Categoria: Cultura

A Escolha Perfeita 3 | Filme com Anna Kendrick e Rebel Wilson ganha primeiro trailer

DDDZ3JUUIAAbxtWA Escolha Perfeita 3, filme que reúne novamente o grupo com Anna Kendrick e Rebel Wilson, ganhou seu primeiro trailer.

Na trama, depois de ganharem o campeonato e se formarem na universidade, as Bellas se veem no mundo real, onde não há muitas perspectivas de trabalho para quem faz música com a boca. Elas estão separadas, mas se unem mais uma vez quando surge a oportunidade de uma turnê mundial.

Elizabeth Banks está no elenco e a estreia no Brasil está marcada para 8 de março de 2018.

A saga Harry Potter completa 20 anos

jk rowling

J.K. Rowling, autora da saga ‘Harry Potter’ Foto: Carl Court/ AFP


Há 20 anos, em 26 de junho de 1997, a escritora britânica J.K. Rowling publicou o primeiro volume de Harry Potter, depois da rejeição de 10 editoras. Poucos livros podem ser comparados em termos de popularidade.

Ele se chamava Harry Potter e a Pedra Filosofal e foi seguido por mais seis livros, oito filmes, uma peça de teatro, parques temáticos, um percurso turístico na Escócia, uma exposição permanente em Londres e inúmeros objetos de marketing sobre o jovem bruxo.

A autora
Nascida em 31 de julho de 1965 em Chipping Sodhury, no oeste da Inglaterra, em uma família modesta, Joanne Kathleen Rowling estudou Francês na Universidade de Exeter.

Depois se mudou para Portugal para dar aulas de inglês e lá começou a escrever as aventuras de Harry Potter.

Em 1992, se casou com um português, teve a sua primeira filha, Jessica, e em 1995 se divorciou e retornou para o seu país para se instalar em Edimburgo, na Escócia, onde teve que recorrer a ajudas sociais para sobreviver. Acabou o livro e encontrou uma editora, a Bloomsbury, em agosto de 1996.

Eleita a melhor escritora britânica viva em 2006, J.K. Rowling tem uma fortuna estimada em 650 milhões de libras, segundo a lista dos mais ricos do Sunday Times.

Casou-se novamente em 2001 com um médico anestesista, Neil Murray, e teve um filho e uma filha, David e Mackenzie.

A história
Nascida em 1990 na imaginação da escritora durante uma viagem de trem entre Manchester e Londres, a saga narra as aventuras de um aprendiz de bruxo chamado Harry Potter e de seus amigos Rony Weasley e Hermione Granger na Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts, dirigida por Albus Dumbledore. O principal ponto da história gira em torno do combate entre Harry e Lord Voldemort, um bruxo das trevas que busca a imortalidade e que assassinou os pais do menino.

Sete livros
A autora publicou sete livros entre 1997 e 2007 e cada um deles se passa durante um ano escolar.

A história começa no verão de 1991, quando Harry Potter recebe a carta para entrar em Hogwarts.

Os livros são, por ordem de publicação: Harry Potter e a Pedra Filosofal, Harry Potter e a Câmara Secreta, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Harry Potter e o Cálice de Fogo, Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry Potter e o Enigma do Príncipe e Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Oito filmes
Embora existam sete livros, foram produzidos oitos filmes, já que o último livro foi dividido em duas partes. Os dois primeiros foram dirigidos por Chris Columbus, o terceiro por Alfonso Cuarón, o quarto por Mike Newell e os quatro últimos por David Yates.

Uma peça de teatro
“Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” é uma peça de teatro com dois atos, cada um com aproximadamente duas horas e meia, elaborados para serem vistos no mesmo dia. A história é centrada em um dos filhos de Harry.

Os números
Os sete volumes da saga foram traduzidos para 79 idiomas em 200 países e venderam um total de 450 milhões de exemplares desde o seu lançamento em 1997, segundo a editora britânica Bloombury.

A primeira edição do primeiro livro teve uma tiragem de 1.000 exemplares – convertidos hoje em tesouros para os colecionadores – e valeu a J.K. Rowling um contrato de 1.500 libras.

Segundo dados do site http://www.statisticbrain.com de setembro de 2016, os filmes faturaram 7,2 bilhões de dólares, os livros 7,7 bilhões e os produtos derivados 7,3 bilhões.

Estúdios, parques temáticos, circuitos
Os estúdios de Harry Potter em Leavesden, próximo a Londres, permitem descobrir os cenários e o universo dos filmes em uma exposição permanente. Aberta em 2012, a atração recebe 6.000 visitantes por ano. Existem também parques temáticos criados pela Universal Studios em Orlando, Hollywood e Osaka.

VisitScotland, uma empresa de turismo da Escócia, tem uma visita guiada de quatro dias 100% “potteriana”, de Edimburgo às Terras Altas, passando pelo Viaduto Glenfinnan.

Em Edimburgo, o café onde que Rowling escreveu parte do primeiro livro atrai milhares e milhares de fãs. Trata-se do The Elephant House, localizado na parte antiga da cidade. [AFP]

Bilheteria EUA: Transformers: O Último Cavaleiro, Carros 3, Mulher-Maravilha, 47 Meters Down, All Eyez on Me

transformers.jpgTransformers: O Último Cavaleiro fez sua estreia no topo da bilheteria americana. O longa chegou perto das projeções, arrecadando US$ 45,3 milhões no fim de semana, totalizando US$ 69 milhões com as pré-estreias.  Apesar disso, o filme é a menor abertura da franquia composta por cinco filmes. Apesar disso, o filme arrecadou US$ 196 milhões no mercado internacional, incluindo US$ 123 milhões na China.

No longa, Optimus Prime encontra seu planeta morto, Cybertron, e descobre que ele foi o responsável pela destruição. Para reconstruir o local, ele precisa encontrar um antigo artefato que está escondido na Terra. A estreia no Brasil está marcada para 20 de julho.

A animação Carros 3 ficou em segundo lugar, empatando a arrecadação com Mulher-Maravilha. A produção arrecadou US$ 25,175 milhões, somando US$ 99 milhões nos EUA.

O novo filme traz uma nova geração de corredores mais modernos, que surpreende Relâmpago McQueen. Ele se afasta das corridas e, para voltar com tudo, precisará da ajuda de Cruz Ramirez, uma jovem treinadora de corridas. Carros 3 chega no Brasil em 13 de julho.

Já o terceiro lugar ficou com Mulher-Maravilha, que também arrecadou US$ 25,175 milhões em sua quarta semana de exibição. O total no país já chega a US$ 318 milhões.

Em Mulher-Maravilha, acompanhamos a primeira aventura de Diana (Gal Gadot) fora da ilha de Temíscira. Junto com Steve Trevor (Chris Pine), a heroína da Liga da Justiça tenta encontrar e matar Ares, enquanto lida com o cenário tenebroso da 1ª Guerra Mundial.

O quarto lugar da semana nos EUA ficou com 47 Meters Down, terror de tubarões com Mandy Moore no elenco. Em sua segunda semana, o longa caiu apenas 33% e arrecadou US$ 7,4 milhões. Na trama do filme, duas irmãs estão de férias no México, quando ficam presas em uma gaiola de tubarões no fundo do oceano. Com menos de 1h de oxigênio e vários tubarões em volta, as duas precisam encontrar uma forma de sobreviver.

Fechando o top 5 da semana está All Eyez on Me, a cinebiografia do rapper Tupac Shakur. Com queda de 77%, a produção teve a bilheteria de US$ 5,8 milhões no fim de semana, já totalizando US$ 38 milhões.

O filme mostra a ascensão de Tupac (Demetrius Shipp Jr.), seu tempo na prisão e também a época controversa que passou na Death Row Records, gravadora fundada por Suge Knight e Dr. Dre, famosa pela disputa contra a Bad Boy Records de Notorious B.I.G. e Puff Daddy. Tupac Shakur morreu em 1996, aos 25 anos, em um tiroteio fruto dessa rivalidade. O longa, que pega emprestado o nome do quarto álbum de Tupac, teve licença para usar suas canções.

Protagonista ‘chata’ faz Netflix cancelar a série ‘Girlboss’

girlbossMais uma série acaba de ser cancelada pela Netflix: Girlboss.

Lançada em abril deste ano, a trama acompanhou a vida real de Sophia Amoruso, uma jovem empreendedora que construiu um império virtual com sua loja de roupas vintage.

O cancelamento se deu pelo fato de a personagem Sophia, interpretada pela atriz Britt Robertson, ser bastante criticada nas redes sociais. O público avaliou a garota como uma pessoa desagradável, problemática, mimada e histérica.

A verdadeira Sophia Amoruso não gostou da reação da crítica e do público, e logo foi ao Instagram para detonar quem a havia criticado.

“Por mais que eu esteja orgulhosa do trabalho que fiz, estou ansiosa para controlar minha própria narrativa daqui pra frente. Viver minha vida como uma caricatura foi difícil, mesmo que por apenas dois meses. Sim, eu posso ser uma pessoa difícil. Mas não, não sou uma idiota. Vai ser legal poder contar, um dia, a história real do que me aconteceu nos últimos anos”, disse.

Girlboss é a primeira comédia original cancelada pela Netflix. Só neste ano, a plataforma de streaming anunciou o fim de Sense8, The Get Down e Marco Polo.

Kirsten Dunst defende que ‘furor feminino precisa emergir’

kirsten cannes 2017.jpgAtriz, que está em ‘O Estranho Que Nós Amamos’, elogia diretora Sofia Coppola e a sutileza e equilíbrio do filme em relação ao original de 1971


Manohla Dargis, THE NEW YORK TIMES

CANNES  – Sentada na suíte Roman Polanski do Hotel Carlton desta cidade, Kirsten Dunst se esforçava para sorrir. Era quarta-feira e desde o dia anterior ela sofria as consequências de uma intoxicação alimentar. “Eu estava realmente mal, ontem”, garantiu. Ela estava bebericando muita água, enquanto se fortalecia para entrevistas sobre seu mais recente filme, The Beguiled (O Estranho Que Nós Amamos), suspense gótico que garantiu a Sofia Coppola o prêmio de melhor direção no Festival de Cannes, em maio

O festival teve 19 títulos na competição de longas, somente três de mulheres. Esse desequilíbrio de gênero é conhecido, embora não custe lembrar que, em 2012, não houve diretoras mulheres na competição principal. Mesmo assim, essa questão é tão frustrante em Cannes como no Oscar, razão pela qual, quando falei para Dunst sobre o sexismo da indústria, ela disse que estava farta de isso ser um problema. “Estou cansada desse assunto.” Para Dunst, que trabalhou com cineastas mulheres em toda sua carreira, a diretora e o elenco predominantemente feminino de O Estranho Que Nós Amamos são a maior declaração do filme. Ela acrescentou que há “uma subcorrente de furor feminino que precisa emergir”.

O Estranho Que Nós Amamos, previsto para estrear no Brasil em 10/8, é baseado no romance de 1966 de Thomas Cullinan, que Don Siegel transformou, em 1971, num veículo para Clint Eastwood brilhar. Ambientado em 1864, no Sul dos EUA, durante a Guerra Civil, ele acompanha um ianque ferido, o cabo McBurney, que entra cambaleante numa escola para moças e equivocadamente começa a se comportar como uma raposa no galinheiro. Coppola se aproxima do filme de Siegel em alguns aspectos, mas se torna cuidadosa onde ele se mostrava ofensivo e retira o calor e o sexismo da história, deixando-a mais cool. Colin Farrell faz John McBurney, enquanto Nicole Kidman (Martha) saracoteia por tudo como a diretora da escola. Durnst é Edwina, uma professora toda abotoada que logo se desabotoa.

Nascida em New Jersey, Kirsten Dunst, de 35 anos, fez sua estreia no cinema em Édipo Arrasado, de Woody Allen, um dos três episódios do filme Contos de Nova York (1989), que tem início em Lições de Vida, dirigido por Martin Scorsese. Sofia e seu pai, Francis Ford Coppola, escreveram o episódio A Vida Sem Zoe. Sofia Coppola e Kirsten Dunst se encontraram anos depois para fazer As Virgens Suicidas (1999) e Maria Antonieta (2006). Dunst lembrou que quando Coppola a chamou para fazer o longa, ela disse: “Quero que você faça a professora. Veja o filme e me diga o que acha”.

Dunst contou que só depois de ver o novo O Estranho Que Nós Amamos, com seu isolamento e sem excessos, ela percebeu que era um projeto perfeito de Coppola. Onde Siegel fora ruidoso e lúbrico, Coppola fora sutil, criando uma instabilidade que Kirsten Dunst descreveu como ‘purulenta’.

No contexto de tanta invisibilidade e sofrimento femininos, Coppola e suas mulheres foram um bem-vindo alívio. / TRADUÇÃO DE CELSO PACIORNIK

Mulher-Maravilha deve se tornar a maior bilheteria do Universo Cinematográfico da DC nos EUA

wonder womanSegundo projeções da Forbes, Mulher-Maravilha deve se tornar a maior bilheteria do Universo Cinematográfico da DC nos EUA. O site afirma que o longa, atualmente com US$ 293 milhões arrecadados no país, vai ultrapassar os US$ 300 milhões neste fim de semana e deve fechar a bilheteria local em torno de US$ 350.

Se os números se confirmarem, a produção vai ultrapassar as arrecadações americanas de Homem de Aço (US$ 291 milhões), Batman vs Superman – A Origem da Justiça (US$ 330 milhões) e Esquadrão Suicida (US$ 325 milhões).

Mulher-Maravilha continua em cartaz no Brasil. A heroína também estará em Liga da Justiça, que chega aos cinemas em novembro. [Camila Sousa]

Jessica Jones e Trish Walker aparecem juntas nas novas fotos de bastidores da 2ª temporada

6b7c5633ly1fgvb98b1vzj20hq0sgq82.jpgA segunda temporada de Jessica Jones teve algumas novas imagens de bastidores divulgadas no Twitter que mostram a detetive (Krysten Ritter) e Trish Walker (Rachael Taylor) juntas.

Por enquanto não há confirmação sobre a trama do novo ano, ou data de estreia. Até o momento foram divulgadas apenas as descrições de quatro novos personagens – leia aqui.

A personagem retorna à Netflix em 18 de agosto em Os Defensores – confira aqui o trailer completo.

Netflix é acusada de tratar anorexia de forma irresponsável em novo filme, ‘To the Bone’, estrelado por Lily Collins

to theA magreza excessiva de Ellie Collins é um dos principais pontos criticados por especialistas


Polêmica parece ser a palavra de ordem entre os produtores da Netflix. A empresa de streaming divulgou o trailer de To the Bone, seu próximo filme, e já atrai muitas críticas sobre o modo como aborda a questão da anorexia.

Muitos especialistas e pessoas que já passaram pela situação usaram as redes sociais para criticar o modo como o distúrbio é tratado no trailer divulgado na última terça-feira, 20.

A produção estreará no próximo dia 14 de julho. A atriz Ellie Collins interpreta uma garota que sofre de anorexia e acaba sendo internada em um centro de recuperação por conta do agravamento do seu quadro de saúde.

O principal ponto que vem recebendo críticas é a magreza excessiva da personagem interpretada por Collins. A Associação Nacional de Distúrbios Alimentares dos Estados Unidos (NEDA) é contra a exibição de pessoas “perigosamente magras” na mídia por conta do impacto negativo que podem ter em  pessoas que passam ou já passaram por algum distúrbio alimentar.

“As imagens, para quem sofre de distúrbios alimentares ou corre risco de sofrer, podem despertar todo tipo de pensamentos nocivos contra o próprio corpo”, argumentou Claire Mysko, Diretora Executiva da NEDA, ao portal Mashable.

Escritora e diretora da série, Marti Noxon alegou que a intenção do filme é falar de um assunto geralmente ignorado e que entende a importância de se retratar responsavelmente o tema.

“Não pretendemos glamourizar os distúrbios alimentares, mas sim servir de pontapé inicial para o debate sobre um assunto que é geralmente censurado e coberto por noções equivocadas”, disse Marti.

HAIM lança clipe em plano-sequência para “Want You Back”

O HAIM divulgou nesta quinta-feira (22) o clipe inédito para a faixa “Want You Back”. O novo vídeo foi dirigido por Adam Newport-Berra e gravado em plano-sequência na Ventura Boulevard, em Los Angeles.

Something to Tell You, o novo projeto das meninas, será disponibilizado no dia 7 de julho e marca o retorno do trio com material inédito após 4 anos. Veja abaixo a tracklist.

01 Want You Back
02 Nothing’s Wrong
03 Little of Your Love
04 Ready For You
05 Something To Tell You
06 You Never Knew
07 Kept Me Crying
08 Found It In Silence
09 Walking Away
10 Right Now
11 Night So Long

Anteriormente o grupo já havia disponibilizado as faixas “Little of Your Love” e “Right Now”.

CINEMA | Estreias da Semana: O Círculo, Ao Cair da Noite, Meus 15 Anos, Frantz, Bruxarias, Mulher do Pai, Divinas Divas, A Garota Ocidental

CapaEstrias22junhoConfira agora os filmes que chegam às telas em 22 de junho
O Círculo
Uma jovem consegue o emprego de seus sonhos em uma poderosa empresa de tecnologia chamada O Círculo, e acaba descobrindo uma ferramenta que afetará a vida de toda a humanidade.

Suspense, Ficção Científica – (The Circle) EUA, 2016. Direção: James Ponsoldt. Elenco: Emma Watson, Tom Hanks, John Boyega. Duração: 141 min. Classificação: 12 anos.

Ao Cair da Noite
Presos em casa enquanto uma ameaça sobrenatural aterroriza o mundo, um homem e sua família tem sua rotina abalada quando jovens chegam pedindo refúgio.

Terror – (It Comes at Night) EUA, 2017. Direção: Trey Edward Shults. Elenco: Joel Edgerton, Christopher Abbott, Carmen Ejogo. Duração: 97 min. Classificação: 14 anos.

Meus 15 Anos
Bia é uma jovem de 14 anos que vive com seu pai, Edu, e tem um único amigo para apoiá-la, Bruno. Juntos, os amigos têm uma parceria que ultrapassa os muros da escola: a música. Sem outras amizades e se sentindo fora das panelinhas do colégio, Bia  se vê desestabilizada quando descobre que ganhou uma festa de debutante e terá que convidar um significativo número de pessoas para o evento.

Comédia – Brasil, 2016. Direção: Caroline Fioratti. Elenco: Larissa Manoela, Rafael Infante, Daniel Botelho. Duração: 103 min. Classificação: 10 anos.

Frantz
Anna todos os dias aparece para visitar e rezar sobre o túmulo de seu noivo Frantz, que morreu na França. Um dia, Adrien, um jovem francês e misterioso, também aparece por lá e sua presença irá provocar reações imprevisíveis.

Drama (Frantz) França, Alemanha, 2016. Direção: François Ozon. Elenco: Paula Beer, Pierre Niney, Marie Gruber. Duração: 117 min. Classificação: a definir.

Mulher do Pai
A adolescente Nalu precisa cuidar do pai cego, após a morte da avó que os criou como irmãos. Quando Ruben percebe o amadurecimento da filha, surge uma desconcertante intimidade entre eles. Mas, com a chegada de Rosário, o ciúme ganhará espaço na vida de ambos.

Drama – (Mulher do Pai) Brasil, Uruguai, 2016. Direção: Cristiane Oliveira. Elenco: Maria Galant, Verónica Perrotta, Amélia Bittencourt. Duração: 94 min. Classificação: 14 anos.

Divinas Divas
Documentário aborda a primeira geração de artistas travestis do Brasil. Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujica de Holliday, Eloína, Marquesa e Brigitte de Búzios formaram, na década de 1970, o grupo que testemunhou o auge de uma Cinelândia 02 repleta de cinemas e teatros. O filme irá acompanhar o reencontro das artistas para a a montagem de um espetáculo, trazendo para a cena as histórias e memórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época.

Documentário – Brasil, 2016. Direção: Leandra Leal. Elenco: Brigitte Buzios, Jane di Castro, Fujica de Holliday. Duração: 110 min. Classificação: 14 anos.

Na Vertical
Léo vaga sem rumo pelo interior da França. Um dia, encontra a filha de um pastor de ovelhas, Marie, que deseja uma dia deixar a fazenda do pai. Não demora muito até eles se interessem sexualmente um pelo outro. Por mais que esteja sempre com ela, de tempos em tempos Léo realiza misteriosas viagens, dedicadas a escrever um roteiro e também a rondar um jovem que mora por perto.

Drama – (Rester Vertical) França, 2016. Direção: Alain Guiraudie. Elenco: Damien Bonnard, India Hair, Raphaël Thierry. Duração: 100 min. Classificação: 18 anos.

Bruxarias
Malva é uma menina de 10 anos, que leva uma vida tranquila com sua avó e seu bichinho de estimação Lalila, em uma caravana de vendas de produtos medicinais. As fórmulas destes produtos são um segredo ancestral guardado por sua família. O sucesso desperta o interesse de Rufa, o malvado dono de uma fábrica de cosméticos, que decide raptar a vovó da garota para descobrir os ingredientes secretos que ela utiliza em sua produção.

Animação – (Brujerias) Espanha, 2017. Direção: Virgínia Curiá. Duração: 80 min. Classificação: Livre.

A Garota Ocidental – Entre o Coração e a Tradição
Zahira é uma jovem paquistanesa que vive na França. Acostumada ao estilo de vida ocidental, a garota entra em conflito com os costumes familiares, quando seus pais apresentam 3 desconhecidos e exigem que ela escolha um marido.

Drama – (Noces) Bélgica, França, Luxemburgo, Paquistão, 2016. Direção: Stephan Streker. Elenco: Lina El Arabi, Sébastien Houbani, Babak Karimi . Duração: 98 min. Classificação: 14 anos.

Dangal
O ex-lutador indiano Mahavir Singh Phogat e suas duas filhas lutam para a glória nos Jogos da Commonwealth, enfrentando também a opressão social.

Ação – (Dangal) Índia, 2017. Direção: Nitesh Tiwari. Elenco: Aamir Khan, Sakshi Tanwar, Sanya Malhotra. Duração: 161 min. Classificação: a definir.