SPFW N54: veja Lilly Sarti, Handred, Ellus, Lenny Niemeyer e mais

DePedro, Triya, Buzina, Angela Brito, Santa Resistência, Silvério e Anacê também estão entre destaques de desfiles do São Paulo Fashion Week
Ilca Maria Estevão

Fábio Vieira/Metrópoles

Realizado de 16 a 20 de novembro, o São Paulo Fashion Week N54 representa a segunda parte do Festival SPFW+In-Pactos. Depois dos destaques das etiquetas Misci, Bold Strap, Walério Araújo e Patricia Viera, a edição reuniu mais desfiles que efervesceram a moda nacional. Lilly Sarti, DePedro, Triya, Buzina, Handred, Ellus, Angela Brito, Santa Resistência, Silvério, Anacê e Lenny Niemeyer estão entre os highlights.

Vem saber tudo!

Giphy/Rebeca Ligabue/Metrópoles

Giphy/Rebeca Ligabue/Metrópoles

Lilly Sarti

Com a coleção de primavera/verão 2023, batizada de Lilly Sarti Desires, a marca das irmãs Lilly e Renata Sarti quis unir conceitos paradoxais: ancestralidade e futurismo, em meio a uma paleta suave de tonalidades.

“Dos Incas do Peru aos Azeris do Azerbaijão, as tramas, profusão de cores e texturas representam pura riqueza têxtil e visual. Cada uma, de sua maneira, acaba por ter um viés sagrado, uma vez que celebram técnicas e culturas passadas de forma ancestral”, destacou a grife em comunicado.

Nos looks, transparência, metalizado, rendas e babados. Estampas incas e jacquards étnicos garantiram um toque exuberante. O resultado cool e descontraído, mas na medida certa para manter o DNA elegante da label.

Isabella Fiorentino usando look metalizado em passarela - Metrópoles
O desfile da Lilly Sarti foi na quinta-feira (17/11)
Na passarela, look com jacquard étnico na alfaiataria - Metrópoles
Alfaiataria texturizada: “Ecológicos, com parte de seus fios reciclados de garrafas PET, os jacquards foram desenvolvidos com design exclusivo, composto por uma livre interpretação da tapeçaria do Azerbaijão”, apontou Lilly Sarti em comunicado
Na passarela, look com transparência em azul e detalhe artesanal no colo - Metrópoles
Detalhes artesanais
Look com transparência e sobreposição - Metrópoles
Transparência na sobreposição
Na passarela, look com minissaia de tom terroso e cropped de mangas fluidas - Metrópoles
Mangas fluidas contrastam com a minissaia de babados


DePedro

A participação da marca DePedro no SPFW N54 começou com um show do cantor Vitão. A coleção revelada, intitulada Contradição, é uma homenagem ao Nordeste. O nome da região brasileira, inclusive, apareceu estampada em peças de roupas.

Segundo a label, o objetivo foi explorar “o lado místico da dualidade com o mar vindo do sertão”. Vale destacar que o estilista Marcus Figueirêdo fundou a marca no interior rural do Rio Grande do Norte. Desde então, a produção tem como um dos pilares a valorização de artesãos locais.

Na cartela de tons, o vermelho contrasta com branco, azul e prata. Os visuais, de moda masculina, ressaltam o trabalho manual. Franjas e bordados surgem em meio a itens de alfaiataria e crochê. Por meio da estamparia autoral, a DePredro oferece ilustrações em aquarela desenvolvidas pelo artista visual Daniel Torres.

Na passarela, modelo usa roupa com a palavra "Nordeste" estampada - Metrópoles
A DePedro homenageou a região Nordeste no SPFW N54, com show na quinta-feira (17/11)
Na passarela, modelo usa blusa vermelha com sobreposição de camisa branca e bermuda laranja - Metrópoles
A marca foi fundada por Marcus Figueirêdo no sertão potiguar
Look com tons de vermelho e laranja - Metrópoles
O trabalho manual é evidente nas criações
Look com franjas em tricô - Metrópoles
Tricô com franjas: handmade
Na passarela, modelo usa look branco com bermuda - Metrópoles
Com styling de Bruno Uchoa

Buzina

Entre as estreantes do São Paulo Fashion Week, a Buzina fez um desfile presencial para apresentar a coleção Burnish. A marca portuguesa apontou o significado do nome: polir, lustrar, abrilhantar.

“A nossa personalidade outrora limada ironiza uma feminilidade criada à luz da história. Fatos são fatos, também na moda: precisamos olhar para trás e apropriar-nos do passado. Criemos a nossa própria narrativa”, introduziu sobre o compilado em nota.

A ideia foi questionar os papéis sociais impostos, sobretudo às mulheres. “A imagem da dona de casa perfeita com um top coat de brilho extra ainda existe? A Barbie está de volta, mas as aparências iludem. As formas que envolvem o corpo e o constrangiam são reinterpretadas por Vera Fernandes para dar liberdade e movimento”, completou a etiqueta.

As peças reúnem transparência em malhas pretas e volume, tanto no caimento de vestidos fluidos quanto em mangas e babados. Vale reparar também nos mix de estampas, com direito a bolinhas, xadrez e animal print, repletas de cores.

Thai de Melo Bufrem usando look com volume na passarela do SPFW N54 - Metrópoles
No SPFW N54, no dia 17, a Buzina desfilou pela primeira vez no evento
Na passarela, modelo usa vestido volumoso com verde - Metrópoles
Trata-se de uma marca portuguesa
Na passarela, modelo usa mix de estampas - Metrópoles
Levou mix de estampas para a semana de moda paulista
Na passarela, modelo usa usa vestido com mix de estampas de animal print colorido - Metrópoles
Print colorido
Na passarela, modelo usa look preto com transparência - Metrópoles
A transparência também apareceu

Triya

Neste São Paulo Fashion Week, a marca de beachwear Triya lançou a coleção de alto verão 2023, batizada de Chapada. A inspiração saiu diretamente das paisagens, com cachoeiras, montanhas e muita natureza, da Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso, no Goiás.

Com DNA vibrante e colorido, a marca criou outfits para momentos de descontração na praia ou na piscina, mas também para visuais do dia a dia e até ocasiões festivas. Estampas psicodélicas e adereços de cristais estão no repertório, pelo olhar criativo de Isabela Frugiuele.

Na passarela, modelo usa look estampado - Metrópoles
A Tryia integrou o lineup da 54ª edição do São Paulo Fashion Week nessa sexta-feira (18/11)
Na passarela, modelo usa biquíni bege - Metrópoles
A marca de beachwear se inspirou na Chapada dos Veadeiros
Na passarela, modelo usa biquíni com cristais - Metrópoles
Descontraído e sofisticado
Na passarela, modelo usa vestido estampado colorido - Metrópoles
Estampas coloridas surgiram na passarela
Na passarela, modelo usa look estampado - Metrópoles
vibe é divertida e sexy


Handred

Em 2022, a Handred celebra os 10 anos da marca. Para comemorar em grande estilo, literalmente, a marca comandada por André Namitala levou para a catwalk a coleção Santa Teresa, em homenagem ao bairro no Rio de Janeiro, com curadoria especial da convidada Luiza Mello.

No início, a grife exibiu um minidocumentário em homenagem a artistas do bairro carioca. Depois, os looks foram revelados na passarela por modelos profissionais e também personagens que apareceram anteriormente no vídeo de abertura.

“A efervescência artística do lugar que batiza essa coleção, com sua arquitetura histórica integrada à natureza e às ladeiras, que proporcionam uma das vistas mais belas da capital fluminense, guiaram a criação de peças com texturas ricas e superfícies elaboradas, com bordados, estampas e composições têxteis em patchwork“, apontou a Handred em comunicado.

Os outfits em preto e branco dividiram espaço com o dourado, assim como estampas, principalmente com fundo em laranja, que carregaram desenhos de pessoas dançando e elementos em forma de arcos da Lapa. Para embalar o show, a trilha sonora foi o jazz interpretado ao vivo pelo músico carioca Antonio Neves.

Look na passarela da Handred no SPFW N54 - Metrópoles
A Handred celebra 10 anos da marca
Look na passarela da Handred no SPFW N54 - Metrópoles
A marca se apresentou nessa sexta-feira (18/11) no SPFW N54
Look na passarela da Handred no SPFW N54 - Metrópoles
A coleção é uma homenagem ao bairro Santa Teresa, do Rio de Janeiro
Look na passarela da Handred no SPFW N54 - Metrópoles
Styling de Felipe Veloso
Look na passarela da Handred no SPFW N54 - Metrópoles
Estampas com desenhos que remetem à cultura carioca
Look na passarela da Handred no SPFW N54 - Metrópoles
Artesãos que apareceram no vídeo inicial também surgiram na passarela da Handred

Ellus

Para comemorar 50 anos de história, a Ellus, marca fundada por Nelson Alvarenga, preparou um desfile comemorativo. No show, um dos destaques foi a estreia da influenciadora digital e ex-BBB Jade Picon na passarela. Entre os modelos profissionais, o casting teve o brasileiro radicado em Nova York (Estados Unidos) Fernando Casablancas, filho de Jhon Casablancas, criador da Elite Model, que descobriu as top models Gisele Bündchen e Naomi Campbell.

Para a coleção revelada, Adriana Bozon, atual diretora criativa da grife, apostou em uma paleta de cores majoritariamente preta, com detalhes em metalizado prata. Plumas e brilho completam o glamour nos looks, em ritmo de celebração. A atriz Alanis Guillen riscou a catwalk ao lado da estilista.

Jade Picon em desfile da Ellus no SPFW N54 - Metrópoles
A Ellus comemora 50 anos
Look da Ellus no SPFW N54 - Metrópoles
O preto e o cinza dominaram os looks
Look da Ellus no SPFW N54 - Metrópoles
O metalizado também apareceu
Fernando Casablancas em desfile da Ellus no SPFW N54 - Metrópoles
Alfaiataria cool
Look da Ellus no SPFW N54 - Metrópoles
Apesar do ar glam, a coleção tem um ar de streetwear
Adriana Bozon e Alanis Guillen em desfile da Ellus no SPFW N54 - Metrópoles
O desfile foi nessa sexta-feira (18/11)


Angela Brito

Estrangeira: esse foi o nome escolhido para o novo trabalho da designer Angela Brito. Apresentada no São Paulo Fashion Week, a coleção leva referências baseadas nas conexões entre diferentes nações. No casting, a atriz Camila Pitanga marcou presença.

“Sem fronteiras ou demarcações territoriais, o que é “meu e seu” já não faz mais sentido. As diferenciações baseadas em raça, gênero, classe social e etnia perdem o valor diante da riqueza que as trocas culturais proporcionam”, introduziu a marca .

Destaque para mantos e pareôs, que causaram movimento. Drapeados, pregas, plissados, recortes, amarrações e assimetrias incrementam os visuais. Na paleta, tons terrosos e off-white se misturam a nuances enérgicas de dourado, amarelo, lilás e vermelho. Para completar, os adornos foram inspirados no “dinamismo das águas e das rochas”.

Camila Pitanga desfila no SPFW N54 usando look branco e adereço metalizado no pescoço - Metrópoles
A marca Angela Britou integrou o cronograma desse sábado (19/11) do São Paulo Fashion Week
Look by Angela Brito no SPFW N54 - Metrópoles
A coleção da label homônima é intitulada Estrangeiras
Look by Angela Brito no SPFW N54 - Metrópoles
“Angela Brito cria designs inspirados em modelagens tradicionais, presentes nas formas de vida nômade nos continentes Africano e Asiático”, apontou a etiqueta
Look by Angela Brito no SPFW N54 - Metrópoles
Metalizado nos detalhes
Look by Angela Brito no SPFW N54 - Metrópoles
Look by Angela Brito no SPFW N54 - Metrópoles
Mix de tonalidades e caimentos com assimetria

Silvério

Para a participação no SPFW N54, a Silvério levou a coleção Nocturno, resultado de estudos sobre animais de hábitos notívagos. A ideia foi criar uma “parábola para relatar como a noite abraça as peculiaridades dos que não são vistos no cotidiano, mas ganham protagonismo ao cair do dia”.

O conceito foi aplicado nos outfits a partir de pelos e plumas, com toque rocker dos anos 1990. Alfaiataria com moulage e fluidez em estruturas rígidas também foram vistas. Sarja, jacquard, algodão, malhas e moletom estão no trabalho. Na passarela, além de modelos profissionais, estavam a influencer Camila Coutinho e o apresentador e atleta paralímpico Fernando Fernandes.

Camila Coutinho em passarela do SPFW N54 - Metrópoles
Nocturno é a coleção inspirada em animais ativos à noite
Fernando Fernandes em passarela do SPFW N54 - Metrópoles
Styling assinado por Renata Correa
Look da marca Silvério no SPFW N54 - Metrópoles
Pelos e plumas chamaram a atenção
Look da marca Silvério no SPFW N54 - Metrópoles
Volume e acessório que remete a morcegos
Look da marca Silvério no SPFW N54 - Metrópoles
Silvério formou o calendário desse sábado (19/11) do SPFW N54

Santa Resistência

Do Rio ao Rio: “O Rio que me inspira é o Rio de Janeiro acolhedor. Do otimismo e da alegria. Do desenvolvimento criativo e construtivo. Da juventude dourada e das vielas musicais. Quero um resgate, por meio da minha moda, dessa época de outro que a cidade viveu”, explicou Mônica Sampaio, diretora criativa da Santa Resistência, sobre a inspiração da coleção revelada na 54ª edição do São Paulo Fashion Week.

A estilista fez um paralelo entre os anos 1950 e o cenário atual. A pitada retrô é evidente nos looks feitos de algodão e crepes, e incrementados com brilho e transparência. Nas modelagens, vestidos longos e midi, calças pantalonas e conjuntos de alfaiataria.

Volume, laços e babados também estão no compilado. Entre os acessórios, chapéus e lenços. No evento, Cris Vianna e o cantor Diogo Nogueira agitaram o desfile, com direito a samba no pé no fim.

Look da Santa Resistência no SPFW N54 - Metrópoles
A Santa Resistência desfilou no dia 19
Look da Santa Resistência no SPFW N54 - Metrópoles
Samba no pé para exaltar o Rio de Janeiro
Look da Santa Resistência no SPFW N54 - Metrópoles
Os anos 1950 como referência
Look da Santa Resistência no SPFW N54 - Metrópoles
O toque retrô surgiu com força nos looks
Look da Santa Resistência no SPFW N54 - Metrópoles
Elegância da época
Look da Santa Resistência no SPFW N54 - Metrópoles
Do Rio ao Rio é o nome da obra

Anacê

Minimalista e sofisticado é o DNA da Anacê. Na primeira coleção em que Ana Cecília Gromann assumiu a direção criativa solo da marca, o resultado é fiel, mas ainda mais particular. A inspiração veio de sonhos da estilista.

Denominado Inconsciente Concreto Parte I, o compilado traz principalmente designs sóbrios e lisos. O xadrez discreto também teve vez. Carro-chefe da marca, a alfaiataria é clássica. Em contraste, recortes, cintura baixa, shape de corset e vazados.

Vale reparar como as criações brincam com o genderless. Na passarela, a influenciadora digital Thai de Melo Bufrem e Erika Hilton, vereadora de São Paulo em mandato e deputada federal recém-eleita.

Look da Anacê no SPFW N54 - Metrópoles
A Anacê fez parte do cronograma da semana de moda paulista no dia 19
Look da Anacê no SPFW N54 - Metrópoles
Look da Anacê no SPFW N54 - Metrópoles
Modelagem corset agênero
Look da Anacê no SPFW N54 - Metrópoles
Sobreposição com recortes
Look da Anacê no SPFW N54 - Metrópoles
Cintura baixa com alfaiataria
Look da Anacê no SPFW N54 - Metrópoles
Xadrez com bermuda

Lenny Niemeyer

A coleção de alto verão 2023 da grife Lenny Niemeyer também abrilhantou a 54ª edição do São Paulo Fashion Week. Segundo a etiqueta de beachwear, o intuito foi gerar uma reflexão sobre a proximidade dos macro e microcosmos.

Com referências do duo de documentários Powers of Ten (1977), de Charles e Ray Eames, a coleção reflete galáxias e átomos em órbitas infinitas. “A apresentação é uma evolução dos conceitos que eu sempre celebrei nas minhas coleções e que estiveram presentes nas passarelas, como a botânica, arquitetura e arte, em contraponto com as inspirações mais frescas e atuais, fruto da colaboração com meu time”, enfatizou a designer Lenny Niemeyer em nota.

Um dos pontos altos da obra é uma parceria com o estilista Leandro Benites. De acordo com a fundadora da label, na colaboração, o convidado proporcionou um “olhar fresh” para o encontro.

Nos looks, que servem para um dia de praia ou piscina – com sofisticação – e também para ocasiões festivas e ainda mais rebuscadas, há volume com ar tridimensional. Vale reparar também na fluidez das túnicas.

Look da grife Lenny Niemeyer apresentado no SPFW N54 - Metrópoles
Lenny Niemeyer investiu em uma vibe cósmica
Look da grife Lenny Niemeyer apresentado no SPFW N54 - Metrópoles
Que tal o volume com aspecto 3D?
Look da grife Lenny Niemeyer apresentado no SPFW N54 - Metrópoles
Trata-se de uma collab com o designer Leandro Benites
Look da grife Lenny Niemeyer apresentado no SPFW N54 - Metrópoles
Elegância com movimento
Look da grife Lenny Niemeyer apresentado no SPFW N54 - Metrópoles
Lenny Niemeyer encerrou a programação do sábado (19/11) no SPFW

SPFW N54

Nos primeiros dias de desfiles, integraram ainda o lineup do São Paulo Fashion Week marcas como Meninos Rei, Soul Básico, Greg Joey, Rellow, DePedro e João Pimenta com apresentações presenciais. Labels como Thear, Anacê, Led e À La Garçonne também revelaram novas coleções na semana de moda. Com conteúdos digitais gravados previamente, fizeram parte do calendário Aluf, Modem, Heloísa Faria e Àlg.

Em geral, os shows físicos do SPFW N54 acontecem no Komplexo Tempo, no bairro Mooca. Ao longo do cronograma, algumas passarelas também foram montadas em locais externos, como o Shopping Iguatemi, a Sala São Paulo, o Hotel Rosewood e o auditório do Parque Ibirapuera.

Neste domingo (20/11), será o encerramento do evento. A lista de apresentações reúne as grifes À La Garçonne, Isaac Silva, Cria Costura, Lucas Leão, Naya Violeta, Weider Silveiro, Dendezeiro e Apartamento 03. O último fashion film da edição, em formato virtual, também será divulgado: da label estreante Maurício Duarte.

Colaborou Rebeca Ligabue

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.