Sephora fecha lojas dos EUA para treinamento em diversidade

Ação ocorre pouco mais de um mês após a cantora SZA relatar que foi vítima de racismo em uma loja na Califórnia

Loja de cosméticos da Sephora na cidade de Washington. Foto: Anna-Rose Gassot/AFP

A marca de cosméticos Sephora fechou suas lojas nos Estados Unidos por uma hora na manhã desta quarta-feira, 5, para sediar “oficinas de inclusão” para seus 16 mil funcionários. A ação ocorre pouco mais de um mês após a cantora SZA relatar que foi vítima de racismo em uma loja na Califórnia.

A varejista de beleza disse que o treinamento esteve em desenvolvimento meses antes do episódio com SZA, o que prejudicou os esforços da empresa para se posicionar como uma defensora da diversidade.

A Sephora, que pediu desculpas à SZA no mês passado, disse que o incidente “reforça porque o pertencimento é agora mais importante do que nunca”.

Além do fechamento das lojas, a empresa disse que também fecharia seus centros de distribuição e o escritório corporativo para as oficinas a fim de discutir o que significa pertencer ao contexto de “identidade de gênero, raça e etnia, habilidades de idade e muito mais”.

A Sephora forneceu poucos detalhes sobre as oficinas, que foram fechadas para o público. A empresa disse que elas seriam seguidas por “futuros momentos de treinamento” para os funcionários, mas não respondeu sobre o que seria ensinado, quem conduziria os workshops e como eles seriam projetados.

A empresa, que pertence ao grupo de luxo Moët Hennessy Louis Vuitton LVMH, coloca a diversidade como parte de sua marca há muito tempo. Há dois anos, a companhia ajudou a lançar a linha Fenty da Rihanna, conhecida por sua gama de bases que variam os tons do marrom claro ao profundo.

Após o caso de racismo denunciado por SZA, Rihanna enviou para a cantora um vale-presente da Fenty. “Vá comprar Fenty Beauty em paz, sis! Com amor, Rihanna”, escreveu ela no bilhete que acompanhou o presente.

Anúncios

Marcas de beleza lançam produtos voltados para mulheres na menopausa

Não é apenas uma nova estratégia para produtos anti-envelhecimento, a indústria resolveu olhar para uma clientela em crescimento que não recebeu muita atenção no passado

Alba Noschese (Foto: Rafael Pavarotti)

Embora algumas marcas e empresas ainda não tenham percebido, produtos de beleza e tratamentos direcionados a mulheres que experimentam a perimenopausa, os sintomas da menopausa e pós-menopausa estão se tornando um grande negócio.

Marcas como Vichy, Phytomones Ltd, Stratum C and B. abastecem o mercado com produtos especificamente para mulheres na faixa dos 50 e 60 anos que estão passando por mudanças hormonais muitas vezes desagradáveis.

A Procter & Gamble também está entrando no ringue para lutar por essa parcela da clientela com a Pepper & Wits. Os produtos incluem loções livre de estrogênio feitas para diferentes partes do corpo (de mãos e pés à vagina) e suplementos alimentares à base de plantas indicados para aliviar os sintomas da menopausa, como suor noturno e baixa libido. Eles também lançaram produtos amigáveis à menopausa de marcas mais antigas, como Olay, que oferece um hidratante para pele madura.

A nova categoria é vista por muitos especialistas da indústria e profissionais da dermatologia como mais do que apenas uma nova estratégia para produtos anti-envelhecimento. Embora os dados sobre o mercado de beleza da menopausa sejam escassos, essas marcas estão preenchendo uma lacuna considerável: em 2020, mais de 50 milhões de mulheres terão 51 anos ou mais – a idade média da menopausa – apenas nos EUA, segundo o New England Journal of Medicine.

“Essa subcategoria tem longevidade porque não é uma moda passageira”, disse Victoria Buchanan, pesquisadora estratégica sênior do The Future Laboratory, em Londres, ao jornal The Bussines of Fashion. “É parte de um movimento mais amplo no qual as marcas de cuidados com a pele estão realmente incomodadas em entender as necessidades específicas das mulheres em diferentes estágios, em vez de apenas adotar uma abordagem única para todos.”

Produtos de beleza e cuidados com a pele podem teoricamente reduzir os sintomas da menopausa, embora a expectativa de eliminá-los seja irrealista, disse Ellen Marmur, dermatologista e fundadora da Marmur Metamorphosis Skincare, que não é voltada especificamente para a menopausa.

Os produtos da Pause Well-Aging’s, outra marca focada nesse grupo de consumidoras, ainda estão em sintonia com outras tendências de beleza – eles são veganos e sem glúten, evitam produtos químicos como parabenos e ftalatos e não são testados em animais. Mas a marca está evitando o rótulo anti-envelhecimento.

Vanessa Rozan torce para as sobrancelhas finas não voltarem a moda

Maquiadora do programa ‘Esquadrão da Moda’, do SBT, responde 40 perguntas em projeto da marca Melissa
GABRIELA MARÇAL – O ESTADO DE S.PAULO

Vanessa Rozan, maquiadora do programa ‘Esquadrão da Moda’, do SBT Foto: Divulgação/ Melissa

maquiadora Vanessa Rozan falou sobre maquiagem, beleza, estilo e sobre sua vida pessoal no primeiro episódio da série “40 anos, 40 perguntas”, da Melissa, divulgado nesta segunda, 27. Ao ser questionada sobre uma “não saudade dos anos 90”, a profissional citou algo bastante comum da época: “sobrancelhas finas! Que elas nunca mais voltem.”. 

Além de contar um pouco da história da maquiadora do programa Esquadrão da Moda, do SBT, o vídeo marca o relançamento da sandália Model, um dos sucessos da Melissa na década de 90. O calçado foi lançado em 1996 e teve a alemã Claudia Schiffer como garota-propaganda.

Assista ao vídeo na íntegra:

Neste ano, Melissa comemora 40 anos e está revisitando cinco peças que marcaram sua história e das consumidoras.

Maquiagem masculina: as dicas da especialista para uma pele bem cuidada

A maquiadora Brigitte Calegari dá todas as dicas para homens que querem começar do zero e aprender o que é preciso para ter uma pele impecável
GLAUCO JUNQUEIRA

Maquiagem masculina corretiva (Foto: Vanni Bassetti/Dior)

Já havíamos antecipado aqui quais seriam as cinco tendências de grooming que marcariam 2019 para os homens, e dentre elas, a maquiagem masculina se destaca. E isso não quer dizer que você terá de sair, por aí, com a cara “rebocada” e cheia de brilho.

É um fato que maquiagem para homem já foi um tabu. Entretanto, no contexto de estar com a pele limpa, hidratada e livre de imperfeições, as marcas estão cada vez mais antenadas no assunto e não param de lançar linhas inteiras, dedicadas ao público masculino.

De acordo com Patrícia Lima, especialista em beleza natural e fundadora da Simple Organic – marca brasileira sustentável de cosméticos orgânicos, veganos, naturais, cruelty-free e que defende a bandeira genderless (sem gênero) – é de extrema importância as marcas terem um olhar sem vício e muito além de marketing. “O que a gente vê hoje no mercado são muitas marcas de beleza levando para suas campanhas, a diversidade, mas não de forma real ou levantando todas as bandeiras nesse aspecto”, destaca Patrícia.

A maquiadora Brigitte Calegari. Para ela, o segredo para uma pele bem cuidada e de aparência naturalmente viçosa é ter rosto e lábios sempre hidratados, olheiras corrigidas e pontos de oleosidade controlados. (Foto: Divulgação)

Para te dar uma ajudinha em relação ao tema, falamos com a maquiadora e beauty artist Brigitte Calegari, para saber quais são os cuidados e as dicas de ouro da maquiagem masculina.

1 – O mundo da maquiagem está se tornando cada vez mais diverso, e cada vez menos sobre regras. Para quem nunca se aventurou nesse mundo, o que é preciso fazer para não errar?
Antes de uma boa maquiagem, existe um bom cuidado com a pele. Com a hidratação e a proteção solar em dia, o uso da maquiagem surge apenas para homogeneizar a pele e garantir um visual alinhado. Na hora de comprar os itens de maquiagem, sempre peça ajuda para algum especialista da loja, porque a compra do tom correto é o que garante a neutralidade necessária para não ter o visual de “palhaço”.

2 – Quais produtos são essenciais para uma pele bem-feita?
É importante dividir em duas categorias os produtos: uma, de cuidados, e outra, de cosméticos com função corretiva. Para os cuidados, o sabonete facial, o hidratante de acordo com o tipo de pele, o protetor solar e o protetor labial são essenciais! Eles vão garantir a saúde e evitar o uso excessivo de maquiagem no rosto.

Para os cosméticos, um bom BB cream ou CC cream (que possuem uma fórmula muito mais leve em relação à base e diversos benefícios para a pele), garante a uniformidade do tom do rosto e pescoço. No caso de olheiras mais evidentes, marcas ou espinhas, é interessante ter um corretivo cremoso – ótimo para ser aplicado com os próprios dedos nas áreas necessárias.

3 – Qual o passo a passo básico para homens, para uma pele livre de imperfeições?
Durante a noite, após o banho, é interessante estabelecer uma rotina facial: utilizar o sabonete líquido para lavar o rosto e aplicar o hidratante e o protetor labial antes de deitar.

Ao acordar, é legal repetir esse passo a passo, incluindo o protetor solar ao final. Uma dica importantíssima é evitar lavar o rosto com água quente. Se preferir lavá-lo no chuveiro, regule para fria a temperatura da água.

Depois que o protetor solar for absorvido pela pele, aplique o BB ou o CC cream com os próprios dedos, espalhando-o pelo rosto como se fosse um creme. Isso vai uniformizar o tom da pele e adicionar alguns benefícios extras à hidratação e à proteção solar. Caso ache necessário, utilize o corretivo cremoso nas olheiras, com batidinhas da ponta do dedo. Se for esfregado, o corretivo não exercerá o efeito de cobertura necessário.

4 – Se pudesse sugerir apenas um único produto para o homem investir, qual seria e por que?
Protetor solar! Além de garantir a saúde da pele, evitando queimaduras solares e o envelhecimento precoce, há opções com multibenefícios que possuem cor – e podem ser utilizados no lugar do BB ou CC cream, por exemplo.

Brigitte ainda lembra que é sempre importante pensar no uso dos produtos, imaginando uma aparência naturalmente viçosa: pele e lábios hidratados, olheiras corrigidas e pontos de oleosidade controlados. Assim, nenhum produto será usado em excesso e o visual terá aquele “ar saudável”, que tanto é desejado, com o uso da maquiagem. A real beleza é justamente essa: valorizar seus próprios traços com os produtos adequados para as suas necessidades.

Haloterapia: conheça a prática que promete reforçar o seu sistema imunológico

O fim das suas crises alérgicas e respiratórias pode estar dentro de uma sala toda revestida de um ingrediente inusitado: o sal!
MARCIA DI DOMENICO

Ah, meus sais (Foto: Eduardo Svezia)

Tem quem veja a bancada da farmácia como a solução para gripes fortes, crises alérgicas agudas ou problemas de pele. Não para alguns americanos e europeus que, em vez de comprar remédios para incômodos comuns, têm resolvido questões respiratórias e doenças dermatológicas – além de receber um belo boost no sistema imunológico – com a haloterapia, mais conhecida como a terapia do sal.

O tratamento propõe se sentar numa sala toda revestida de sal (teto, piso e paredes) por 45 minutos enquanto um aparelho, o halogerador, lança partículas finíssimas de cloreto de sódio puro, sem adição de iodo, no ambiente. As orientações são: relaxar, respirar e repetir a terapia por dez dias seguidos em épocas de crise alérgica, eczema, psoríase e acne. A haloterapia limpa as vias respiratórias, e seu efeito sobre a pele é de alívio imediato.

Dada a pureza do sal usado no tratamento, a sensação dentro de um salt room ou salt cave, como é chamado lá fora, remete à sensação de estar em uma cachoeira ou caverna molhada, em que umidade (entre 40% e 60% do ar) e temperatura (de 20°C a 24°C) são confortáveis para a respiração. A explicação está na liberação de íons negativos no ambiente a partir da quebra do sal. “Além de purificarem o ar, eles neutralizam a ação dos íons positivos produzidos por aparelhos eletrônicos e responsáveis pela oxidação das células do organismo”, explica o presidente da Associação de Haloterapia, Terapias Integrativas e Complementares (ABH-TIC), José Ervolino Neto. “Isso acaba equilibrando o corpo e melhorando a função imunológica.” Mais: uma revisão de estudos publicada no periódico científico BMC Psychiatry comprovou a associação entre a exposição a íons negativos e melhora dos sintomas em pacientes com depressão. “Como o sal possui ação contra bactérias e vírus, ainda previne gripes e resfriados”, explica o otorrinolaringologista Fausto Nakandakari, do Hospital Sírio-Libanês. O médico, porém, lembra que a haloterapia é uma prática integrativa, ou seja, não dispensa o tratamento médico convencional, mas deve se somar a ele no cuidado de doenças.

O superinstagramável Salt Cave Spa fica em Wafi Mall, Dubai (Foto: Reprodução)

Apesar de estar em alta agora, a terapia do sal não é novidade: vem sendo praticada desde a Idade Média. Seus benefícios foram descobertos na Rússia e em países do Leste Europeu, região repleta de minas de sal. Seus operários raramente apresentavam doenças respiratórias e tinham aparência mais saudável que o resto da população. Os donos das minas associaram as vantagens ao ambiente salino e vislumbraram uma oportunidade de negócio: nasceu assim o primeiro “resort” de sal, na mina de Wieliczka, na área metropolitana da Cracóvia, na Polônia. Com instalações esculpidas pelos próprios mineiros da época, o lugar tornou-se um spa para tratamento de doenças respiratórias nos anos 60 e é ainda hoje atração turística para quem visita o país.

Por aqui, é possível encontrar spas de sal em Campinas, na Spazziom (spazziom.com.br), Brasília, na Salus Naturalis (salusnaturalisbsb.com.br), e São Luís, na Equilíbrio Clínica de Saúde Integrativa (equilibriosaudeintegrativa.com.br).

Beleza: Felipe Espíndola
Modelo: Nadinne Rios (Prime)
Assistente de beleza: Jéssica Lopes

5 truques de beleza de Cate Blanchett para manter pele e corpo radiantes

A atriz, que completa 50 anos nesta terça, tem rotina de beleza que inclui exfoliação, limpeza, hidratação e máscaras

Cate Blanchett 

É unânime: além de ser uma das atrizes mais talentosas e cool do cinema, Cate Blanchett é daquelas mulheres que sempre estão na lista das mais bem vestidas nas premiações.
Vencedora de dois Oscar e o rosto da fragrância Si, de Giorgio Armani, Cate, dona de uma beleza etérea, já afirmou em entrevistas ser avessa a intervenções estéticas e que para ela, o importante é procurar o melhor que você pode ser. Em qualquer idade.

Veja abaixo qual a sua rotina para manter uma beleza natural.

1 Brilho
A pele radiante ela mantém com… Protetor solar, sempre, em qualquer ocasião. Ainda adolescente, Cate, que é australiana, costumava besuntar a pele com óleo e ir para o sol. Só depois de adulta mudou os hábitos

2 Corpo alerta
Todas as manhãs, há 10 anos, ela toma uma colher de chá de vinagre de maçã. Assim como o limão, ele tem ação alcalinizante ou seja, deixa o pH do sangue e de outros líquidos corporais menos ácidos. Isso favorece o funcionamento do organismo como um todo.

3 Pele boa
A atriz não dispensa as máscaras faciais. Tanto que usa mesmo durante viagens, no avião mesmo. Sim, ela conta que chega a usar três máscaras diferentes durante um voo. E age naturalmente: não tem a menor vergonha de ir ao banheiro ou pegar a bandeja de refeição.

4 Tonifica meu bem!
Em entrevista, Cate confessou que quando se esquece de tirar a maquiagem à noite (quem nunca?), tem um truque: pela manhã, faz sua rotina de beleza e não deixa de tonificar muito bem a pele.

5 Rotina
Para ela, a pele é um órgão tão importante quanto o resto do corpo.  Por isso esfoliar, nutrir e usar protetor (de novo) são suas maiores dicas de beleza.