Essence, marca alemã de cosméticos cruelty free chega ao Brasil com produtos a partir de R$ 4,90

Essence tem a proposta de seguir tendências com preços baixos

Sem título
A Essence também não realiza testes em animais  Foto: Instagram.com/essemakeup

A Essence, marca de alemã de cosméticos cruelty free acaba de desembarcar no Brasil. Com identidade visual jovem e divertida, a proposta da empresa é vender os produtos da que estão na moda por valores acessíveis.

Por aqui, chegram mais de 300 produtos entre esmaltes, bases, sombras, blushes, batons e iluminadores, com preços competitos para o mercado nacional. Os itens de cuidado com as unhas custam a partir de R$ 4,90 (lixa) e as maquiagens custam entre R$ 9,90 (sombra unitária) e R$ 42,90 (base líquida).

A marca, que pertence ao grupo alemão Cosnova Beauty, está presente em 80 países e possui o conceito de fast beauty, com renovação anaul de 50% dos produtos e edições limitadas periodicas – no Brasil, o plano são lançamentos a cada dois meses.

Atualmente a Essence está à venda em São Paulo e nas lojas online da Droga Raia, Drogasil e Beleza na Web.

Anúncios

Dossiê pernas: o seu guia para o verão

Descubra dos cuidados para melhorar a circulação aos treinos mais eficazes
Por Luiza Souza e Olga Penteado

dossie_pernas_1
Brenda Larigaudie veste biquíni Haight (Foto: Mariana Marão)

Depois de meses fora dos holofotes, chegou a hora de, literalmente, bater pernas por aí. Para o verão que se aproxima, nossa ideia é esbanjar saúde – seja cuidando de varizes e vasinhos, que podem ser resultado de problemas de circulação, seja suando a camisa nas novas aulas que trabalham a região inferior nas academias.

Pernas bronzeadas são lindas, é inegável, mas quem aí quer, em pleno 2018, se expor tanto ao sol? Reunimos também maneiras de chegar à praia – ou à festa – com uma cor linda com a ajuda de autobronzeadores que não deixam rastros, além de maquiagens apropriadas. Com eles, dá até para forçar a marquinha de biquíni baixa em contraste com maiôs cavadíssimos, visual que foi febre do verão europeu. Que venha o nosso!

dossie_pernas_2
Brenda Larigaudie veste maiô Mahe. (Foto: Mariana Marão)

CIRCULAÇÃO LIVRE
Os exercícios físicos certos, os novos tratamentos e até o que comer para dar um basta aos vasinhos e varizes

Hábitos de vida pouco saudáveis – sedentarismo, ingestão de alimentos industrializados, cigarro e jornadas de trabalho nas quais se passa muito tempo sentado ou de pé – comprometem a circulação do sangue nas pernas e favorecem o aparecimento de vasos e varizes. Pílula anticoncepcional também aumenta o risco, ainda mais no caso de quem tem predisposição genética. A boa notícia é que é possível prevenir – ou, pelo menos, adiar – o problema através de alguns cuidados.

“Alguns alimentos têm a capacidade de ajudar na circulação do sangue”, diz Aline Lamaita, angiologista de São Paulo. É o caso da laranja, excelente fonte de vitamina C, flavonoides, polifenóis e antocianinas. “Essas substâncias são antioxidantes e reduzem o colesterol. Além disso, a hesperidina, um dos flavonoides, favorece o revestimento interno dos vasos e ajuda na circulação”, diz a médica. Outro aliado é o chocolate. “Versões com no mínimo 70% de cacau têm efeito anti-inflamatório, propriedades antioxidantes e atividade santiplaquetárias, com melhora da função vascular”, explica ela, que cita tambémo alecrim (age nos pequenos vasos em torno dos músculos e órgãos), a beterraba (relaxa os vasos e aumenta o fluxo sanguíneo) e o gengibre (ajuda a dissolver a fibrina – proteína envolvida na coagulação do sangue).

dossie_pernas_3
Dossiê pernas (Foto: Mariana Marão)

Entre as atividades físicas que estimulam a circulação, o angiologista Caio Focássio, de São Paulo, recomenda a caminhada e o ciclismo. A musculação ajuda a ativar a panturrilha, músculo que bombeia o sangue das pernas de volta ao coração. “Prefira as repetições dos exercícios ao excesso de carga”, indica.

Para tratar varizes e vasinhos, ganham espaço nos consultórios novos protocolos que associam dois métodos – laser transdérmico e escleroterapia – numa mesma sessão. A diferença entre eles está no produto injetado e na sequência das técnicas. “O chamado Clacs, laser seguido de aplicação de glicose hipertônica, é ótimo para varizes de pequeno calibre e vasinhos. Já o Clafs, modalidade que usa o laser seguido de injeção de espuma de baixa potência, é indicado para varizes de maior calibre e áreas com muitos vasinhos”, explica Aline Lamaita, que acrescenta uma terceira opção: “Para vasinhos resistentes e varizes de grande calibre, o laser está sendo aplicado depois do uso da espuma”. A indicação, portanto, depende de cada caso.

dossie_pernas_4
Dossiê pernas (Foto: Mariana Marão)

MISSÃO: TORNEADA
Não inventaram nada melhor para a beleza das pernas do que atividade física. Confira os treinos novos e mais eficazes

Com a proposta de entregar resultado máximo em tempo mínimo, duas novas modalidades, o GRIT, da rede Bio Ritmo, e o Kore, com o selo Velocity, unem estímulos musculares e cardiovasculares intensos. Você resolve tudo em um só treino: esculpe a silhueta e derrete gordura. Ambos são para o corpo inteiro, mas trabalham bem os membros inferiores.

O GRIT une três estilos diferentes de treinamento: exercícios feitos com barras e anilhas, sessão específica para agilidade e velocidade (realizada sem equipamentos)e movimentos explosivos com step e anilhas. “São treinos intervalados de alta intensidade que podem ser adaptados para todos os condicionamentos físicos”, explica Letícia Klimas, professora da Bio Ritmo. Já o Kore, da Velocity, tem duração de 45 minutos e é dividido em três estações – cárdio, exercícios de resistência utilizando o peso do corpo e séries com halteres. Cada dia da semana é dedicado a um grupo muscular diferente: na segunda-feira, o foco são as pernas e os glúteos.

dossie_pernas_5
Biquíni Haight (Foto: Mariana Marão)

Já o método XBody, que aposta em alta tecnologia para garantir eficiência e segurança nos treinos, é uma boa opção para quem não tem preparo físico ou não se anima em ficar horas fazendo musculação. O aluno veste uma espécie de macacão com eletrodos e executa os movimentos ao mesmo tempo em que a eletroestimulação de baixa frequência contrai as fibras musculares (a sensação é de formigamento pelo corpo). “Não há sobrecarga com barras ou halteres, o que protege a coluna. Além disso, os movimentos não precisam de grande amplitude, preservando os joelhos”, explica Keko Rodrigues, diretor técnico da XBody e da TecFit, rede de estúdios em que a tecnologia está disponível. Outra vantagem: por meio dos eletrodos dá para estimular os músculos de áreas “teimosas”, como culote e interno da coxa, menos exigidos no agachamento convencional.

Quer malhar sozinha? Capriche nos agachamentos – são os exercícios campeões para esculpir as pernas. Nos treinos de Chico Salgado, personal trainer carioca de Bruna Marquezine e Grazi Massafera, eles vêm acompanhados de passadas livres. “Dá para construir pernas realmente impressionantes”, garante. Ele sugere uma sequência que pode ser feita em qualquer lugar, inclusive na praia – a areia fofa intensifica o trabalho muscular e a queima de calorias. Anote: 20 repetições de agachamento com salto, agachamento com isometria por 20 segundos, 20 repetições de passada com deslocamento e novamente agachamento com isometria. “Repita até dez vezes, no ritmo mais rápido que conseguir”, diz Salgado.

dossie_pernas_6
Da esquerda para direita: Iluminador corporal TANtalizer, US$ 21, Lorac; Desodorante tonalizante corporal lima e flor de laranjeira, R$ 26, Natura; Bruma bronzeadora hidratante para corpo e rosto Tea to Tan, R$ 450, By Terry (Foto: Divulgação)

MAKE QUE BRONZEIA
Para ganhar um brilho bronzeado em questão de segundos, escolha maquiagens corporais. O mercado tem boas novidades, como o hidratante com partículas tonalizantes da Natura e a Bruma Bronzeadora Hidratante da By Terry, que promete um efeito sunkissed para o corpo e também para o rosto. A dica de expert é esfoliar bem as pernas antes de aplicar qualquer um desses produtos. “Só isso garante uma cor uniforme”, ensina o beauty artist Rodrigo Costa, que sugere o creme TANtalizer, da californiana Lorac.

dossie_pernas_7
Da esquerda para direita: Autobronzeador Self Tanning, R$ 79, Australian Gold; Autobronzeador em gel Quick Self-Tanning, R$ 286, Shiseido; Autobronzeador Gradual, R$ 69, Skelt (Foto: Divulgação)

365 DIAS DE VERÃO
Para um efeito duradouro, aposte na nova safra de autobronzeadores, com fórmulas mais tecnológicas e texturas mais agradáveis. É o caso do gel da Shiseido, que promete um belo bronze depois de 40 minutos da aplicação. A novidade da Australian Gold é um creme de absorção imediata que vai tingindo o corpo ao longo do dia – sem manchar a roupa. O Autobronzeador Gradual, da Skelt, em forma de óleo seco, ainda promete disfarçar a celulite enquanto bronzeia.

Styling: Giovanna Grassi
Beleza: Rafaella Crepaldi com produtos Nars
Modelo: Brenda Larigaudie (Mega)
Assistente de foto: Bruna Lucena
Assistente de beleza: Isaac Oliveira
Agradecimentos: Sofitel Guarujá Jequitimar, Haight e Mahe

Miss Colômbia Valeria Morales Delgado causa polêmica ao criticar Miss Espanha Angela Ponce, que é trans

No Instagram, Angela Ponce responde críticas e pede “respeito”

Sem título.jpg
Miss Espanha Angela Ponce, que é trans e Miss Colômbia 2018, Valeria Morales Delgado

Estudante de comunicação social e Miss Colômbia 2018, Valeria Morales Delgado causou polêmica ao dizer que “o reino da beleza, como é o Miss Universo, foi feito para mulheres que nascem mulheres. Acho que para ela também seria uma desvantagem. Então é por isso que você tem que respeitar a ideia, mas não compartilhá-la”, disse. A declaração dada ao canal de TV RCN repercutiu como uma provocação (preconceituosa) à Miss Espanha Angela Ponce, que é trans. Coroada em junho, ela será a primeira mulher trans a participar do Miss Universo, em dezembro.

Em sua conta no Instagram, Angela respondeu à Miss Colômbia. “Respeito você e a sua opinião, mas não quero chegar ao Miss Universo com nenhum preconceito em relação a ela ou a qualquer outra companheira. Quero viver uma experiência linda e, se ela quiser, podemos nos conhecer, assim como eu quero conhecê-la”, escreveu.

“Nunca tentarei mudar sua opinião, porque essa não é a minha função. Meu propósito é tornar minha realidade conhecida e falar ao mundo um pouco sobre educação da diversidade, que é tão escassa, um fator importante e que sem dúvida acabaria com tanto bullying, preconceitos e violência. Peço respeito, tanto para a minha colega @valeriamoralesd quanto para mim”, defendeu.

Não é a primeira vez que Angela ouve críticas à sua participação no concurso. Em agosto, num programa popular da TV chilena e hispânica, o Don Francisco, ela rebateu esse tipo de comentário quando questionada sobre o que diria a seus detratores.

“Eu sou uma mulher. Sou uma mulher trans e tenho o direito de estar lá”, falou. “Então eu digo a eles [os críticos] que respeitem porque as regras do Miss Universo me permitem participar”, afirmou.

“Não sou um homem querendo ser uma mulher. Nunca fui isso. Sou uma mulher nascida em circunstâncias diferentes e acho que me encaixo no espectro de diversidade que engloba ser mulher. Pediria a eles que sejam mais respeitosos”, concluiu.

Aos 16 anos, Lila, filha de Kate Moss estrela campanha da Marc Jacobs Beauty

Lila é a nova garota-propaganda da Marc Jacobs Beauty

themarcjacobs_41766706_341058036648161_8561594873371667603_n
Lila é filha de Kate Moss com o editor Jefferson Hack Foto: David Sim/ MArc Jacobs Beauty/Divulgação

Em 2016, a Marc Jacobs Beauty apostou na carreira de Kaia Gerber, filha de Cindy Crawford, que estrelou a sua primeira campanha para a marca – e pouco tempo depois a menina virou queridinha do mundo da moda.

Agora, a empresa aposta em outra filha de supermodelo: Lila Moss, de 16 anos, herdeira da lendária Kate Moss.

Marc Jacobs, fundador da marca, conta que conhece a menina há dez anos, mas que se surpreendeu com ela durante a sessão de fotos. “Foi um pouco surreal ter Kate no estúdio com Lila, me trouxe memórias de quando eu conheci Kate”, explica. “Ela tinha 18 anos e estava no casting do desfile da coleção grunge de primavera/verão 2013 da Perry Ellis. Quando Lila veio a Nova York para trabalhar conosco, pareceu uma intercessão da minha vida pessoal e profissional.

Kate e eu ficamos muito próximos após a Grunge Collection e permanecemos amigos para a vida toda (muito disso foi muito bem registrado!). Quando Lila veio para Nova York para trabalhar conosco em julho para ser o rosto de nossa nova campanha, a sensação era como uma intersecção entre minhas vidas pessoal e profissional fechando um ciclo pois estávamos reunidos no estúdio com David Sims, Katie Grand, Guido Palau, Diane Kendal e Kate Moss. É com muito orgulho e do fundo do coração que eu compartilho esta (primeira) imagem do nosso shoot com a incrível Lila Moss em sua primeira campanha para a Marc Jacobs Beauty. A beleza de Lila, sua postura, paciência e gentileza fizeram este projeto ainda mais especial do que eu poderia ter imaginado. Obrigado, Lila, por ser parte deste projeto extremamente especial e obrigado, Kate Moss e Jefferson Hack, por nos ceder o privilégio de trabalhar com sua belíssima filha.”

Sephora muda posicionamento e aposta em cosméticos acessíveis

Natura, Revlon e Australian Gold são algumas das marcas que estão à venda na rede

sephora-brasil001
A Sephora agora tem o conceito de ‘todas as belezas se encontram aqui’ 

A Sephora, rede de produtos de beleza francesa, acaba de mudar seu posicionamento, e passa a, além dos produtos premium, oferecer também cosméticos acessíveis. A estratégia visa atender os consumidores que acreditam que não fazem parte do público da empresa.

“No Brasil, algumas pessoas  acham que Sephora é uma loja cara, que só vende produtos de alto valor, porque são itens importados. Queremos desmistificar este mito de vez”, conta  Flavia Bittencourt  diretora-geral da marca no País. “Ela atua como como uma curadora, trabalhando com as melhores marcas do mundo e trazendo para o cliente brasileiro as marcas que mais combinam com ele. Com isso celebramos também a chegada da Natura, uma brasileira de destaque, sustentável desde sempre e que já admiravamos.”

Além da Natura, Bruna Tavares, Aussie, Australian Gold e Revlon também passam a fazer parte do portfólio da multimarcas e estão à venda tanto no site quanto em quatro lojas físicas: Shopping Eldorado e Shopping Pátio Paulista, em São Paulo,Plaza Shopping Niterói, no Rio de Janeiro, e no Salvador Shopping, em Salvador.

The Body Shop entrega à ONU documento contra testes em animais

A youtuber Nátaly Neri é a representante brasileira da entrega do abaixo assinado a representantes da Organização das Nações Unidas em Nova York
Por AdNews

Sem título.jpg
Influenciadora Nátaly Neri será representante brasileira da entrega do documento da The Body Shop à ONU contra testes em animais (AdNews/Divulgação)

A fabricante de cosméticos The Body Shop coletou oito milhões de assinaturas em documento contra testes em animais para entregar à Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.  A companhia espera que, com o documento em mãos, a ONU convoque uma convenção para discutir o tema.

O documento será entregue no dia 4 de outubro, pela youtuber Nátaly Neri, a representante brasileira escolhida pela The Body Shop à ONU. Dinamarca, Cingapura e Inglaterra também enviarão representantes para a entrega das assinaturas.

A iniciativa tem como objetivo influenciar a legislação dos 189 países signatários da ONU — 80% deles ainda permitem testes em animais na indústria cosmética. No Brasil, o projeto de lei que proíbe uso de animais em pesquisas e testes para produção de cosméticos ainda está em tramitação.

A adesão do público ao abaixo assinado ocorreu durante a campanha Forever Against Animal Testing (Para Sempre Contra Testes em Animais), um abaixo assinado global, lançado pela marca em 2017.

O texto do documento sugere banir, até 2020, testes em animais com finalidade cosmética em produtos e ingredientes em todo o mundo. O Brasil está entre os 10 países que mais colaboraram com a petição.

Em 2019 a expectativa é de que a ONU promova uma aproximação com governos e agências internacionais para criar a lei.

Taís Araújo fala de diversidade na beleza: “Hoje em dia me sinto mais representada”

Atriz se torna garota-propaganda da Quem Disse, Berenice? e lança linha de batons com a marca para comemorar seus 40 anos

tais_2
Taís Araújo (Foto: Divulgação)

Taís Araújo ama dar pitaco em tudo. E foi assim que a atriz, de forma ativa, criou sua primeira coleção de batons líquidos com a Quem Disse, Berenice?. “Não faz sentido ser só uma garota-propaganda. A ideia surgiu no meio da conversa sobre um contrato novo e decidimos criar essa linha junto com meus 40 anos”, relembra a atriz.

Nada mais apropriado, já que Taís é fã confessa de maquiagem. A coleção de seis cores que vão de vermelho, laranja até rosa resgata momentos e aspectos importantes da vida da atriz, que comemora 4 décadas em novembro. “Ligo muito o vermelho a onde eu nasci, no Méier, no Rio de Janeiro, e também às mulheres da minha família”, conta.

Taís também confessa que, aos 39, ela se sente mais segura e feliz com o próprio corpo. Aos 36 anos, começou a praticar balé, depois de dar à luz a segunda filha, Maria Antônia. “Você perde a vergonha”, brinca ela. O truque de beleza do qual ela não abre mão é o filtro solar que Taís passa todos os dias religiosamente, desde os 11 anos. “Minha mãe teve uma queimadura após dormir com ácido retinóico no rosto e demorou anos para recuperar a pele. Nessa época, ela me aconselhou a usar protetor solar todos os dias. Para mim é tipo higiene básica!”, ri.

Diversidade
Taís relembrou também o mercado de beleza do passado, que reservava pouquíssimas opções para mulheres negras. “Quando você passava base ou ficava cinza ou cor de tijolo. Tinham pouquíssimas cores”, lembra. “O Brasil é um país muito diverso, de muitas cores. O mercado melhorou bastante. Hoje em dia me sinto mais representada”.

Como mulher e negra, Taís também comentou rapidamente sobre o momento político pelo qual o Brasil passa. “É muito delicado. É um momento de analisar, com racionalidade e sem emoção. Cada um dentro da sua lógica. É um momento de reestabelecer relações”, finaliza. Sobre os ataques nas redes sociais, ela diz não se importar. “Não apago nada. Deixo lá registrado o que cada pessoa pensa, seja para o bem ou para o mal”. [Marie Claire]