Modelo Lea T diz que Itália ainda faz pouco por pessoas transexuais

A modelo e ativista brasileira Lea T afirmou nesta sexta-feira (22) que a Itália ainda precisa “fazer muito” para garantir o respeito aos direitos das pessoas transexuais
Da Ansa, em Milão.

A modelo brasileira Lea T

A declaração foi dada em Milão, durante o lançamento de uma campanha contra a transfobia promovida pela marca de produtos capilares Pantene.

“Na Itália, como em todo o mundo, ainda há muito a se fazer. Nós não temos nenhum direito, nem ao trabalho, nem ao amor, somos vulneráveis em tudo, e não existem leis para nós. Não somos representadas em nada”, disse a modelo, que é filha do ex-jogador brasileiro Toninho Cerezo.

Lea T também citou a situação no Brasil, onde “há grandes problemas de transfobia” – em 2018, o país registrou 163 assassinatos de pessoas trans, segundo relatório da ONG Transgender Europe. “Na Itália, talvez não nos matem, mas existem microtorturas cotidianas”, completou a modelo.

Kristen Stewart troca saltos por tênis no tapete vermelho

A atriz posou para os fotógrafos de sandálias de salto alto, mas depois preferiu o conforto de um par de Nikes Cortez

Kristen Stewart no tapete vermelho da pré-estreia de Charlie's Angels em Londres (Foto: Getty Images)

Kristen Stewart é uma mulher de personalidade forte, e isso pode ser sentido não só em sua postura como em sua maquiagem, cabelo e looks. A atriz não abre mão de imprimir seu estilo pessoal no que quer se seja que venha a usar – seja dentro ou fora dos tapetes vermelhos -, e já deixou claro que a ditadura do salto alto no tapete vermelho não tem vez com ela.

Depois de protestar nas famosas escadarias de Cannes, ela mais uma vez mostrou que saltos podem até compor seus looks de red carpet, mas não por muito tempo: após posar para os fotógrafos ao lado do elenco e diretora de seu novo filme, o reboot da franquia Charlie’s Angels, Stewart correu para trocar as sandálias de saltos altos e finíssimos que finalizavam seu look Thom Browne por um par de tênis Nike Cortez.

Kristen Stewart, Ella Balinska, Naomi Scott e Elizabeth Banks no tapete vermelho da pré-estreia de Charlie's Angels em Londres (Foto: WireImage)

O vestido longo, claro, teve de ser segurado por Kristen para não arrastar no chão, mas não tenha dúvidas: o look com tênis também ficou incrível – e a cara da atriz, que é o que importa.

Kristen Stewart troca saltos por tênis no tapete vermelho da pré-estreia de Charlie's Angels em Londres (Foto: WireImage)
Kristen Stewart troca saltos por tênis no tapete vermelho da pré-estreia de Charlie's Angels em Londres (Foto: Getty Images)

Harry e Meghan passarão o Natal com a mãe da atriz, e rainha Elizabeth 2ª fica desapontada

O casal decidiu celebrar a data com a mãe de duquesa, Doria Ragland

Harry e Meghan – Toby Melville/AFP

O príncipe Harry, 35, e a mulher, a duquesa de Sussex Meghan Markle, 38, estão planejando uma “pequena festa de Natal”, que incluiria só o casal, o filho deles, Archie, de seis meses, e mãe de Markle, Doria Ragland. 

Fontes do jornal US Weekly afirmaram que a rainha Elizabeth está desapontada com a decisão do casal.

Harry e Meghan passaram o primeiro Natal deles, em 2017, com a rainha e todo o resto na família na residência de Sandrigham, em Norfolk. A grande questão do deles, segundo o jornal, é tentar fugir das festividades oficiais de fim de ano da coroa.

“Como é o primeiro Natal de Archie, eles querem que a data seja superespecial, apenas eles e Doria”, afirmou a fonte. “Todo o drama em torno do casal provocou muito estresse a eles, e agora, eles querem que a família seja a prioridade número 1”, completou a fonte. 

Já William e Kate, que são pais de George, Charlotte e Louis, vão passar a ceia da véspera e o almoço de Natal com a família, em Norfolk. 

O mesmo jornal americano noticiou que os dois príncipes e suas respectivas mulheres já pensam em ter mais filhos e quem sabe, uma gravidez não pode surgir já no ano que vem. 

TENSÃO FAMILIAR

Harry e Meghan estão vivendo de forma cada vez mais isolada da família. Segundo reportagem da revista People, a exibição na TV do documentário “Harry & Meghan: An African Journey”, que retrata a turnê do casal pela África, causou alguns constrangimentos à família real.

Em uma das entrevistas do documentário, Harry admite que ele e o irmão, William, estão seguindo caminho bastante diferentes no momento.  Uma fonte disse à revista que os dois mal se falam e nem trocam mensagens.

Parte disso ocorre por Meghan ter sido extremamente atacada pela imprensa britânica durante a sua gestação e o nascimento de Archie, o que seria muita pressão para uma mãe de primeira viagem.  

UNIÃO MAIS LONGA DA COROA

Nesta quarta-feira (20), uma data está sendo celebrada pela família real. Faz 72 anos que a rainha Elizabeth, 92, está casada com o príncipe Philip, 98. Os perfis oficiais da coroa lembraram a data com fotos da cerimônia do casal que ocorreu na abadia de Westminster, em 1947.

A história do casal está sendo contada pela série “The Crown”, da Netflix, que estreou a terceira temporada no domingo passado. 

Rainha Elizabeth e príncipe Philip completam 72 anos de casados

União é a mais longa da história da coroa britânica

A rainha Elizabeth II e o príncipe Philip

rainha Elizabeth e o duque de Edimburgo estão juntos há 72 anos e provam que o amor resiste ao tempo. Nesta quarta-feira, 20, o casal comemora o aniversário de casamento, que aconteceu em 1947.

A então princesa Elizabeth e Philip de Mountbatten se casaram seis anos antes dela ser coroada rainha da Inglaterra com apenas 27 anos.

A cerimônia aconteceu diante de dois mil convidados na Abadia de Westminster, o templo anglicano.

O perfil oficial do Palácio de Kensington prestou uma homenagem ao casamento mais longo da história da coroa britânica. “Desejando para Sua Majestade, a Rainha e Sua Alteza Real, o Duque de Edimburgo, um feliz 72º aniversário de casamento!”, diz a legenda da foto em que o casal aparece. 

‘Seu paladar muda, tudo muda’, diz Oprah Winfrey após fazer uma refeição vegana por dia

Apresentadora aceitou participar de desafio ‘One Meal a Day’, proposto por Suzy Cameron

A apresentadora americana Oprah Winfrey. Foto: Instagram/@oprah

Oprah Winfrey se sentiu motivada a testar o estilo de vida vegano após entrevistar a ativista ambiental Suzy Amis Cameron, esposa do aclamado diretor James Cameron. 

A apresentadora americana entrou para o programa ‘One Meal a Day’ (OMD), criado por Suzy, e experimentou fazer pelo menos uma refeição vegana por dia durante um mês.

“Há algo que acontece quando você passa a se alimentar apenas à base de vegetais. Você não apenas tem todos esses benefícios à saúde. Seu paladar muda, tudo muda. Você passa a ter essa clareza”, afirmou Oprah. 

Ela fez uma série de vídeos no stories do Instagram e deu conselhos aos seguidores: “Se você está pensando em se tornar vegetariano ou vegano, essa é uma boa maneira de se começar. Dessa forma, você não precisa desistir de tudo o que comeu a vida inteira”, enfatizou.

Oprah Winfrey publicou uma imagem de salada de figo com risoto de abóbora e cogumelos. A promessa é de apresentar 30 diferentes receitas veganas para motivar os seguidores nas redes sociais. Os pratos serão preparados pelo chef Raymond Weber. 

Suzy Cameron lançou recentemente o livro OMD: um programa simples totalmente baseado em vegetais. A ativista foi uma das fundadoras da MUSE, primeira escola baseada em vegetais nos Estados Unidos.

View this post on Instagram

What to do with all this Dill? #Harvestday

A post shared by Oprah (@oprah) on

Vestido icônico da princesa Diana vai a leilão por R$ 1,6 milhões

Vestido foi usado para um jantar na Casa Branca quando a princesa dançou com o ator John Travolta
POR MARLEY GALVÃO

Vestido de veludo de princesa Diana vai a leilão (Foto: Reprodução Dailymail)

Um dos vários momentos marcantes na vida da princesa Diana foi quando ela dançou com o ator John Travolta na Casa Branca num jantar de gala oferecido pelo presidente do Estados Unidos Ronald Reagan. Na noite de 1985, ela encantou o mundo ao escolher um vestido de veludo azul feito por Victor Edelstein. Agora, a peça-desejo será leiloada por 350.000 libras (equivalente a R$ 1.623.493,00) pela casa de leilão Kerry Taylor Auctions, de Londres, no dia 9 de dezembo, divulgou o site dailymail.com

Vestido da princesa Diana vai a leilão

As imagens de sua dança com Travolta rodaram o mundo e, na época, o ator descreveu a experiência como ‘como um conto de fadas’. Em junho de 1997, dois meses antes de sua morte – Diana leiloou o vestido por 420.000 libras para arrecadar fundos para instituições de caridade da Aids. A peça foi usadas em mais três ocasiões pela princesa: durante uma visita à Áustria em 1986; uma noite na Royal Opera House em 1991, para seu retrato de Lord Snowden em 1997.

Scarlett Johansson diz que foi uma jovem ‘hiperssexualizada’: ‘Na época parecia ok’

Atriz conta que pensou em carreiras alternativas porque ‘parecia que não havia para onde ir’

A atriz Scarlett Johansson no lançamento de “Marriage Story”, da Netflix, em Los Angeles – Jean-Baptiste Lacroix/AFP

A atriz Scarlett Johansson, 34, famosa por filmes como “Os Vingadores”, “Lucy” e “Ele Não Está Tão a Fim de Você”, lamenta ter sido “hiperssexualizada” no início da carreira.

“Sinto que quando eu estava trabalhando aos meus 20 e poucos anos e até o final desses 20 anos, de alguma forma, fui estigmatizada. Eu era muito hiperssexualizada”, disse a atriz em uma mesa redonda da revista norte-americana The Hollywood Reporter.

“Eu acho que na época parecia ok para todo mundo. Foi outro tempo”, continuou. “E acho que funcionou na época, mas foi realmente difícil para mim tentar descobrir como deixar de ser uma ingênua, ou ‘a outra mulher'”.

Ela conta que pensou em seguir uma carreira diferente por conta da sexualização, algo que a “preenchesse” mais, porque “parecia que não havia para onde ir”.

Foi então que ela entrou para o teatro e atuou na Broadway em “A View From the Bridge” (2010), projeto que rendeu um Prêmio Tony a ela. Segundo a atriz, o trabalho “redefiniu totalmente minha maneira de pensar sobre como eu poderia trabalhar e os diferentes tipos de oportunidades que poderiam estar disponíveis para mim”.