Apple lança programa para desenvolvedoras no Reino Unido

Apple anunciou hoje a chegada do App Store Foundations Program ao Reino Unido, um programa destinado especificamente a apoiar mulheres desenvolvedoras.

O programa é uma extensão da iniciativa que já ocorre em vários países da Europa, a qual já apoiou mais de 1.000 desenvolvedores — fornecendo o que a Apple descreve como um “currículo sob medida”, no qual os/as desenvolvedores(as) trabalham de perto em sessões individuais e em grupo com os líderes da App Store.

O Reino Unido tem uma comunidade de desenvolvedoras próspera e estamos entusiasmados em desempenhar um papel em apoiá-la. Crucial para a inovação e progresso contínuos da App Store é garantir que haja um conjunto diversificado de desenvolvedores que possam criar aplicativos brilhantes para atender às necessidades dos usuários em todo o mundo.

O lançamento do App Store Foundations Program aqui no Reino Unido, com seu foco em mulheres desenvolvedoras, ajudará a nutrir a comunidade existente de mulheres fundadoras e inspirará a próxima geração a seguir seus passos.—Jen Walsh, diretora sênior da App Store e Serviços Internacionais

A Apple afirma que a economia de aplicativos para iOS suporta mais de 440 mil empregos em todo o Reino Unido. Ela também destaca que o país é o principal fornecedor de empregos na Europa, onde a Maçã já suporta 2,3 milhões de empregos no total.

Tim Cook comenta participação de mulheres na indústria

Ainda sobre as iniciativas em prol da inclusão de figuras femininas na indústria, o CEO1 da Apple disse à BBC que a tecnologia “não alcançará nem um pouco do que poderia alcançar” a menos que a indústria se torne mais diversificada.

Acho que a essência da tecnologia e seu efeito sobre a humanidade dependem de as mulheres estarem à mesa. A tecnologia é algo grandioso que vai realizar muitas coisas, mas a menos que você tenha diversas visões na mesa que está trabalhando nela, você não terá grandes soluções.

Cook também disse que “não há boas desculpas” para não haver mais mulheres na tecnologia.

As empresas não podem sair e dizer “não há mulheres suficientes fazendo Ciência da Computação, portanto, não posso contratar o suficiente”. Temos que mudar fundamentalmente o número de pessoas que estão estudando Ciência da Computação e Programação.

A Apple já foi elogiada por sua representação de mulheres em seus eventos especiais recentes e, simultaneamente, criticada pela forma como suas funcionárias são tratadas. Em 2021, a empresa informou que 35% do seu quadro de funcionários nos EUA eram do sexo feminino, sem contar que cada vez mais executivas estão ocupando cargos de liderança na empresa.


Embora um pouco fora do assunto principal, Cook também contou na entrevista à BBC que a Apple ainda comercializa seus EarPods (popularmente conhecidos como seus fones com fio) e que a realidade aumentada “é o futuro da tecnologia”, dizendo que a Maçã está “investindo pesado” nessa área.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.