Conheça Izabella Suzart, da marca A-Aurora, que conquistou de Zezé Motta à estilista pessoal da Beyoncé

A designer carioca conta sobre como pesquisas sobre autoestima e a diáspora se transformam em acessórios da marca A-Aurora
Por Lívia Breves — Rio de Janeiro

Izabella Suzart, da marca A-Aurora, Foto: Leo Martins

A designer Izabella Suzart, de 29 anos, elabora cada peça da marca A-Aurora como uma obra de arte. Do projeto cheio de conceito, passando pela produção minuciosa e artesanal e finalizando no espaço expositivo, um showroom em Botafogo com cara de galeria de arte. Os saltos são de madeira lapidada, os trançados, de couro, e as amarrações, manuais. “Trabalho com a extravagância da forma geométrica, que pode até parecer bruta, mas tem uma leveza”, descreve.

Sandália da A-Aurora — Foto: Reprodução
Sandália da A-Aurora — Foto: Reprodução

Os nomes das coleções têm a ver com suas experiências, identidade, tradições e família. A primeira foi a Margem, seguiu com Paraíso Terreno e, agora, lança Revisitar. “Margem fala muito desse lugar de território. Nasci e cresci em Madureira, na Zona Norte do Rio, vendo meu avô alfaiate e a minha avó costureira trabalhando. Quis falar dessa potência criativa da margem. Em Revisitar, volto para dentro, para a minha família, minha herança. Tanto que convidei a minha mãe para ser modelo da coleção, além de batizar um sapato. Todos os modelos têm nome de mulher”, conta Izabella. “A A-Aurora surgiu dessa busca de autoestima, com inspirações nas mulheres negras. Tenho uma pesquisa grande sobre a diáspora. Quero honrar a nossa história.”

A modelo do editorial da nova coleção é a mãe de Izabella: 'inspiração' — Foto: Divulgação
A modelo do editorial da nova coleção é a mãe de Izabella: ‘inspiração’ — Foto: Divulgação

O mineiro Ronaldo Fraga foi um dos primeiros a apostar nas peças da marca, que eram vendidas em sua loja, Grande Hotel, em Belo Horizonte. “Há poucas grifes de sapatos autorais no Brasil. E ela faz peças extremamente delicadas, acho lindo. Izabella cria sapatos como se estivesse fazendo roupa. O produto ainda tem uma conexão direta com a criadora, destacando sua visão de mundo e estilo”, destaca ele.

Sandália da nova coleção da A-Aurora — Foto: Divulgação
Sandália da nova coleção da A-Aurora — Foto: Divulgação

Depois de ficar exclusivamente criando sapatos, Izabella agora faz também bolsas (A Léa, inspirada em sacos de pão, nasceu hit) e lenços estampados. Seus materiais preferidos são couro (incluindo o de peixe), cordas e madeira. “Muitas peças não saem de coleção, apenas adapto. Dou novas cores, mudo alguns detalhes”, conta ela, que tem como clientes personalidades como Djamila Ribeiro, Zezé Motta, Marieta Severo e a americana Zerina Akers (estilista pessoal de Beyoncé). “Não foi fácil ser validada em muitos espaços que estive. Em um Brasil ainda muito colonial é difícil ser mulher preta”, finaliza Izabella.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.