerkz Architects, teve que projetar uma casa em torno de seu filho e seus pais.

Do lado de fora, é difícil dizer como surgiu o nome da casa. Mas uma vez que você passar pela casa, você logo entenderá por que a casa foi projetada em uma natureza aberta para facilitar os diferentes espaços da casa, mas permitir privacidade para os membros da família.

Uma das características atraentes é definitivamente o pátio que abriga uma árvore Memphat de 10 metros de altura. Outra é a piscina com raia de 13 m no segundo andar que tem uma janela circular embutida na parede da piscina. Você pode vislumbrá-lo através da sala de estar, o que dá aquela sensação de conexão com o resto do espaço.

O living é um belo exemplo de conexão com a natureza, pois fica de frente para um lindo parque. Os tetos de quase 5m de altura acentuam a sensação de abertura arejada. E a escolha de materiais aqui, como as paredes de concreto em forma de placa de madeira de pinho, contribui para a naturalidade bruta da casa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.