Hugh Jackman entra para o Guinness Book pelos 16 anos como Wolverine

O título foi concedido na categoria de carreira mais longa como um super-herói da Marvel
Por Estadão Conteúdo

Hugh Jackman em Logan (2017) (Twentieth Century Fox/Divulgação)

O ator australiano Hugh Jackman recebeu um certificado do “Guinness Book”, o livro dos recordes, para comemorar sua atuação no cinemacomo Wolverine em “X-Men”. O título foi concedido na categoria de carreira mais longa como um super-herói da Marvel.

Ao todo, foram 16 anos e 228 dias interpretando o personagem que tem garras metálicas nas mãos e poder de autocura. Mas Jackman não carrega este recorde sozinho. Patrick Stewart, que atua na trama dos mutantes como Professor Charles Xavier, também leva o título com o mesmo período de atuação.

Os dois atores fizeram suas primeiras aparições como super-heróis da Marvel em “X-Men” (2000), sendo que a aparição mais recente foi em “Logan” (2017), o terceiro e último filme só sobre Wolverine.

Anúncios

Confira o primeiro trailer oficial de ‘Rocketman’, cinebiografia de Elton John

Vídeo mostra os primeiros passos do músico para se transformar em uma estrela internacional

Rocketman (Foto: Reprodução)

O primeiro trailer oficial de Rocketman, cinebiografia de Elton John, foi divulgado pela Paramount na manhã desta quinta-feira (21). O vídeo mostra os primeiros passos do músico com seu piano e a jornada de transformação para o tímido Reginald Dwight se tornar uma estrela internacional. 

Dirigido por Dexter Fletcher (Voando Alto), o longa é protagoinzado por Taron Egerton. O elenco também conta com Jamie Bell, interpretando Bernie Taupin, compositor parceiro de longa data de Elton John, Richard Madden, como o primeiro empresário do músico, John Reid, e Bryce Dallas Howard, como a mãe de Elton, Sheila Farebrother

O filme deve chegar aos cinemas no dia 30 de maio. Assista ao trailer:

CINEMA I Estreias da Semana: Dogman, A Morte Te Dá Parabéns 2, Sai de Baixo – O Filme, Lembro Mais dos Corvos, Homem Livre

Marisa Orth, como Magda, em cena do filme /Divulgação

Dogman
Idem. Itália/França, 2018. Direção: Matteo Garrone. Com: Marcello Fonte, Edoardo Pesce e Nunzia Schiano. 102 min. 16 anos.
Quando um ex-boxeador passa a intimidar e a humilhar os moradores de sua vizinhança, um simpático dono de pet shop decide planejar uma vingança violenta. Do mesmo diretor de “Gomorra” (2008). Vencedor do prêmio de melhor ator no Festival de Cannes (Fonte).

Homem Livre
Brasil, 2017. Direção: Alvaro Furloni. Com: Armando Babaioff, Flávio Bauraqui e Thuany Andrade. 84 min. 14 anos.
Depois de cumprir sentença na prisão por um crime que chocou o país, um ex-ídolo do rock busca asilo em uma igreja evangélica. O passado, porém, continua a persegui-lo.

Lembro Mais dos Corvos
Brasil, 2018. Direção: Gustavo Vinagre. 105 min. 14 anos.
O documentário acompanha a atriz transexual Julia Katharine durante uma noite de insônia, na qual ela relata, em forma de monólogo, sua história.

A Morte Te Dá Parabéns 2
Happy Death Day 2U. EUA, 2019. Direção: Christopher Landon. Com: Jessica Rothe, Israel Broussard e Phi Vu. 104 min. 14 anos.
Continuação do filme de 2017, o terror com pitadas de humor acompanha uma estudante universitária que está presa em um mesmo dia de sua vida. Agora, para conseguir quebrar o ciclo, precisa salvar os amigos da morte.

Querido Menino
Beautiful Boy. EUA, 2018. Direção: Felix van Groeningen. Com: Steve Carell, Timothée Chalamet e Jack Dylan Grazer. 120 min. 14 anos.
Baseado nas memórias de um pai e um filho viciado em drogas, o drama acompanha um jovem que há anos luta contra a dependência química enquanto seu pai busca entender o que o levou ao vício.

Sai de Baixo – O Filme
Brasil, 2019. Direção: Cris D’Amato. Com: Miguel Falabella, Marisa Orth e Tom Cavalcante. 83 min. 12 anos.
Baseado na série de televisão homônima, o filme acompanha Caco Antibes, Magda, Ribamar e outros personagens do humorístico após uma longa temporada do protagonista na prisão. Falidos, os personagens decidem transportar joias ilegais para fora do Brasil.

Todos Já Sabem
Todos lo Saben. Espanha/França/Itália, 2018. Direção: Asghar Farhadi. Com: Penélope Cruz, Javier Bardem e Ricardo Darín. 132 min. 14 anos.
Uma espanhola que mora em Buenos Aires retorna à sua terra natal com os dois filhos para o casamento da irmã. Lá, reencontra um antigo namorado. Durante a cerimônia, uma tragédia acontece e traz à tona segredos sobre seu passado. Do mesmo diretor de “O Apartamento” (2016).

Daniel Radcliffe diz que ficava ‘muito bêbado’ para lidar com fama de ‘Harry Potter’

Ator de 29 anos falou que tinha uma imagem de que ‘atores tinham de ser bêbados legais e loucos’

Daniel Radcliffe tinha apenas 11 anos quando foi escalado para protagonizar a saga Harry Potter. Lidar com a fama nessa idade significava viver sob a pressão dos holofotes, com as pessoas voltando o olhar para ele. E bebidas alcoólicasfoi o jeito que ele encontrou para superar – ou tentar ignorar – tudo isso.

Em um episódio do Off Camera com Sam Jones, divulgado esta semana, o ator de 29 anos falou abertamente sobre uso do álcool na adolescência. 

Para ele, a bebida era uma forma de esquecer as consequências de toda a fama que estava vivenciado.

“No meu caso, a maneira mais rápida de esquecer o fato de que você estava sendo observado era ficar muito bêbado”, disse Radcliffe. “Então, quando você fica muito bêbado, você se torna consciente: ‘As pessoas estão observando mais agora porque estou ficando muito bêbado, então eu provavelmente deveria beber mais para ignorar isso mais'”, completou e acrescentou que “isso pode afetar sua psique”.

O ator comentou que achava que “os atores tinham de ser bêbados legais e loucos”. “Eu tive que viver de acordo com essa imagem estranha que eu tinha na cabeça sobre o que significava ser um ator famoso”, afirmou.

Sair desse hábito, segundo Radcliffe, “levou alguns anos e algumas tentativas”. Embora amigos o ajudassem no processo, o ator teve de fazer essa mudança sozinho.

“Eu tenho sido inacreditavelmente sortudo com as pessoas que tenho ao meu redor em certos momentos da minha vida. Eu conheci algumas pessoas realmente importantes – alguns atores, outros não – que me deram ótimos conselhos e realmente se importaram comigo”, lembrou Radcliffe. “Em última análise, foi apenas minha própria decisão. Acordei numa manhã dizendo: ‘Isso provavelmente não é bom'”, disse.

Mulher-Maravilha | Gal Gadot relembra o dia que conheceu Zack Snyder

Gal Gadot relembrou no seu Twitter o dia em que conheceu Zack Snyder. O cineasta postou na rede social Vero uma foto que tirou da atriz no dia em que se encontraram e a futura Mulher-Maravilha falou sobre o momento. Confira:

“Uau, essa imagem me leva lá para trás! O incrível Zack Snyder lembrou do primeiro dia que nos conhecemos. Ele acreditou que eu poderia ser uma heroína. Então eu me tornei a Mulher-Maravilha”.

Na imagem, Snyder escreveu: “Este é o primeiro dia que conheci Gal e está é a primeira foto que tirei dela. Ela não sabia na época, mas eu já tinha decidido que ela era minha Mulher-Maravilha”.

Mulher-Maravilha 1984 chegaria aos cinemas em novembro de 2019, mas foi adiado e agora estreia em junho de 2020.

‘Vingadores: Ultimato’ será o último filme de Gwyneth Paltrow na Marvel

Atriz ‘se aposentou’ da produtora norte-americana e afirma que participar de ‘Homem de Ferro’ foi uma ‘experiência maravilhosa’

Gwyneth Paltrow – Photoshoot for Frederique Constant 

Gwyneth Paltrow declarou à Variety nesta terça-feira, 19, que não faz mais parte da Marvel, o que quer dizer que seu último filme na produtora será Vingadores: Ultimato, previsto para estrear em 25 de abril deste ano no Brasil.

“Estou um pouco velha para estar em uma armadura [de heroína]. Eu me sinto sortuda em ter participado de Vingadores, porque fui convencida a fazê-lo”, disse a atriz de 46 anos.

Além disso, ela afirmou que foi uma “experiência maravilhosa” fazer o primeiro Homem de Ferro, de 2008, e que está disposta a voltar caso um dia precisem dela.

Hilary Swank precisa lidar com a doença da mãe em trailer de What They Had

Drama familiar ainda tem Michael Shannon e Blythe Danner no elenco
Mariana Canhisares

O longa também ganhou um pôster (via Deadline)

Tudo o Que Tivemos (What They Had), drama familiar estrelado por Hilary Swank e Michael Shannon, ganhou seu primeiro trailer legendado. A prévia mostra como dois irmãos lidam com o diagnóstico de Alzheimer da sua mãe.

Além de Swank e Shannon, o elenco conta com Blythe DannerRobert ForsterTaissa Farmiga e Josh LucasElizabeth Chomko assina o roteiro e dirige a produção.

O filme acompanha Bridget (Swank) que se vê tendo que voltar para casa depois que seu irmão (Shannon) pede ajuda para lidar não apenas com a doença da mãe, mas com a reação do seu pai, que não quer abrir mão de tê-la em sua vida. Assim, os irmãos precisarão tomar decisões difíceis.

Tudo o Que Tivemos estreia em maio no Brasil.