‘RIPTwitter’? Elon Musk publica imagem de ‘enterro’ do Twitter e usuários discutem o ‘fim’ da rede

Postagens lamentam possibilidade de interrupção das atividades da rede social; ex-funcionários dizem que demissões podem levar plataforma a ‘quebrar’ em breve

Prédio do Twitter nos EUA; usuários temem fim da rede social após demissões, mas Musk afirma que ela continuará funcionando.  Foto: Noah Berger/AP Photo

Após uma nova leva de demissões no TwitterElon Musk publicou na madrugada desta sexta-feira, 18, em seu perfil, uma imagem que remete a um enterro da rede social. Na imagem, é possível ver o logo do Twitter em uma lápide e também sobreposta a uma pessoa que posa para fotos em meio ao enterro.

A publicação de Musk ocorre em meio ao temor dos usuários de que o Twitter tenha suas atividades interrompidas, já que a saída de inúmeros desenvolvedores pode levar a um esvaziamento de áreas críticas para a manutenção da plataforma. Ex-funcionários já afirmaram que a rede social pode “quebrar” em breve.

Musk também respondeu a usuários que falavam sobre o possível fim do Twitter, afirmando que a rede social continuará funcionando e que os melhores funcionários “irão ficar”, por isso ele “não está preocupado’’. O empresário ainda disse em seu perfil que um número recorde de usuários está entrando no Twitter, fazendo com que a rede social esteja “mais viva do que nunca”.

Com a hashtag #RIPTwitter (descanse em paz, Twitter), usuários lamentam um possível fim da rede, agradecem seguidores, criticam Musk e postam memes sobre a situação. A hashtag está entre os assuntos mais comentados da rede social no Brasil.

Musk comprou o Twitter por US$ 44 bilhões em 27 de outubro. No início de novembro, ele ordenou um corte em metade dos 7,5 mil funcionários da companhia em todo o mundo, incluindo no Brasil.

As baixas mais recentes da empresa ocorreram na quinta-feira, 17, quando centenas de funcionários pediram demissões após o fim do prazo dado para que os colaboradores firmassem um “comprometimento hardcore”. Quem não firmasse o compromisso seria demitido. Não há informações sobre o número de pessoas que deixaram a empresa nesta quinta-feira.

A direção do Twitter também decidiu fechar o escritório da empresa, em São Francisco, nos Estados Unidos, impedindo o acesso de todos os funcionários até a próxima segunda-feira, dia 21, segundo informações da jornalista Zoë Schiffer, do site especializado Platformer. Recentemente, Elon Musk havia encerrado a política de trabalho remoto da companhia, forçando os funcionários a voltarem aos escritórios em todo o mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.