7 projetos pelo mundo que são ótimos exemplos de gentileza urbana

O arquiteto Fernando Vidal, da Perkins&Will São Paulo, será um dos participantes do Casa Vogue Experience 2022 e elenca projetos que promovem o bem-estar e a convivência entre as pessoas
Por Nádia Simonelli

Fernando Vidal, da Perkins&Will São Paulo, que vai participar do Casa Vogue Experience 2022 — Foto: divulgação
Fernando Vidal, da Perkins&Will São Paulo, que vai participar do Casa Vogue Experience 2022 — Foto: divulgação

Geralmente associada à bondade, à delicadeza e à intenção de proporcionar o bem-estar ao próximo, gentileza nunca é demais nas relações humanas. Mas, o termo também pode ser usado para retratar bons projetos arquitetônicos, que respeitam a relação das pessoas com o entorno. “Quando o termo é trazido para as grandes cidades, ele se aplica tanto às relações entre os cidadãos quanto à relação deles com o ambiente à volta. A gentileza urbana, portanto, são todas as ações que promovem o bem-estar, a convivência e a qualidade de vida”, explica Fernando Vidal, arquiteto e Managing Director da Perkins&Will São Paulo.

Fernando vai ser um dos participantes no Casa Vogue Experience 2022 e o tema da palestra que ele vai fazer no dia 27 de novembro, às 15:30 (garanta seu ingresso aqui!), tem tudo a ver com gentileza urbana: “Por uma arquitetura urbana mais aberta ao entorno e amigável às pessoas”.

Fernando destaca que o papel do arquiteto é justamente contribuir com ações, que dêem início a uma onda de gentilezas. “Por meio da criatividade e do conhecimento técnico é possível buscar soluções que sejam funcionais, com bom design e respeitando os cuidados ambientais e sociais”, afirma. Portanto, cabe ao arquiteto aprimorar os espaços para que sirvam melhor às pessoas, como, por exemplo, dar prioridade ao pedestre, em vez dos carros, propor jardins, marquises que sirvam de proteção para a chuva, térreos que podem ser acessados pelo público, ou calçadas mais generosas.

“Na Perkins&Will, a atenção às pessoas e essas gentilezas todas são muito importantes e se traduzem nas escolhas que tomamos diariamente em nossos projetos”, pontua o arquiteto.

Projetos que priorizam a gentileza urbana

1.Esquina Jardyn

Projeto Esquina Jardyn, fachada da Rua Augusta — Foto: Digital Light
Projeto Esquina Jardyn, fachada da Rua Augusta — Foto: Digital Light

Criado pela Perkins&Will, o projeto Esquina Jardyn, produzido para a Yuny Incorporadora e XP Investimentos, fica na esquina da Alameda Franca com a Rua Augusta, nos Jardins, em São Paulo. “Enquanto a fachada da Franca, mais plana, cria uma praça de acesso desimpedida e agradável, servindo ao residencial, a fachada da Augusta tira partido da tradicional efervescência dessa rua, apostando na fachada ativa para abrigar um charmoso restaurante, bar ou café”, detalha Fernando.

2. Leaf Loefgren

Projeto Leaf Loefgren — Foto: Perkins&Will
Projeto Leaf Loefgren — Foto: Perkins&Will

Já o Leaf Loefgren, desenvolvido pela Perkins&Will para a SKR, na Vila Mariana, traz uma esquina aberta combinada à fachada ativa, que, segundo Fernando, é muito saudável para as dinâmicas urbanas. “O edifício oferece unidades corporativas e residenciais com pontos comerciais no térreo, circundados por pequenas praças, estimulando todas essas funcionalidades sem abrir mão do bem-estar. Também foi feita a escolha de afastar um pouco a implantação da volumetria para inserir áreas verdes, criando uma passagem mais agradável para as pessoas e valorizando a coletividade”, explica.

3. Oscar by You, Inc.

Projeto Oscar by You, Inc. — Foto: Perkins&Will
Projeto Oscar by You, Inc. — Foto: Perkins&Will

O mesmo recurso do projeto anterior também foi usado no Oscar by You, Inc., com projeto da Perkins&Will, em que o deslocamento de volumes sobrepostos cria uma paisagem mais amigável para as pessoas sem que isso signifique reduzir a altura do empreendimento. “Calçadas largas e muita vegetação corroboram a ideia de que se trata de um edifício permeável às pessoas”, diz Fernando.

4. Trisul Península

Projeto Trisul Península — Foto:  Neorama Studio
Projeto Trisul Península — Foto: Neorama Studio

“Outro cuidado interessante é criar formas de proteger o pedestre da chuva e da incidência direta do sol, e há alguns bons recursos arquitetônicos para isso”, explica o arquiteto. Criado pela Perkins&Will, o Trisul Península, na Rua João Moura, se abre para a rua por meio de um percurso que conecta as ruas do bairro e se torna um atalho agradável e prático.

5. Anthology

Projeto Anthology — Foto: FyrStudio
Projeto Anthology — Foto: FyrStudio

“Replicamos esse conceito em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, com o Anthology, projeto da Perkins&Will para a HVM. Implantamos pilotis no térreo, onde o pé direito duplo torna a travessia convidativa, especialmente por circundar uma praça com muito verde, mesas e cadeiras”, diz Fernando.

6. VIA

VIA, em um distrito de Oslo, na Noruega — Foto: Schmidt Hammer Lassen Architects
VIA, em um distrito de Oslo, na Noruega — Foto: Schmidt Hammer Lassen Architects


“Os demais estúdios da Perkins&Will pelo mundo seguem os mesmos preceitos, caso da nossa filial da Dinamarca, Schmidt Hammer Lassen Architects, que foi responsável por desenvolver dois projetos geradores de gentileza urbana”, explica. O primeiro deles, chamado VIA, situa-se em um distrito de negócios de Oslo, na Noruega, e é formado por quatro volumes em uma mesma quadra entre passagens perpendiculares bastante largas, que tanto estimulam a fruição quanto criam áreas de permanência.

7. Biblioteca Pública de Shanghai

Biblioteca Pública de Shanghai — Foto: ёSHL ёRAWVISION studio
Biblioteca Pública de Shanghai — Foto: ёSHL ёRAWVISION studio

Outro exemplo é a Biblioteca Pública de Shanghai, na China, inserida em meio ao Century Park, o maior parque da cidade. “O estúdio Perkins&Will local criou um acesso tão fluido ao edifício, que interior e exterior se misturam, com muita luz natural, transparências, átrio com amplo pé-direito e revestimentos em madeira, criando o lugar ideal para atividades comunitárias, encontros e contemplação. Em qualquer lugar do mundo, nossa motivação é criar uma experiência melhor para as pessoas, considerando que a maior parte da vida humana acontece em espaços construídos, daí a enorme responsabilidade que nós, arquitetos, temos de ter com as cidades”, finaliza Fernando Vidal.

Casa Vogue Experience 2022
Quando: de 23 a 27 de novembro.
Onde: Rua Groenlândia, 1478, no Jardim América, São Paulo.
Quanto: R$ 100 reais por atividade ou R$ 400 o passaporte para todos os dias de evento.
Confira a programação completa aqui.

Um comentário sobre “7 projetos pelo mundo que são ótimos exemplos de gentileza urbana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.