Um tour pelo escritório minimalista da Lechte Corporation em Melbourne

Uma equipe de arquitetos e designers da empresa de arquitetura Plus Architecture projetou um novo escritório para a incorporadora imobiliária Lechte Corporation em Melbourne, na Austrália.

lechte-corporation-office-1
Reception

“Dada a pegada reduzida, o ajuste necessário para considerar fortemente o usuário final e todos os aspectos de como eles usariam o espaço para melhor projetar a planta baixa. Como resultado, o espaço flui organicamente – com o espaço de escritório em plano aberto, três escritórios, sala de reuniões e cozinha que se estendem naturalmente da área de recepção e banquete.

O cliente desejava um escritório que refletisse sua personalidade profissional. Eles têm uma forte reputação de construir empreendimentos residenciais de alto padrão. Da mesma forma, seus escritórios precisavam refletir a ênfase dada à vida aspiracional de alta qualidade através de detalhes refinados e design moderno.

Cada detalhe foi cuidadosamente considerado, da paleta de cores aos recursos de iluminação e tudo mais, incluindo os detalhes esculturais e os objetos de estilo. Ao entrar no espaço, a recepção de recursos preside a entrada. Aparecendo esculpida em um grande bloco de pedra, a peça de apresentação apresenta um elemento escultural e define o tom para um escritório mais amplo.

Um parque de estacionamento circunda o espaço em dois lados e um saguão residencial no terceiro lado, reduzindo a área útil do escritório para 135m² quadrados inibidos pelas rígidas estruturas circundantes. Um exercício de otimização da planta baixa, o design inteligente da Plus Architecture maximizou o espaço e dividiu a área de 135 m² em nove zonas separadas, ainda que integradas. A Plus se baseou em uma vasta experiência trabalhando em áreas limitadas, tanto em um ambiente comercial quanto residencial, para garantir a entrega de um resultado de qualidade ao cliente, independentemente da pegada restrita. Além disso, demonstrou consciência espacial intuitiva e restrição, provando que o espaço limitado não significa que a estética e a funcionalidade devam ser comprometidas.

De acordo com o design, a Plus desenvolveu uma série de soluções de armazenamento oculto que vêem o espaço subutilizado reprojetado para ocultar o equipamento e a bagunça do escritório. Essa abordagem minimalista altera a percepção do escritório como um todo, fazendo com que pareça e se sinta mais espaçoso por associação. ”

lechte-corporation-office-2
Lobby
lechte-corporation-office-3
Meeting pods
lechte-corporation-office-4
Workspace
lechte-corporation-office-5
Workspace
lechte-corporation-office-6
Workspace
lechte-corporation-office-7
Meeting room
lechte-corporation-office-9
Meeting room


 Tweet
Anúncios

Conheça os novos e elegantes escritórios da Parameters

A Parameters, uma empresa de móveis de escritório que distribui móveis de escritório Knoll, contratou recentemente a empresa de design de interiores Studio BV  para projetar seu novo escritório de peças, showroom de peças em Minneapolis, Minnesota.

parameters-minneapolis-office-1
Lobby

“Criamos um showroom de trabalho que equilibra o legado de Knoll com os sentimentos contemporâneos de Muuto. Este showroom de trabalho é o equilíbrio perfeito entre showroom e escritório. O próprio escritório deve ser um laboratório para os clientes e designers que vierem a usar o espaço. A equipe criou um espaço de trabalho de design que acomoda sessões de trabalho durante todo o dia e ainda integra os materiais e as necessidades de tecnologia.

Este projeto equilibra materiais clássicos de mármore, cobre e cortiça, com os belos objetos e ferramentas de trabalho necessárias para apoiar a equipe de vendas.

O design do showroom teve que equilibrar as duas marcas de Knoll e Muuto. Essas duas marcas são complementares e integradas ao longo do design. Dividir as peças herdadas do Knoll Studio com a nova coleção Muuto cria uma combinação dinâmica e mostra aos designers e clientes como você pode fazer a ponte entre as marcas.

O design do showroom mostra pequenos escritórios – tamanhos 8 × 10, comuns em escritórios contemporâneos. O espaço mostra apenas 6 × 6 estações de trabalho e benching e mostra várias iterações de layouts usando o mesmo produto. Esta é uma ferramenta importante para mostrar aos clientes como os produtos podem ser flexíveis e alterados para atender às suas necessidades.

A equipe de design usou materiais clássicos como cortiça e cobre contrastados com terrazzo e concreto como uma tela para o showroom. Esses materiais ancoram os móveis e criam um cenário elegante e atemporal. O espaço trabalha duro para a equipe do showroom, com paredes flexíveis, espaços para oficinas e muitos lugares para se divertir. Este é o futuro do showroom que conta a história da mudança ”, Studio BV.

  • Location: Minneapolis, Minnesota
  • Date completed: June 2019
  • Size: 16,000 square feet
  • Design: Studio BV
  • Photos: Corey Gaffer
parameters-minneapolis-office-5
Reception
parameters-minneapolis-office-2
Communal space
parameters-minneapolis-office-3
Communal space
parameters-minneapolis-office-4
Communal space
parameters-minneapolis-office-6
Meeting space
parameters-minneapolis-office-7
Kitchen
parameters-minneapolis-office-8
Collaborative space
parameters-minneapolis-office-9
Meeting room
parameters-minneapolis-office-11
Coffee point
parameters-minneapolis-office-12
Coffee point
parameters-minneapolis-office-14
Meeting room
parameters-minneapolis-office-15
Boardroom
parameters-minneapolis-office-16
Private offices
parameters-minneapolis-office-17
Open-plan workspace
parameters-minneapolis-office-18
Private office
parameters-minneapolis-office-19
Coffee point
parameters-minneapolis-office-20
Coffee point
parameters-minneapolis-office-10

Um tour pelo novo escritório da Ong & Ong em Cingapura

A Ong & Ong, uma firma de arquitetura que fornece serviços de planejamento urbano, arquitetura e paisagismo, mudou-se recentemente para um novo escritório em Cingapura, projetado por sua empresa de design de interiores subdividida SCA Design.

Workstations

“O novo escritório mescla todas as disciplinas, promovendo processos de trabalho perfeitos. Isso, por sua vez, melhora a funcionalidade dos espaços de trabalho, promovendo maior colaboração com longas tabelas compartilhadas para hot-desk. Antes da renovação, o SCA Design trabalhou de forma coesa para analisar o modus operandi de cada disciplina. O espaço de trabalho aberto resultante evita os conceitos tradicionais de um escritório, refletindo a interconectividade de um ecossistema. Uma série de salas de reuniões permite alguma privacidade para discussões e há áreas dedicadas de Modelagem de Informações da Construção (BIM) nos níveis 10 e 11.

A IMMORTAL selecionou os nomes dos níveis para refletir os diferentes interesses em cada andar – o Bar9 representa um conceito de bar e o espaço para eventos, 10 dias para o jogo de palavras “em tandem” e para atividades de lazer, enquanto o Distrito 11 se posiciona como um saguão luxuoso do hotel para receber convidados; completo com uma sala de estar e recepção.

Paredes texturizadas alinham as escadas que conectam os três andares e os banheiros exibem painéis de parede temáticos que animam a área de alto tráfego. No alto, o exoesqueleto dos serviços de teto fica exposto para uma sensação não claustrofóbica, enquanto as luminárias LED suspensas e os pendentes para baixo fornecem iluminação geral. O estilo acolhedor, porém moderno, do escritório pedia móveis em preto e branco, complementados por salpicos da laranja corporativa da empresa. Ao longo do perímetro, uma linha contínua de janelas oferece uma vista panorâmica do topo da colina, permitindo que a luz natural permeie o interior ”, diz SCA Design.

  • Location: Singapore
  • Date completed: June 2019
  • Size: 2,500 square feet
  • Design: SCA Design
ong-ong-singapore-office-7
Reception
ong-ong-singapore-office-4
Views
ong-ong-singapore-office-5
Breakout space
ong-ong-singapore-office-6
Breakout space
ong-ong-singapore-office-10
Breakout space
ong-ong-singapore-office-12
Breakout space
ong-ong-singapore-office-14
Corridor
ong-ong-singapore-office-16
Workstations
ong-ong-singapore-office-20
Workstations
ong-ong-singapore-office-21
Workstations
ong-ong-singapore-office-22
Breakout space
ong-ong-singapore-office-18
Hotdesks
ong-ong-singapore-office-11

Novo arranha-céu residencial mais alto do mundo em Manhattan, ultrapassa 470 metros

Torre levou dez anos para ser construída, oferece luxos e fica bem pertinho do Central Park, em Nova York

O título de edifício residencial mais alto do mundo mudou de dono. Após dez anos desde que sua construção foi anunciada, o Central Park Tower, em Manhattan, atingiu seus 472,4 metros de altura, ultrapassando o 432 Park Avenue, que tem 426 metros e ostentava a posição.

Com vista privilegiadíssima do Central Park a partir dos 91 metros de altura no lado leste (apenas duas quadras separam o parte do arranha-céu), os condomínios ficam nos níveis mais altos da torre. Um hotel embaixo e uma loja Nordstrom de sete andares na base ocupam os demais espaços. 

No total, o arranha-céu, projetado pelo escritório de arquitetura Adrian Smith + Gordon Gill e que se junta ao Billionaires ‘Row (como é chamado o conjunto de arranha-céus residenciais ultra-luxuosos dispostos naquela região) acomoda 179 residências que começam no 32º andar do edifício.

Os apartamentos de dois a oito quartos, com metragens que vão de 133 a 1626 metros quadrados e preços que variam de US$ 1,5 milhão a US$ 95 milhões (R$ 6,2 milhões a R$ 395 milhões).

O exterior reflexivo é feito com uma mistura que inclui vidro e aço inoxidável com acabamento acetinado. Para os moradores, um clube interno com uma série de comodidades como piscina, espreguiçadeiras, jardins e áreas para refeições. A torre também conta com um grande salão de baile, uma sala de jantar privativa, um bar de charutos e uma piscina. As obras não estão finalizadas e continuarão em 2020.

Jardim em homenagem a Marielle Franco é inaugurado em Paris

O espaço suspenso de 2,6 mil m² está localizado no 10º distrito da cidade, ao lado da Gare de L’Est
FOTOS GABI OLIVEIRA (@GABIDEPRETAS)

A vereadora Marielle Franco, assassinada em março de 2018 no Rio de Janeiro, se tornou um simbolo da defesa dos direitos humanos. Em sua homenagem, a Prefeitura de Paris inaugurou um jardim público no último sábado (21/09). O projeto, aprovado pelo Conselho Municipal de Paris, foi idealizado pela Rede Europeia para a Democracia no Brasil (Red-Br) com o apoio dos coletivos Amis des Sans Terre, Amnesty International France, Autres Brésils, Coletiva Marielles, France Amérique Latine, Inter LGBT e Ligue des Droits de l’Homme.

Com 2,6 mil m², o Jardim Marielle Franco está localizado no 10º distrito da cidade, ao lado da Gare de L’Est, uma das principais estações de trem da capital francesa. O espaço suspenso ocupa o terraço de um hotel, é composto por cerca de 70 árvores, sendo a maioria delas frutíferas, e pode ser acessado pela rua d’Alsace.

Em comunicado, a prefeitura de Paris apoiou a iniciativa de criar o primeiro espaço público permanente em homenagem à vereadora brasileira e considerou o ato como uma prova do “engajamento da capital na defesa dos direitos humanos pelo mundo, mas também da defesa dos políticos em perigo”. 

A inauguração do jardim ocorreu dois dias depois de Marielle Franco ter sido indicada para concorrer ao prêmio Sakharov 2019, principal honraria de direitos humanos da União Europeia. A cerimônia contou com a presença de centenas de pessoas, brasileiros residentes em Paris e franceses, o vice-prefeito de Paris, Patrick Klugman, e a prefeita do 10º distrito da cidade, Alexandra Corderbard, além dos pais de Marielle Franco, Antônio e Marinete da Silva, e a filha dela, Luyara Franco. 

Antiga academia de ginástica artística se transforma em loft aconchegante

Cores neutras, muito espaço de circulação e minimalismo dão o tom do apê
POR MARIA CLARA VIEIRA | FOTOS RENÉ DE WIT

Este loft tem um passado inusitado: ele já foi o centro de treinamento de ginástica artística de um complexo escolar do início do século 20 em Roterdã, na Holanda. Os responsáveis pela transformação do edifício em sete residências independentes são os arquitetos do escritório Eklund Terbeek. No andar de baixo, living, sala de jantar e cozinha são totalmente integrados e o ambiente é inundado por iluminação natural – repare nas enormes janelas arqueadas, uma das características do projeto original.

O volume fechado em madeira resguarda os quartos das crianças. A suíte principal fica no piso superior, que é acessado pela monumental escada que parece flutuar. Outra opção para chegar ao andar de cima é a escada parcialmente escondida atrás da cozinha, que oferece uma passeio circular tridimensional pelo apartamento. As dimensões muito amplas do espaço pediam boas soluções para o design de inteirores. A questão foi resolvida com uma composição de elementos horizontais que unem diferentes pontos e enfatizam linhas de visão, como o balcão da cozinha e o pódio junto às janelas. Cores neutras e minimalismo tão o toque final ao décor. Como não amar?

Pequim inaugura maior terminal de aeroporto do mundo em formato de estrela-do-mar

A obra de US$ 11,5 bilhões pretende desafogar o tráfego aéreo
POR MARIANE REGHIN | FOTOS GETTY IMAGES

O Aeroporto Internacional de Pequim-Daxing (PKX) está sendo inaugurado hoje em Pequim, na China. Considerado o maior terminal de aeroporto do mundo, a construção única tem 700 mil m², o que equivale a 90 campos de futebol, e inicia suas operações nesta sexta-feira (20/09) ao receber o voo da China Southern Airlines, realizado no maior avião do mundo, Airbus A380.

Chamado de “estrela-do-mar”, devido ao formato do terminal, o aeroporto custou US$ 11,5 bilhões e levou cinco anos para ser construído. O projeto com design futurista e curvas sinuosas é assinado pela arquiteta iraquiana-britânica Zaha Hadid, primeira mulher a receber o Pritzker, a maior premiação da arquitetura.

A tecnologia está presente no atendimento do terminal que oferece robôs para orientarem os passageiros. O PKX tem a meta inicial de receber 45 milhões de passageiros anuais, chegando a 72 milhões em 2025.