Anna Delvey, a falsa herdeira de ‘Inventando Anna’, sai da prisão nos EUA

História de jovem russa que enganou elite de Manhattan inspirou minissérie da Netflix

A falsa herdeira Anna Sorokin após receber a sentença de 4 a 12 anos de prisão em Manhattan – Timothy A. Clary -9.mai.2019/AFP

AFP – Nesta sexta-feira, dia 7, um juiz de imigração liberou sob fiança Anna Sorokin, mais conhecida como Anna Delvey —nome que ela usou para se passar por herdeira de uma rica família alemã e assim entrar nos círculos mais seletos de Nova York—, segundo fontes da imigração. A história inspirou a minissérie “Inventando Anna”, da Netflix.

“Anna Sorokin foi liberada da custódia da agência americana de imigração (ICE, na sigla em inglês) esta noite”, uma fonte da instituição afirmou à AFP na sexta-feira.

Sorokin passou mais de três anos na prisão Getty Images

Um juiz de imigração ordenou a libertação condicional de Anna Sorokin na terça-feira (4) após o pagamento de uma fiança, que, segundo a mídia local, foi de US$ 10 mil (cerca de R$ 52 mil), assim como o uso de um dispositivo eletrônico. Ela também deve permanecer afastada das redes sociais, segundo sua defesa afirmou ao jornal The Guardian.

Sorokin, 31, é uma jovem russa com nacionalidade alemã que foi condenada em Nova York a até 12 anos de prisão por fraude, em 2019. Ela enganou a elite de Manhattan ao se passar por uma rica herdeira europeia e deu um prejuízo de US$ 275 mil (cerca de R$ 1,4 mi) a hotéis, bancos e amigos.

Em fevereiro de 2021, ela foi liberada por bom comportamento, mas a alegria durou pouco. No mês seguinte, Sorokin quase foi expulsa dos Estados Unidos, onde estava ilegalmente desde que seu visto havia expirado. Enquanto os recursos para a permanência no país eram resolvidos, a jovem foi detida pela imigração.

Em novembro, o Conselho de Apelação de Imigração (BIA, na sigla em inglês) concedeu a Sorokin um pedido de emergência para ficar no país enquanto sua remoção é processada —o que ela pode fazer agora em liberdade condicional.

Filha de um caminhoneiro russo e de uma lojista que emigrou para a Alemanha em 2007, Sorokin chegou a Nova York em 2013. Com um talento inigualável para inventar as mentiras mais rocambolescas, ela fez dezenas de milhares de dólares em empréstimos bancários, viajou de graça em aviões particulares e esbanjou nos salões mais seletos de Manhattan.

Julia Garner atua como Anna Delvey em ‘Inventando Anna’. Foto: Nicole Rivelli/Netflix

Tudo isso, sem pagar um centavo, segundo a Justiça americana. No último golpe antes de ter seu esquema exposto, Sorokin estava prestes a conseguir um empréstimo de US$ 22 mi (mais de R$ 114 mi) para abrir um clube exclusivo em Manhattan.

A produtora de televisão Shonda Rhimes, de produções como “Grey’s Anatomy” e “Bridgerton, transformou sua história em uma minissérie da Netflix. Segundo a imprensa especializada, Anna Sorokin recebeu US$ 320 mil (cerca de R$ 1,6 mi) da empresa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.