Maquiagem perde espaço para produtos de cuidado com a pele

Busca por tratamentos para a face cresce; especialistas dizem que recomendação de procedimentos médicos na internet gera risco
Heloísa Negrão

Jana Rosa e Julia Petit enquanto gravam vídeo sobre produtos para cuidados com a pele – Reprodução/@janarosa/Instagram

SÃO PAULO – “A gente envelheceu”, diz Jana Rosa, 34, quando questionada por que cremes e cuidados faciais começaram a fazer sucesso nas redes sociais, ganhando um espacinho no mundo dos vídeos curtos de automaquiagem.

Para Jana, tanto as influenciadoras como as suas seguidoras —que passaram os últimos dez anos aprendendo a se maquiar assistindo vídeos no YouTube— estão com mais de 30 anos e, com as primeiras rugas, veio o interesse nos cremes.

O mercado de cuidados faciais está aquecido no Brasil e no mundo —fortemente marcado pelas tendências e marcas coreanas. No Brasil, as buscas por “skincare” (cuidados com a pele, em português) —que vem se tornando um jargão na área— cresceram 22% entre 2017 e 2018, segundo pesquisa do Google. O crescimento foi ainda maior no YouTube, de 71% no mesmo período. 

Jana é dona da conta do Instagram Bonita de Pele e do canal do YouTube de mesmo nome. Juntando as duas plataformas ela tem mais de 300 mil seguidores. Ao lado de Julia Petit e Victoria “Vic” Ceridono, ela faz parte do time das influenciadoras digitais que começaram a falar de moda, beleza e maquiagem há pouco mais de dez anos no Brasil.

Júlia, pioneira nos tutoriais de maquiagem, lançou em maio a marca Sallve. Para ela, a decisão de começar uma marca com um hidratante facial era a nitidamente a melhor escolha. “Quando as pessoas prestam mais atenção em si fazendo maquiagem, elas vão inevitavelmente querer cuidar da pele”, diz.

Nos Estados Unidos, Kylie Jenner (do reality show “Keeping Up With The Kardashians”) lançou em maio uma linha completa de cuidado para a pele. Eleita pela revista Forbes como a pessoa mais jovem a atingir um patrimônio bilionário com sua marca de batons, a aposta de Jenner em skincare é um dos sintomas do novo boom dos creminhos. 

“Eu sempre falei sobre creme. Mas era assim: vídeo sobre cuidados com a pele, silêncio [das seguidoras]. Vídeo sobre batom, milhares de curtidas e comentários”, afirma Vic Ceridono, do blog Dia de Beauté. Ela diz que o interesse das seguidoras em assuntos dermatológicos também cresceu nos últimos dois anos. 

O assunto também tem atraído maquiadores. “Antes, quando abríamos aula sobre estudo aprofundado de pele, vinham seis alunos. Na minha última turma tinha 20!”, afirma Simone Barcelos, dona da Escola Madre, especializada em maquiagem.

Luana Serodio, cofundadora da loja virtual Beleza Na Web, também contabiliza o crescimento na procura por tratamentos faciais. Ela afirma que as vendas de cosméticos para o rosto cresceram 500% nos últimos dois anos.

“Com o boom da maquiagem, a mulherada começou a usar mais produtos e sentiu a necessidade de cuidar mais da pele. Uma coisa está muito ‘linkada’ à outra”, afirma. Assim como Jana, Luana também conclui que as jovens “loucas por maquiagem da internet no início dos anos 2000 viraram mulheres de 30 anos loucas por skincare”.

Além da maquiagem, a onda de cuidados e autoaceitação também impulsiona a busca por cremes. “É um cenário no mundo inteiro, que nada tem a ver com beleza, mas que faz com que as pessoas tenham mais vontade de se cuidar”, afirma Júlia, da Sallve.

Se as redes sociais ajudam no crescimento do skincare, foi delas também que surgiu a moda anterior, que pregava peles perfeitas, sem poro ou linhas de expressão.  

Fabiana Gomes, maquiadora da M.A.C., sempre preferiu maquiagem natural, que não mascara a mulher. “Eu tenho vontade de limpar as pessoas”, afirma sobre a moda da “maquiagem reboco”.

GLOSSÁRIO SKINCARE

O que é o quê no mundo dos cuidados com a pele

  1. MaquiagemUsada tanto para cobrir manchas e afinar o nariz e o rosto, como de forma mais lúdica, colorir lábios e pálpebras
  2. Rotina de skincareConjunto de produtos usados todo dia para cuidar da pele
  3. Máscara facialTécnica antiga de passar 20 minutos com camada de creme no rosto se revitalizou com produtos embebidos em panos, com glitter ou que viram espuma em contato com o ar
  4. TônicoUsado entre o sabonete e o hidratante, ajuda a remover os últimos resíduos e restabelece o equilíbrio do pH da pele. Pode ser hidratante ou adstringente
  5. HidratanteCreme que aumenta a absorção de água ou reduz a evaporação dela pela pele
  6. SérumCom textura de gel, possui concentração alta de substâncias que hidratam, clareiam manchas ou reduzem rugas

“Essa estética é muito prejudicial para a mulher. É aquele ideal do feminino, caricatura da mulher. Não se deve transformar alguém em outra pessoa para ela se sentir bonita.”

O blog da jornalista e empresária Bruna Tavares acabou de completar uma década. As imagens dos seus olhos e lábios maquiados fazem sucesso há anos. A fama se estende à linha de maquiagem assinada por ela, uma das mais vendidas da Sephora. 

Bruna é uma das mães dos tutoriais de maquiagens fortes que têm marcado as redes sociais nos últimos anos. Quando os 30 anos chegaram, ela passou a se preocupar mais com a pele. 

Ainda neste ano, deve lançar uma base. “Hoje a tendência é uma pele mais leve. Você faz uma pele bem construída, mas sem o rebocão. Continua sendo uma maquiagem de pele forte, mas que não seja aparente, que não marca”. 

Bruna conta que as leitoras e consumidoras mais jovens também têm desejado skincare. “Aquelas muito jovens têm pele oleosa e se preocupam com espinhas; as de 25 e 30 já começam a se preocupar com as primeiras linhas finas, porque veem que acumula produto [base ou corretivo]”.

Um dos produtos mais vendidos da Bruna Tavares é o sérum BT Mermaid (R$56), que possui ácido hialurônico e promete deixar a pele hidratada para receber a maquiagem.

O consumo de produtos de skincare é diferente da maquiagem, já que seu uso deve ser diário para ter efeito e os preços mais são elevados. Mas assim como um batom pode custar entre R$ 5 e R$ 150, um creme à base de vitamina C vai de R$ 75 (30 ml, Payot) a R$ 300 (30 ml, Biossance). O hidratante antioxidante da Sallve custa R$ 89,90 (35 g).

A maquiadora Daniela da Mata criou a hashtag #skincaredaspretas para falar sobre o assunto com as suas seguidoras. Ela é dona de uma escola de maquiagem especializada em peles negras. 

Daniela diz que ainda tem muito a ser explicado e explorado nesse mercado. Enquanto algumas seguidoras questionam o que é skincare, outras acham que não precisam usar protetor solar, diz.

Por conta desse vácuo de conhecimento, há preocupação com a propagação de informações incorretas. Embaladas pela lógica das maquiagens, as influenciadoras passaram a indicar de cremes hidratantes a procedimentos estéticos —em muitos casos, patrocinadas pelas marcas.

Jana Rosa e Vic Ceridono  afirmam terem noção da responsabilidade e que sempre alertam as seguidoras de que é preciso falar com um dermatologista antes de comprarem os produtos que recomendam. “Com esse boom, as meninas receitam ácido e procedimentos estéticos sem medo”, afirma Jana Rosa.

Lu Ferreira, do blog Chata de Galocha, diz que fica impressionada com o retorno das seguidoras. “Quando eu falo que fiz um laser na pele, ou qualquer outro procedimento, elas enlouquecem. Querem saber exatamente o nome, tipo etc. Eu respondo que elas devem procurar um dermatologista”, afirma.

A dermatologista Sylvia Ypiranga, do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia, diz não haver problema na divulgação, pelas influenciadoras, de produtos que não precisam de prescrição médica. 

“Quando se fala sobre a importância de limpar, tonificar, hidratar e proteger, por exemplo, é OK do ponto de vista educativo”, afirma.

Para a dermatologista, o problema está nos tratamentos para doenças de pele, como casos graves de acne e melasma. “São casos clínicos e o tratamento que é indicado para uma pessoa pode não ser bom para outra”, afirma.

Anúncios

Awkwafina ensina a levar os olhos de glitter para uma maquiagem fresh

O delineado ganhou toque glam no look da atriz

Awkwafina usa glitter dourado nos olhos em Nova York (Foto: Getty Images)

Olhos dourados são um dos maiores clássicos da beleza de festa, especialmente quando se busca um look neutro com emoção.

Mas que tal animá-los com muito glitter – tendência que segue firme no radar da beleza? Como inspiração perfeita, Awkwafina mergulhou no brilho para uma festa em Nova York ontem (30.07), apostando em uma versão bem fresh do visual.

A dica de seu maquiador, Matin? Pele bem leve e viçosa, blush suave e apenas um lipbalm nos lábios, focando todo o brilho só nas pálpebras. À prova de calor!

Awkwafina usa glitter dourado nos olhos em Nova York (Foto: Instagram @itsmatin/ Reprodução)

Tratamento estético vegano é indicado para grávidas e pacientes oncológicos

Público que tem restrições se beneficia com linha de cosméticos que além de não ter ingredientes de origem animal, não possui conservantes, corantes e fragrâncias
POR GABRIELA MARÇAL

Grávidas não podem usar cosméticos que possuem ingredientes como ácidos Foto: Jonathan Borba/ Unsplash

Os animais são os primeiros beneficiados por cosméticos veganos, ou seja, nenhuma matéria-prima dessa origem foi usada e nenhum teste foi feito em bichinhos. No entanto, uma linha de beleza cruelty-free e produzida a partir de ingredientes mais naturais pode beneficiar também grávidas e pacientes oncológicos

É o caso da linha Eco Beauty que busca atender públicos que, geralmente, encontram menos opções no mercado. 

Gestantes não podem usar agentes químicos agressivos para não prejudicar o bebê. 

“Produtos indicados para grávidas não podem ter ação teratogênica que induz a má formação do feto”, explica Iris Farias, coordenadora técnica da Cosmobeauty. 

Já as pessoas que estão fazendo radio ou quimioterapia costumam ficar com a pele ressecada, irritações ou até mesmo lesões inflamatórias. 

“Esses produtos têm princípios ativos como camomila, aloe e vera, cristais de oliva. Não são agressivos, não têm ácidos”, afirma a esteticista Sueli Szterling, diretora do Espaço Kurma. O spa localizado no Alto de Pinheiros, em São Paulo, oferece um protocolo de tratamento facial com os produtos Eco Beauty. 

São usados cinco produtos no protocolo estético facial, entre eles esfoliante facial e máscara bionutritiva, que com ação regenerativa, hidratante, clareadora e antirrugas. No spa, o tratamento é associado a uma drenagem manual e recomenda-se quatro sessões de uma hora de duração, uma vez por semana. Além disso, é possível complementar com o uso de produtos da linha em casa.

Os cosméticos passam por testes de confiabilidade, eficácia e segurança, ainda assim grávidas e pacientes oncológicos devem consultar seus médicos para verificar se possuem restrições específicas.

Linha Ecobeauty Foto: Divulgação

Marca de maquiagem de Lady Gaga terá frete grátis para o Brasil

Promoção vale para compras na pré-venda até setembro

A cantora Lady Gaga e a nova marca de maquiagens Haus Laboratories. Foto: Instagram/@ladygaga

Os fãs de Lady Gaga estão ansiosos, desde o início do mês, para a chegada dos produtos da nova marca de maquiagens da cantora. 

No começo de julho, Lady Gaga anunciou a criação da linha de cosméticos, a Haus Laboratories, que será vendida na Amazon a partir de setembro deste ano.

A novidade agora é que o frete dos produtos sairá de graça, inclusive para o público brasileiro. Mas a medida vale apenas para quem comprar até o fim da pré-venda, que está estimada para terminar em 17 de setembro. E atenção: as maquiagens serão despachadas após essa data.

Produtos como batom, sombra e blush podem ser adquiridos no site da Haus Laboratories. É possível comprar duplas de pigmentos líquidos e o conjunto brilhante sai por R$ 148.

No site, também dá para calcular o valor das taxas e impostos e tem a opção de pagamento no ato da compra ou quando o produto chegar ao País.

Glitter e gloss: aposte na tendência glamorosa em versão tropical e extracolorida

Altas doses de glitter & gloss animam a temporada. Aqui, a tendência glamorosa que nasceu nas passarelas internacionais ganha versão tropical e extracolorida
RENATA KALIL, BARBARA OBËRG E SOFIA FERREIRA

Top Frou Frou Vintage. Brincos Julia Gastin e colar Minha Avó Tinha (Foto: MAR+VIN)

Glitter & gloss: tem combinação mais exuberante no make? A tendência glamourosa que nasceu nas passarelas internacionais ganha versão tropical e extracolorida – como mostra este ensaio exclusivo que estampou as páginas da nossa edição de junho.

Confira as produções com proposta que mescla a efervescência tropical à energia das discotecas e inspire-se!

Top Talie NK. Brinco Marina Vicintin e colar Victor Hugo Mattos. (Foto: MAR+VIN)
Vestido Isabel Marant na Nk Store. Brinco Marina Vicintin e colar Minha Avó Tinha (Foto: MAR+VIN)
Top Gansho. Brinco Marina Vicintin, broche floral Le Briju, broche flying pig Gucci (Foto: MAR+VIN)
Da esquerda para direita: 1 Paleta de iluminadores Dior Backstage, Dior (R$ 259); 2 Batom líquido Melted Matte Metalic cor Magic Metal Transformer, Too Faced (R$ 109); 3 Sombra Moondust cor Space Cowboy, Urban Decay (R$ 199); 4 Glitter cor 3D Lavender, MAC (R$ 125); 5 Mini-iluminador Alchemist Holographic, Kat Von D (R$ 95); 6 Iluminador multifuncional Aura Dew cor Lunar, Shiseido (R$ 199) (Foto: MAR+VIN)

Beleza: Daniel Hernandez
Styling: Gio Grassi
Assistente de foto: Franklin Almeida
Assistente de beleza: Felipe Cavalcante
Produção de moda: Vitor Moreira
Produção de objetos: L. Set
Modelo: Catarina Guedes (Mapmodel)
Agradecimentos: Cabana Burger, Mesa III, Kyss NY, Quintanda Tomio e Milplantas

The Class: aula de ginástica trabalha os músculos e a emoção numa grande catarse fit

Com adeptas como Jennifer Aniston e Christy Turlington, o exercício da vez em Miami trabalha os músculos e a emoção numa grande catarse fit
CAROLINA MELO

(Foto: Divulgação)

O corpo pode curar a alma. É sob essa premissa que funciona a The Class, aula de ginástica popular entre fashionistas e celebridades (a modelo Christy Turlington e a atriz Jennifer Aniston são fãs) que usa música e repetições de movimentos para trazer à tona e sentimentos como medos e angústias, e assim aliviá-los.

Mais do que só um exercício, a The Class ficou realmente conhecida por ser considerada um momento de catarse em que se queimam calorias e se descarregam traumas. “Criei a aula em 2013 para me curar de experiências passadas. Comecei a compartilhar a fórmula dos movimentos com música aos vizinhos do prédio onde vivo, em Nova York, em troca de doações para uma instituição de caridade no Peru”, conta a americana Taryn Toomey. E foi no boca a boca que seu método ficou famoso e hoje lota estúdios de Manhattan, Hamptons, bem como as aulas periódicas em Los Angeles, Vancouver e Miami.

Sem halteres, apenas usando mats de ioga e música, as instrutoras guiamas alunas por inúmeras repetições de movimentos calistênicos (que usam o corpo como peso) e pliométricos (rápidos e de explosão) enquanto as incentivam dando ordens como: “respire, sinta, esteja presente”. “A ideia é fazer com que as praticantes embarquem em uma jornada em que o corpo serve de alavanca para liberar a mente”, explica Taryn, que conta que, além de benefícios físicos, a The Class ajuda a equilibrar as emoções graças às técnicas de relaxamento e aos exercícios de respiração. Para treinar corpo e espírito.

The Class na The Sacred Space: 105 NE 24th Street, http://www.sacredspacemiami.com

Jules, de “Euphoria”, é a inspiração de make que você estava procurando

Interpretada pela atriz Hunter Schafer, a jovem é expert em looks de beleza criativos e coloridos
ANITA PORFIRIO (@NITAFP)

Você já parou para assistir a Euphoria? A série da HBO quebrou a internet ao apresentar Zendaya como uma dependente química, mas é muito mais do que um dramalhão adolescente – não que a gente não ame histórias teens, que fique claro. Centrado na personagem Rue, interpretada pela ex-Disney, o roteiro explora como a geração Z lida com questões como vício, identidade, sexualidade, violência e abuso de forma direta e empática. 

Embora seja uma trama densa e possa trazer certos gatilhos – ou seja, não é para todo mundo –, a produção é repleta de boas referências de moda e beleza. Grande exemplo é Jules, vivida por Hunter Schafer, cujo apreço por brilhos holográficos, cores pastel e glitter é uma forma de desafiar as construções sociais – em especial, de gênero, já que tanto a personagem quanto a atriz são trans. 

Jules usa desenhos abstratos feitos com delineador colorido (Foto: Reprodução/Instagram)

A beauty artist Donniella Davy, que assina a beleza da série, é a responsável por inventar as formas abstratas e geométricas que decoram os olhos de Jules, bem como os pontos de luz feitos com cristais, os degradês de tons fluo e as leves pinceladas que tingem lugares improváveis, como a raiz das sobrancelhas ou o côncavo interno das pálpebras. “A cada novo look, Jules tem também uma nova maquiagem”, disse Donniella em seu Instagram, ao se referir sobre as inúmeras trocas de guarda-roupa da jovem.

Delineador metálico: toque sutil e divertido (Foto: Reprodução/Instagram)

Sinceramente, quando estávamos no Ensino Médio, mal tínhamos tempo (e paciência) para passar uma manteiga de cacau, quiçá perder horas até acertar o desenho de um círculo perfeito no canto externo do olho (atente ao episódio 3 para essa obra de arte). Mas é esse apuro estético e atenção aos mínimos detalhes que completa a aura meio mundo real, meio sonho da série. Vale ver, rever e pausar para ir atualizando a pasta de inspirações!

Detalhes das maquiagens usadas por Jules na série (Foto: Reprodução/Instagram)
Sombra prateada blocada e geométrica: por que não? (Foto: Reprodução/Instagram)
Glitter, gliter e mais glitter (Foto: Reprodução/Instagram)
Jules brinca com as cores (Foto: Reprodução/Instagram)
Um desenho no canto da pálpebra é quase imperceptível, mas faz a diferença (Foto: Reprodução/Instagram)
Jules brinca com tons pastel e cristais (Foto: Reprodução/Instagram)