CINEMA I Estreias: Desafio de um campeão, O Enigma da Rosa, Euforia, A Luz no Fim do Mundo, Malévola – Dona do Mal, Pavarotti

Para quem não quer saber de Mostra, ‘Malévola’ é destaque entre as estreias da semana

Malévola – Dona do Mal
Maleficent: Mistress of Evil. EUA, 2019. Direção: Joachim Rønning (norueguês). Com: Angelina Jolie, Elle Fanning e Michelle Pfeiffer. 118 min.

Desafio de um campeão
Il campione. Itália, 2019. Direção: Leonardo D’Agostini. Com: Stefano Accorsi e Andrea Carpenzano. 105 min. 14 anos.
Após ter problemas por conta de seu temperamento e de sua agitada vida noturna, um talentoso jogador de futebol que atua na Itália é obrigado a ter aulas com um introvertido professor.

O Enigma da Rosa
Bajo la Rosa. Espanha, 2017. Direção: Josué Ramos. Com: Patricia Olmedo, Elisabet Gelabert e Pedro Casablanc. 99 min. 16 anos.
Dias após o desaparecimento de sua filha, uma família recebe a carta do sequestrador dizendo que irá visitá-los. No encontro, o criminoso diz que irá libertar a menina se um dos membros da família confessar ter realizado um grave ato que prejudicou uma pessoa desconhecida.

Euforia
Idem. Itália, 2018. Direção: Valeria Golino. Com: Riccardo Scamarcio, Valério Mastandrea e Isabella Ferrari. 115 min. 16 anos.
Dois irmãos —um deles rico e sociável, o outro simples e introvertido— pouco se falam. Quando um deles descobre uma doença e faz com que passem a viver juntos, eles constroem laços que antes não existiam. 

A Luz no Fim do Mundo
Light of my Life. EUA, 2019. Direção: Casey Affleck. Com: Casey Affleck, Anna Pniowsky e Tom Bower. 119 min.
Um pai vive acampado na floresta junto com sua filha, a única mulher de que se tem notícia após uma praga ter extinguido quase toda a população feminina. Temendo o que possam fazer com ela caso a descubram, ele a caracteriza como um menino.

Malévola – Dona do Mal
Maleficent: Mistress of Evil. EUA, 2019. Direção: Joachim Rønning (norueguês). Com: Angelina Jolie, Elle Fanning e Michelle Pfeiffer. 118 min.
Malévola, uma fada que guarda rancor dos humanos, tenta evitar que Aurora, sua protegida, se case com o príncipe Phillip. Temendo pelo destino das criaturas mágicas de seu reino caso a união se concretize, ela reúne aliados para se defender de uma possível invasão. Continuação do filme de 2014 inspirado na fábula “A Bela Adormecida”.

Meu Nome é Daniel
Brasil, 2018. Direção: Daniel Gonçalves. 83 min. 12 anos.
Por meio de registros da infância e de seu cotidiano, o documentário autobiográfico conta a história de Daniel de Castro Gonçalves, que nasceu com uma deficiência que médico algum consegue diagnosticar.

Pavarotti
Idem. EUA/Reino Unido, 2019. Direção: Ron Howard. 114 min. 16 anos.
O documentário lança um olhar sobre a vida e a carreira de um dos mais populares cantores de ópera, morto em 2007. Em meio a entrevistas com familiares, amigos e músicos, longa apresenta imagens inéditas.

Anúncios

Zoe Kravitz será a Mulher-Gato em ‘Batman’ com Robert Pattinson

Atriz é conhecida por seu trabalho na série ‘Big Little Lies’

Zoe Kravitz Foto: Shannon Stapleton / Reuters

Zoe Kravitz é a atriz escolhida para viver o papel de Mulher-Gato no próximo filme Batman que será gravado pelo diretor Matt Reeves, e terá Robert Pattinson como protagonista, de acordo com informações da revista Variety nesta segunda-feira, 14.

Zoe Kravitz é conhecida principalmente por seu papel na série Big Little Lies, exibida pela HBO.

Ainda segundo a publicação, a ideia é que a pré-produção do novo filme de Batman tenha início ainda em 2019 ou no começo de 2020, e faça sua estreia em 25 de junho de 2021 nos Estados Unidos.

Antes de Zoe Kravitz, o papel de Mulher-Gato foi interpretado no cinema por atrizes como Anne HathawayMichelle Pfeiffer e Halle Berry.

Dolittle | Robert Downey Jr. conversa com animais em trailer épico

Longa estreia em 16 de janeiro
JULIA SABBAGA

Dolittle, longa em que Robert Downey Jr. interpreta o veterinário capaz de conversar com animais, ganhou o seu primeiro trailer. A prévia mostra o personagem partindo em uma viagem épica acompanhado de diversos animais de diferentes espécies. 

A sinopse oficial diz: “Depois de perder sua mulher sete anos atrás, o excêntrico Dr. John Dolittle (Downey), famoso veterinário da Inglaterra da Rainha Victória, se isola nas paredes da mansão Dolittle, com apenas sua coleção de animais como companhia. Mas quando a jovem rainha (Jessie Buckley, Chernobyl) adoece gravemente, um relutante Dolittle é forçado a embarcar em uma aventura para uma ilha mística à procura de uma cura, reconquistando sua esperteza e coragem, encontrando velhos adversários e descobrindo incríveis criaturas.”

Dolittle conta também com Antonio BanderasMichael Sheen e Jim Broadbent além de dublagens de Rami MalekOctavia Spencer, Kumail Nanjiani, John Cena, Emma Thompson, Marion Cotillard, Ralph Fiennes, Selena Gomez, Tom Holland e Craig Robinson

O longa está programado para 16 de janeiro de 2020. 

Bilheteria EUA: Coringa, A Família Addams, Projeto Gemini, Abominável, Downton Abbey

Coringa passa segunda semana no topo da bilheteria americana e estreia de Projeto Gemini acaba abaixo de A Família Addams

Depois de bater o recorde de estreias de outubro, Coringa celebrou uma nova semana de sucesso permanecendo no topo da bilheteria americana em seu segundo final de semana. O longa da DC arrecadou mais US$ 55 milhões, acumulando um total de US$ 192,7 milhões até hoje. 

A animação de A Família Addams ficou em um distante segundo lugar, com US$ 30,2 milhões, mas superando a estreia de Projeto Gemini, longa com Will Smith, que acabou em terceiro lugar, com US$ 20,5 milhões

A animação da DreamWorks, Abominável desceu de segunda posição para o quarto lugar, registrando mais US$ 6,1 milhões e totalizando, no território americano, US$ 47,9 milhões.

Completando o top 5 da semana, Downton Abbey fechou seu quarto final de semana em cartaz com mais US$ 4,9 milhões, somando uma arrecadação total de US$ 82,6 milhões

Dolittle | Robert Downey Jr. está cercado de animais em 1º cartaz

Ator sairá em uma aventura mística na companhia de diversos animais
JULIA SABBAGA

O filme de Doutor Dolittle com Robert Downey Jr. teve o seu título alterado para Dolittle, e teve seu primeiro cartaz revelado. Confira: A sinopse do longa foi revelada pelo jornalista Steve Weintraub, da Collider.

“Robert Downey Jr. eletrifica um dos personagens mais duradouros da literatura nesta vivida reimaginação do clássico conto de um homem que pode conversar com animais: Dolittle.

Depois de perder sua mulher sete anos atrás, o excêntrico Dr. John Dolittle (Downey), famoso veterinário da Inglaterra da Rainha Victória, se isola nas paredes da mansão Dolittle, com apenas sua coleção de animais como companhia. Mas quando a jovem rainha (Jessie Buckley, Chernobyl) adoece gravemente, um relutante Dolittle é forçado a embarcar em uma aventura para uma ilha mística à procura de uma cura, reconquistando sua esperteza e coragem, encontrando velhos adversários e descobrindo incríveis criaturas.

Na jornada, o Doutor é acompanhado por um aprendiz auto-intitulado (Harry Collett, de Dunkirk) e um grupo barulhento de animais amigos, incluindo um ansioso gorila (Rami Malek), um pato entusiasmado (Octavia Spencer) e uma dupla competitiva formada por um avestruz (Kumail Nanjiani) e um urso polar (John Cena), além de um papagaio (Emma Thompson), que serve como a companheira mais confiável e conselheira de Dolittle.

O filme também traz no elenco Antonio BanderasMichael Sheen e Jim Broadbent e dublagens de Marion Cotillard, Frances de la Tour, Carmen Ejogo, Ralph Fiennes, Selena Gomez, Tom Holland, e Craig Robinson.”

O filme teve direção de Stephen Gaghan, com refilmagens supervisionadas por Jonathan Liebesman, diretor do filme das Tartarugas Ninja. Conhecido por dramas como Traffic Syriana, essa foi a primeira experiência de Gaghan com efeitos especiais e, também, na comédia. 

O longa está programado para 17 de janeiro de 2020. 

Theatro Municipal exibirá filmes nacionais gratuitamente durante a 43ª Mostra

A Vida Invisível, de Karim Aïnouz, abrirá a programação
JULIA SABBAGA

A Vida Invisível, de Karim Aïnouz

Theatro Municipal anunciou uma programação gratuita de filmes brasileiros, que serão exibidos durante a 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. A programação terá seis sessões, que acontecem em 18, 19 e 20 de outubro. 

A Vida Invisível, de Karim Aïnouz, vencedor do prêmio Um Certo Olhar no Festival de Cannes, abrirá a programação às 20h30 da sexta-feira, dia 18. No sábado, às 21h, é a vez de Três Verões, de Sandra Kogut, filme protagonizado por Regina Casé que tem como pano de fundo a Operação Lava Jato vista pelos empregados de uma família rica. 

Nas sessões vespertinas, que acontecem às 16h no sábado e domingo, serão exibidos Abe, de Fernando Grostein Andrade, protagonizado por Noah Schnapp (Stranger Things) e Turma da Mônica: Laços, de Daniel Rezende, respectivamente. 

Babenco — Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou encerra o evento no domingo, dia 20, às 20h30. Premiado no último Festival de Veneza, o documentário que marca a estreia de Bárbara Paz na direção de longas é uma imersão na vida do cineasta Hector Babenco, morto em 2016.

Os ingressos para as sessões no Municipal poderão ser retirados na Central da Mostra na véspera das exibições ou na bilheteria do Theatro uma hora antes de cada sessão.

A 43ª Mostra acontece em São Paulo entre 17 e 30 de outubro.

Os Orfãos | Babá é assombrada em terror com Finn Wolfhard

Filme mostra babá contratada para cuidar de órfãos em casa assombrada
JULIA SABBAGA

Os Orfãos, adaptação de A Volta do Parafuso, livro de Henry JamesThe Turning teve seu primeiro trailer e cartaz divulgados. Na prévia acima, Kate (Mackenzie Davis) é uma baba contratada para cuidar dos irmãos Miles (Finn Wolfhard) e Flora (Brooklyn Prince), mas acaba se deparando com os vários terrores da casa em que as crianças moram. O cartaz pode ser conferido abaixo:

Os Orfãos/Universal Pictures/Divulgação

Os Orfãos tem direção de Floria Sigismondi (DemolidorThe Handmaid’s Tale) e produção-executiva de Steven Spielberg.

O longa estreia tem estreia marcada para 5 de março.