Meghan Markle diz que não pretende voltar a ser atriz e que invejava Paris Hilton

Mulher do príncipe Harry também deu dicas para as atrizes que vão interpretá-la no futuro

Meghan Markle revista Variety – Reprodução

SÃO PAULOMeghan Markle, 41, falou sobre vida e carreira em sua terceira grande entrevista à imprensa americana desde que se casou com o príncipe Harry, 38. Desta vez, o bate-papo foi com a revista Variety, com quem ela falou sobre o podcast Archetypes, que ela apresenta.

Segundo a duquesa de Sussex, a entrevista mais desafiadora até agora foi com a socialite Paris Hilton, 41. “Eu fiquei envergonhada de admitir, mas eu a julgava com base em tudo o que tinha visto, e não gosto de prejulgar as pessoas”, comentou. “Mas também não cresci bonita.”

Questionada sobre essa última parte da resposta, ela explicou: “Cresci sendo a inteligente, tanto que o que eu acabava tendo quando pensava sobre a Paris era inveja e julgamento, duas das coisas mais perigosas”. A duquesa diz que se desculpou com a socialite e que tentou humanizá-la com a entrevista. “Você escuta o trauma dela, a vida e como ela se tornou essa persona.”

Markle também comentou que não pretende voltar a trabalhar como atriz. “Não, eu encerrei”, disse sobre a carreira que tinha antes de conhecer o marido. “Acho que nunca podemos dizer nunca, mas minha intenção é absolutamente não voltar a atuar.”

Ela diz que a indústria audiovisual era um ambiente tóxico quando ela estava na ativa, até 2018. “Havia algumas coisas que eram aceitas”, lembrou. “Se você sentia algum desconforto, você que lidasse com aquilo. Isso forçou muitas mulheres a viver com essa ideia do silêncio.”

Ex-protagonista de “Suits”, a duquesa conta que passou toda a primeira temporada achando que seria trocada por outra atriz. Agora, ela sabe que poderá ser interpretada por outras profissionais no futuro, mas não se importa.

“Qualquer pessoa que fale de mim ou que seja escalada para me interpretar estará fazendo uma caricatura que foi criada para um negócio que faz as pessoas ganharem dinheiro”, avaliou. “Quando você consegue discernir isso, fica mais fácil. ‘Ok, isso não tem nada a ver comigo’. Genuinamente não tem. É uma lição dura que você precisa entender.”

Ela ainda falou sobre a rotina com Harry nos Estados Unidos, onde moram. “Nós dividimos o escritório, trabalhamos de casa, como a maioria das pessoas fez no lockdown”, contou. “Isso permite que tenhamos um tempo significativo com nossos filhos nesse momento especial da vida deles. Nunca teremos esse tempo de volta.”

“Eu faço o café da manhã e arrumamos as crianças”, prosseguiu. “Fazemos muitas ligações e videochamadas juntos, mas também tentamos nos dividir para focar a energia de modo a poder conseguir fazer mais coisas.”

Por fim, Markle também comentou a morte da rainha Elizabeth 2ª, avó de Harry. “Fiquei grata de poder estar com meu marido para apoiá-lo, especialmente nesse momento”, contou. “O mais bonito é olhar para o legado que a avó dele conseguiu deixar em tantas frentes. Certamente, ela foi um dos mais brilhantes exemplos do que é liderança feminina.”

“Sinto muita gratidão de poder ter passado algum tempo com ela e de tê-la conhecido”, afirmou. “Foi um período complicado, mas meu marido, que é sempre otimista, disse: ‘Agora ela está com o marido dela’.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.