Padrasto diz que Kanye jamais se casaria com Kim Kardashian se sua mãe fosse viva

“Dona teria exposto as incompatibilidades do relacionamento deles”, afirmou

Kanye West e Kim Kardashian

Ulysses Blakeley, padrastro de Kanye West, afirmou em entrevista ao Daily Mail, que o rapper jamais teria se casado com Kim Kardashian se sua mãe fosse viva.

“Se Dona estivesse viva, ele não seria casado com a Kim, porque Dona teria exposto as incompatibilidades do relacionamento deles”, disse Blakeley.

O padrastro de West relaciona as opiniões polêmicas do rapper ao fato de ele não ter aceitado completamente a perda de sua mãe, que morreu em novembro de 2007 após uma cirurgia plástica.

Segundo Ulysses, Kanye não tem amigos reais ou membros da família para recorrer em tempos difíceis e que ele foi confinado pela família Kardashian. “Eu não vejo as Kardashians como emocionalmente inteligentes”, afirmou o padrasto do rapper. [Ulysses Blakeley]

Anúncios

Revista New York Magazine chama atriz indiana Priyanka Chopra de carreirista e golpista por se casar com Nick Jonas e causa revolta

Artigo – que já foi apagado – gerou revolta nas redes sociais ao dizer que Priyanka Chopra se casou com Nick Jonas por interesse

Nick Jonas e Priyanka Chopra (Foto: Instagram)

A New York Magazine recebeu críticas furiosas online, depois que seu site The Cut publicou um artigo no qual considerava a recém-casada Priyanka Chopra uma “artista golpista moderna” que havia ludibriado seu marido, Nick Jonas, para o casamento. O artigo, que já foi removido, foi divulgado nas redes sociais, com Joe, o irmão de Nick Jonas, e sua noiva Sophie Turner, de ‘Game of Thrones’, liderando o protesto contra ele.

Turner, de 22 anos, foi ao Twitter nas primeiras horas após o artigo ter sido compartilhado pela primeira vez e afirmou que era “totalmente desnorteante e totalmente nojento”, enquanto expressava seu horror com o que havia sido escrito. A atriz nascida na Grã-Bretanha, que participou das celebrações de casamento de Chopra na Índia, foi apenas uma das milhares de pessoas que apontaram os traços sexistas e racistas do artigo.

O artigo sobre a atriz indiana Priyanka Chopra, chamando-a de “artista global golpista”, foi excluído com um pedido de desculpas do portal The Cut. Depois que o portal publicou um artigo de 1.600 palavras escrito pela comediante e escritora Mariah Smith sobre Priyanka Chopra, muitos fãs ficaram revoltados. O artigo intitulado “Priyanka Chopra e Nick Jonas se amam de verdade?” criticava Chopra, dizendo que “Tudo o que Nick queria era uma possível aventura com a mais recente “It Woman” de Hollywood, mas em vez disso ele acabou encarando uma sentença de prisão perpétua com uma fraude global”, conforme detalhado pelo portal Inquisitr.

Os músicos e irmãos  Joe e Nick Jonas e as atrizes Sophie Turner e Priyanka Chopra e  (Foto: Instagram)

Smith também sugeriu que Chopra se casou com Nick Jonas para seu ganho pessoal, o que pareceria um pouco exagerado para pessoas que sabem que Priyanka é uma conhecida atriz de Bollywood e tem 32 milhões de seguidores no Instagram. A reação do artigo se tornou tão severa que o site The Cut decidiu excluir o artigo e emitir um pedido formal de desculpas.

Com fortuna estimada em R$ 380 mi, Angelina Jolie estaria “quebrada” e vivendo de salário em salário

A última sobre Angelina Jolie: segundo a revista francesa “Closer”, a atriz está vivendo de salário em salário e ultimamente só tem dinheiro para pagar as despesas mais básicas. Dona de um patrimônio calculado em pelo menos US$ 100 milhões (R$ 382,7 milhões), a ex de Brad Pitt tem vários imóveis luxuosos e outros bens que juntos valem uma fortuna respeitosa, mas quando o assunto é dinheiro na conta a situação dela é bem diferente.

Isso porque Angie gastou praticamente todas as reservas que tinha para bancar os custos advocatícios do processo de divórcio que abriu em setembro de 2016 contra Pitt, e que até agora custou mais de US$ 15 milhões (R$ 57,4 milhões) para cada um. Vale lembrar que os dois ensaiam um acordo há pelo menos duas semanas, cuja negociação teria partido dela justamente por causa dessa fase de vacas magras.

De qualquer forma, Jolie – que mantém um estilo de vida nababesco, com direito a viagens em jatinhos e otras cositas más – não deverá ficar na pindaíba por muito tempo, já que deverá embolsar no comecinho de 2019 o cachê de US$ 25 milhões (R$ 95,7 milhões) que recebeu para estrelar a continuação de “Malévola”, que teve as filmagens encerradas em agosto e atualmente está em fase de pós-produção. [Anderson Antunes]

Michelle Obama usa palavrão para criticar executiva Sheryl Sandberg do Facebook

Ex-primeira-dama disse discordar de técnica para mulheres criada por Sheryl Sandberg

A ex-primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, durante o evento em Nova York no Sábado (1º) – Mary Altaffer/Associated Press

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, usou um palavrão neste sábado (1º) para criticar Sheryl Sandbergvice-presidente de operações do Facebook. A executiva é conhecida por defender que as mulheres devem se impor no mundo corporativo —uma técnica que ela chamou de “lean in”.

“Isso é uma mentira”, disse Michelle sobre a ideia defendida por Sandberg. “Nem sempre ‘lean in’ [se impor] é o suficiente, porque essa merda não funciona sempre”, afirmou a primeira-dama a uma plateia de 19 mil pessoas em Nova York.  

“Essa coisa toda de ‘você pode ter tudo’. Não pode, não ao mesmo tempo”, completou ela, para riso do público. O evento fez parte da turnê de lançamento de seu novo livro, “Becoming“. 

Na sequência, a ex-primeira-dama se desculpou pelo palavrão. “Eu esqueci onde eu estava por um momento”, afirmou.

Sandberg publicou em 2013 o livro  “Lean In: women, work, and the will to lead” —traduzido em português para “Faça Acontecer: trabalho e a vontade de liderar” (ed. Companhia das Letras, 2013, 288 págs, R$ 44,90) .

Na obra, ela defende que as mulheres devem lutar para conquistarem o comando de grandes empresas e que não devem se satisfazer com posições subalternas. 

A executiva, número 2 do Facebook, está atualmente envolvida em uma polêmica campanha de lobby feita pela empresa desviar a ira do público aos críticos da rede.

Macacão jeans usado por Kylie Jenner vira hit apesar do preço: R$ 4.181

Kylie Jenner a bordo de seu macacão IRA Paris || Créditos: Getty Images

O macacão “full denim” que Kylie Jenner usou durante um show que seu namorado Travis Scott fez na última quinta-feira, em Washington, pode até estar entre os looks basiquinhos dos anos 1980 que voltaram com tudo nos últimos tempos. Mas definitivamente não custou barato, já que a peça escolhida pela magnata dos cosméticos – que contém gola forrada com pele de carneiro e é fabricada pela marca hypada francesa IRO Paris – não sai da loja por menos de US$ 1.090 (R$ 4.181).

Combinado por Kylie com botas de US$ 535 (R$ 2.052) de couro de cobra da Yeezy, a marca do cunhado dela, Kanye West, o jumpsuit já está praticamente esgotado em todos os pontos de venda da IRO na Europa e nos Estados Unidos onde era vendido. É que todos querem copiar o estilo da caçula do clã Jenner/Kardashian, claro, que por sinal nem olha para a etiqueta das coisas que compra, já que tem estimados US$ 900 milhões (R$ 3,45 bilhões) na conta. [Anderson Antunes]

Livro de Michelle Obama é o mais vendido em 2018; foram 2 milhões em 15 dias

Ex-primeira dama do Estados Unidos está com “Becoming” em várias listas de best-sellers
Por Marley Galvão

Michelle Obama, livro Becoming (Foto: Divulgação)

Em apenas 15 dias, a ex-primeira dama Michelle Obama abalou o mercado de livros americano e canadense. O livro Becoming, com suas memórias pessoais, já vendeu mais de 2 milhões de cópias desde o seu lançamento em 13 de novembro de 2018, de acordo com a Penguin Random House. Ou seja, ele é o livro mais vendido neste ano.

A notícia foi divulgada oficialmente pela editora Penguin Random House. A edição de capa dura terá 3,4 milhões de cópias a serem vendidas nos EUA e no Canadá. Após sua sexta impressão, o livro sem mantém em diversas listas de best-sellers nos dois países. 

Michelle também ocupa com sua obra literária o primeiro lugar nas listas de não-ficção do New York Times. No livro, ela conta sobre sua infância e a família, suas experiências profissionais e como ela conheceu e se apaixonou pelo ex-presidente Barack Obama, além do período em que morou na Casa Branca como primeira-dama.

Kim Kardashian publica foto com look sexy e revela “Kanye me vestiu como uma boneca”

Socialite de 38 anos parece alheia à polêmica envolvendo uso de ecstasy em vídeo de sexo que a tornou famosa

Kim Kardashian (Foto: Instagram)

Em seu último post no Instagram, a estrela de reality show Kim Kardashian afirma que o marido Kanye West a vestiu como uma boneca ao mostrar sua boa forma. Kim está atualmente no meio de uma polêmica após ter sido divulgado que ela estava sob efeito de ecstasy quando ela e seu então namorado Ray J filmaram o vídeo de sexo que lançou sua carreira como superstar da mídia. Ainda assim, a estrela, agora com 38 anos, entrou em sua conta no Instagram para postar uma nova foto no sábado à noite mostrando como, segundo ela, o rapper Kanye West a veste “como uma boneca”.

A foto do Instagram, de acordo com o Inquisitr, “mostra sua incrível boa forma em um vestido branco justo”, e parece ter sido tirada em um provador. Kim Kardashian parece estar segurando um smartphone na mão direita e, à esquerda, uma caixa de doce. Na legenda, ela credita seu marido pelo look sexy. “Kanye me vestiu de boneca”, escreveu ela.

Em sua conta no Instagram, ela parece alheia ao escândalo do ecstasy, que começou após ela revelar em um episódio recente de ‘Keeping Up With The Kardashians’ que ela estava drogada enquanto filmava o vídeo de 2003 que vazou para o público quatro anos depois. Ray J negou que Kardashian tenha tomado ecstasy antes de sua sessão sexual, mas disse que ela havia fumado maconha de um cachimbo em forma de pênis. Na quinta-feira, um vídeo gravado na mesma época vazou mostrando uma Kim Kardashian de 23 anos usando um cachimbo em forma de pênis.