CINEMA I Estreias: Adão Negro, Noites de Paris, Rir para Não Chorar, Sociedade do Medo, Peter Von Kant

Cinemas têm apenas 5 estreias, lideradas por ‘Adão Negro’, filme de super-herói com The Rock

Cena de 'Adão Negro', novo filme baseado nos personagens dos gibis da DC Comics
The Rock em cena do filme ‘Adão Negro’ – Divulgação

SÃO PAULO – No mesmo dia em que tem início a 46ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, chega às telonas mais um filme de super-herói, que ocupa a maioria das salas da capital paulista a partir desta quinta, dia 20. É “Adão Negro”, com The Rock na pele de um anti-herói com cara de mau.

Conhecido pelos títulos de ação e comédia e pela carreira como lutador, Dwayne Johnson veste a capa e dá vida ao superpoderoso musculoso e malvado dos gibis da DC Comics. Dirigido por Jaume Collet-Serra, de “A Órfã”, este é o primeiro filme solo de um herói do selo de HQs.

Na semana de poucos lançamentos estão dois filmes franceses: “Noites de Paris”, dirigido por Mikhaël Hers e protagonizado por Charlotte Gainsbourg, de “Ninfomaníaca”, e “Peter Von Kant”, elogiado longa do cineasta François Ozon com temática LGBTQIA+ que abriu o Festival de Berlim deste ano.

Do lado nacional, os representantes são o documentário “Sociedade do Medo”, que refle sobre o medo a partir de entrevistas mundo afora, é “Rir para Não Chorar”, comédia com nomes como Rafael Cortez, Sérgio Loroza e Oscar Filho. Saiba mais sobre todas as estreias a seguir.

Adão Negro
The Rock vive um super-herói com cara de mau que foge do padrão e mata os inimigos. Na trama, ele é um escravo que ganha poderes especiais. Milhares de anos depois, quando está livre, uma humana convoca o Adão Negro e o convence a salvar seu povo da ameaça de vilões. Outros heróis como Gavião Negro e Cyclone são enviados para tentar controlá-lo.
Estados Unidos, 2022. Direção: Jaume Collet-Serra. Com: Dwayne Johnson, Marwan Kenzari e Viola Davis. 12 anos


Noites de Paris
O drama se passa em 1981, durante as eleições presidenciais da França. Em meio ao clima de otimismo, Elisabeth se separa do marido e precisa trabalhar pela primeira vez para sustentar os dois filhos adolescentes. Ela arruma um emprego em um programa de rádio noturno em que ouvintes contam suas histórias.
França, 2022. Direção: Mikhaël Hers. Com: Charlotte Gainsbourg, Quito Rayon Richter e Noée Abita. 16 anos


Rir para Não Chorar
Rafael Cortez interpreta um comediante de sucesso e com jeitão de criança que perde a graça e entra em uma crise logo após a morte da mãe. Na comédia, fazem pontas nomes como Sérgio Loroza, Maurício Meirelles e Oscar Filho.
Brasil, 2019. Direção: Cibele Amaral. Com: Mariana Xavier, Rafael Cortez e Fafy Siqueira. 12 anos


Sociedade do Medo
O documentário faz uma reflexão sobre o medo e sua presença ao redor do mundo em discussões com especialistas e nomes como o líder indígena e escritor Ailton Krenak, o professor americano David Carroll e o filósofo francês Francis Wolff.
Brasil, 2022. Direção: Adriana L. Dutra. 12 anos


Peter Von Kant
O filme dirigido por François Ozon abriu o Festival de Berlim deste ano e foi indicado ao Urso de Ouro no evento. Inspirado no clássico “As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant”, do alemão Rainer Fassbinder, mostra Peter, um cineasta de sucesso que se envolve com o jovem Amir, a quem promete ajudar a entrar na indústria de cinema.
França, 2022. Direção: François Ozon. Com: Denis Ménochet, Isabelle Adjani e Khalil Ben Gharbia. 16 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.