Bilheteria EUA: Fragmentado, O Chamado 3, Quatro Vidas de Um Cachorro, Estrelas Além do Tempo, La La Land

split.jpgFragmentado (Split), novo longa de M. Night Shyamalan (O Sexto Sentido, Sinais, A Visita) segue no topo das bilheterias dos EUA pela terceira semana seguida. O longa dessa vez arrecadou US$ 14,6 milhões e bateu a sua maior concorrência que era o terror O Chamado 3. No total, o suspense tem quase US$ 100 milhões.

No longa, seguimos um homem chamado Kevin, interpretado por James McAvoy (X-Men: Apocalipse) que tem impressionantes 24 personalidades. No filme, Kevin já compartilhou 23 destas personalidades com sua terapeuta, vivida no filme por Betty Bucley (Oz) mas que tem uma 24ª e ela é extramemente perigosa, ao ponto que convence ele a sequestrar três adolescentes e mantê-las no seu porão. As meninas, então, lutam para sobreviver.

O filme estreia em 23 de março no Brasil.

O Chamado 3 ficou em segundo lugar e levou cerca de US$ 13 milhões na estreia. Este é o terceiro filme da franquia O Chamado, que tem como vilã e protagonista a menina Samara. Agora, a trama será centrada no casal Holt (Alex Roe) e Julia (Matilda Lutz) e sua relação com a famosa fita de vídeo. Aviva GoldsmanDavid Loucka e Jacon Aaron Estes escrevem o roteiro dirigido por  F. Javier Gutiérrez (Tres Días). Chamados estreia em 2 de fevereiro no Brasil.

A terceira colocação ficou com Quatro Vidas de Um Cachorro que arrecadou U$S 10,8 milhões. Alvo de polêmica sobre maltratos aos cães que estavam na filmagem, o longa foi inocentado recentemente por uma insituição que defende os animais.

O longa acompanha as quatro vidas de Bailey (voz de Josh Gad) e sua busca pela razão de continuar voltando à Terra quando seu tempo nela acaba. Britt Robertson (O Maior Amor do Mundo), Josh Gad (Pixels), Dennis Quaid (Vegas), Peggy Lipton (Crash), Juliet Rylance (The Knick) e Logan Miller (Como Sobreviver a um Ataque Zumbi) também estão no elenco. O filme estreou nos cinemas brasileiros no último dia 26.

Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures) ficou em quarto lugarForam mais US$ 10,4 milhões arrecadados no fim de semana.

O longa adapta o livro Estrelas Além do Tempo e conta a história de Katherine Johnson (Taraji P. Henson), uma matemática que, junto com suas amigas, foram o cérebro por trás de uma das maiores operações dos EUA – o lançamento do astronauta John Glenn em órbita e seu retorno em segurança. Octavia Spencer e Janelle Monáe completam o elenco principal, que tem ainda Kirsten DunstKevin Costner e Jim Parsons.

O filme já está em cartaz no Brasil.

La La Land – Cantando Estações fecha o top 5 arrecadando US$ 7,45 milhões e chegando a um total de US$ 118 milhões nas bilheterias.

O longa explora uma versão contemporânea do sonho de fazer sucesso em Los Angeles. Focando no romance entre uma aspirante à atriz (Emma Stone) e um pianista (Ryan Gosling), a ideia é passar uma noção mais real de quem são as pessoas que vão à cidade para tentar dar certo no showbusiness. J.K. Simmons, Jessica Rothe, Sonoya Mizuno e Callie Hernandez completam o elenco. Damien Chazelle, de Whiplash: Em Busca da Perfeição, é o diretor. O lançamento no Brasil foi no último 19 de janeiro.

Anúncios

George Clooney será homenageado na 42ª edição do César, principal premiação do cinema francês

george-clooney2-1461176115-galleryParis, 2 fev (EFE).- O ator, diretor e produtor americano George Clooney receberá o prêmio honorário da 42ª edição do César, principal premiação do cinema francês, em uma festa que será realizada no próximo dia 24 de fevereiro, informou nesta quinta-feira a Academia Francesa de Cinema.

Clooney, “o ator mais carismático de sua geração”, encarna “esse glamour de Hollywood característico das grandes estrelas do cinema. Seu encantamento, seu senso de humor, sua personalidade e seu compromisso” geram “nossa admiração perpétua e eterna”, destacou a Academia Francesa em comunicado.

Os representantes do prêmio do cinema francês disseram entregar-lhe essa distinção “em homenagem a seu talento deslumbrante como ator, diretor, roteirista e produtor”, e por sua “generosidade tanto artística como espiritual”.

Clooney já tem em sua prateleira o Oscar de melhor ator coadjuvante por “Syriana” em 2006 e o Oscar de melhor filme, como produtor, por “Argo” em 2013.

No ano passado Michael Douglas foi reconhecido com o César honorário, um prêmio com o qual sucedeu outros três intérpretes americanos: Sean Penn em 2015, Scarlett Johansson em 2014 e Kevin Costner em 2013.

CINEMA | Estreias da Semana: Jackie, Estrelas Além do Tempo, A Qualquer Custo, O Chamado 3, Quase 18, The Beatles: Eight Days a Week – The Touring Years

Confira agora os filmes que chegam às telas em 02 de fevereiro
Jackie
Cinebiografia sobre os primeiros quatro dias na vida da primeira-dama após o assassinado do marido John. F. Kennedy.

Drama, Biografia – (Jackie) EUA, 2016. Direção: Pablo Larraín. Elenco: Natalie Portman, Peter Sarsgaard, Greta Gerwig. Duração: 99 min. Classificação: 14 anos.

Estrelas Além do Tempo
A história do grupo de mulheres afro-americanas da NASA que foram parte fundamental para a trajetória dos Estados Unidos na corrida espacial.

Drama, Biografia – (Hidden Figurese) EUA, 2016. Direção: Theodore Melfi. Elenco: Taraji P. Henson, Octavia Spencer, Janelle Monáe. Duração: 127 min. Classificação: Livre.

A Qualquer Custo
O filme conta a história de dois irmãos: Toby é um homem que segue as regras e, depois de ter se divorciado, tenta dar uma vida melhor para o filho. Já Tanner é um ex-presidiário com personalidade forte. Juntos eles planejam um roubo a um banco local, para conseguir recuperar o futuro que foi tirado deles.

Drama, Crime – (Hell or High Water) EUA, 2017. Direção: David Mackenzie. Elenco: Ben Foster, Chris Pine, Jeff Bridges. Duração: 103 min. Classificação: 14 anos.

O Chamado 3
A trama será centrada no casal Holt e Julia e sua relação com a famosa fita de vídeo.
Drama, Terror – (Rings) EUA, 2016. Direção: F. Javier Gutiérrez. Elenco: Aimee Teegarden, Johnny Galecki, Lizzie Brocheré. Duração: 124 min. Classificação: 14 anos.

Quase 18
A vida de adolescente de Nadine fica mais complicada quando sua melhor amiga, Krista, começa a namorar seu irmão mais velho.

Comédia dramática – (The Edge of Seventeen) EUA, 2016. Direção: Kelly Fremon. Elenco: Hailee Steinfeld, Kyra Sedgwick, Woody Harrelson. Duração: 100 min. Classificação: 14 anos.

Armas na Mesa
Uma estrategista política de sucesso expõe o mundo de lobistas da capital dos EUA, dos dois lados do debate sobre controle de armas.

Drama – (Miss Sloane) EUA, 2016. Direção: John Madden. Elenco: Jessica Chastain, Gugu Mbatha-Raw, Mark Strong. Duração: 132 min. Classificação: 14 anos.

TOC – Transtornada, Obsessiva, Compulsiva
Kika K é uma atriz que está em novelas, campanhas publicitárias e é idolatrada por milhões de fãs. Mas por trás das aparências, está em crise com sua vida pessoal e profissional, enquanto precisa lidar com as limitações de seu Transtorno Obsessivo Compulsivo.

Comédia – Brasil, 2017. Direção: Teo Poppovic, Paulinho Caruso. Elenco: Tatá Werneck, Bruno Gagliasso, Vera Holtz. Duração: 96 min. Classificação: 14 anos.

Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois
Um pai muito doente revê a filha. Ressentimentos são postos à mesa. A memória dos mortos, depertada por objetos, sombras e senhos, afeta Clarisse neste cenário de beleza e agonia. Seu marido e os negócios a esperam na cidade.

Drama – Brasil, 2017. Direção: Petrus Cariry. Elenco: Everaldo Pontes, Veronica Cavalcanti, Sabrina Greve. Duração: 80 min. Classificação: 16 anos.

Más Notícias Para o Sr. Mars
Philippe Mars é um homem sensato que está tentando ser um bom pai, um adorável ex-marido, um bom colega e um compreensível irmão. Enquanto isso, sente-se fora do controle por ter que lidar com sua família agindo de forma peculiar.

Comédia – (Des nouvelles de la planète Mars) França, Bélgica, 2016. Direção: Dominik Moll. Elenco: François Damiens, Vincent Macaigne, Veerle Baetens. Duração: 101 min. Classificação: 12 anos.

The Beatles: Eight Days a Week – The Touring Years
Um relato profundo da carreira da banda durante o anos de 1962 e 1966,desde suas apresentações no Cavern Club até o último show num terraço em São Francisco. Cenas inéditas, entrevistas e imagens de arquivo da turnê que passou por mais de 90 cidades ao redor do mundo.

Documentário – (The Beatles: Eight Days a Week – The Touring Years) EUA, 2016. Direção: Ron Howard. Elenco: Paul McCartney, Ringo Starr, Sigourney Weaver. Duração: 137 min. Classificação: 12 anos.

A Espera
Duas mulheres estão isoladas em uma casa na Sicília, Itália, enquanto esperam por José. Anna é mãe dele e Jeanne a namorada, e nesse período as duas desenvolvem uma relação misteriosa conforme se conhecem.

Drama – (L’attesa) França, Itália, 2016. Direção: Piero Messina. Elenco: Juliette Binoche, Giorgio Colangeli, Domenico Diele. Duração: 100 min. Classificação: 14 anos.

Humans: novo vídeo mostra os bastidores da segunda temporada

humans.jpgA segunda temporada de Humans ganhou um novo vídeo pela emissora AMC que mostra os bastidores dos capítulos inéditos.

Humans, baseada no programa sueco Real Humans, é ambientada em um presente fictício em que toda família moderna quer ter um Synth – um robô altamente tecnológico com funções de uma empregada doméstica e idêntico a um ser humano real. Na esperança de tentar melhorar suas vidas, uma família estressada de classe média compra um Synth e descobre que conviver com uma máquina tem consequência que não são tão tranquilizantes como as prometidas.

A nova temporada de Humans estreia em 13 de fevereiro nos Estados Unidos.

Blondie recruta Sia e Johnny Marr para próximo disco; ouça o primeiro single “Fun”

blondie-funNesta quarta-feira, 1º, o Blondie divulgou “Fun”, primeiro single do próximo disco da carreira. Intitulado Pollinator, o álbum dará sequência a Ghosts of Download, lançado em 2014. Para o 11º LP, que sairá no dia 5 de maio, o sexteto capitaneado por Debbie Harry contou com colaborações de gente como Johnny Marr e Sia.

Além do ex-guitarrista do The Smiths e da cantora pop, também tocaram na produção os músicos Dave Sitek (TV on the Radio), Charli XCX, Laurie Anderson, Devonté Hynes (Blood Orange), Joan Jett e o guitarrista do Strokes, Nick Valensi. Pollinator foi produzido pelo veterano do indie rock John Congleton.

Coescrito por Sitek, “Fun” dá uma roupagem moderna ao característico disco-funk sacolejado que consagrou o grupo na década de 1980. “Nós levamos a diversão muito a sério”, disse Harry em um comunicado sobre o álbum. Chris Stein, guitarrista da banda, acrescentou: “Citando Emma Goldman: ‘se eu não puder dançar, então não quero fazer parte de uma revolução’. Nesses tempos sombrios, tudo o que a gente precisa é se divertir um pouco.”

Ouça abaixo “Fun”, primeiro single de Pollinator.

Tracklist de Pollinator
1 – “Doom or Destiny”
2 – “Long Time”
3 – “Already Naked”
4 – “Fun”
5 – “My Monster”
6 – “Best Day Ever”
7 – “Gravity”
8 – “When I Gave Up On You”
9 – “Love Level”
10 – “Too Much”
11 – “Fragments”

Estudo em Hollywood: 80% das diretoras fazem apenas um filme em 10 anos

ava-duvernay-551x455.pngAva Duvernay é exceção à regra e dirigiu cinco longas nos últimos dez anos como “Selma” e “13ª Emenda”.

A presença de mulheres no cinema vem crescendo, evidentemente, mas um estudo feito em Hollywood mostrou que elas ainda têm muita dificuldade em se firmar.

A pesquisa mostra que 80% delas fizeram apenas um filme entre 2007 e 2016. Ou seja, é um filme na carreira e é isso. Esse número sobre para 83,3% quando se trata de mulheres não-brancas.

Apenas 54,8% dos homens dirigiram apenas um filme durante esse período. No cado de diretores asiáticos e negros, o número sobe para 60% e 62,5%, respectivamente.

“Se você está tentando alimentar uma família ou fazer seu caminho em Hollywood, ter uma oportunidade de uma década é impraticável”, disse a Dr. Katherine Pieper, coordenadora do estudo, ao Hollywood Reporter.

Outro ponto que chama a atenção é a idade. As mulheres que trabalharam nos últimos 10 anos tinham entre 30 e 60 anos. Já entre os homens a idade ganha muito mais flexibilidade. Oito homens de 20 e poucos e seis octogenários lançaram pelo menos um filme durante esse período.

Nova heroína da Marvel é latina, negra, gay e inspirada em Beyoncé

america.jpgNova heroína da Marvel, America Chavez. Foto: Reprodução/Twitter

Seguindo a tendência da diversidade nos personagens das histórias em quadrinhos, a Marvel divulgou sua nova heroína, America Chavez. Negra, latina, gay e inspirada em Beyoncé,  a personagem vai aparecer na segunda edição do quadrinho America.

O responsável pela criação foi Joe Quinones, e foi ele mesmo quem divulgou a capa da HQ via Twitter. No tuíte, ele anunciou a novidade junto a um trecho da música Formation, de Beyoncé – a personagem usa chapéu e colares parecidos com o da cantora.

Em entrevista ao site Mic, Alex Alonso, editor-chefe da Marvel, contou um pouco da história da nova heroína: “Em ‘América’, a jovem vingadora se mantém firme contra uma trupe alienígena que se aproxima, ao mesmo tempo em que gerencia sua vida social e tenta participar de várias aulas em outros mundos.”. Em 2015, a Marvel anunciou um grupo de Vingadoras mulheres, a A-Force,

Nos últimos anos, a Marvel têm investido em personagens que tocam no ponto da diversidade. Kamala Khan, por exemplo, que apareceu nos quadrinhos pela primeira vez em 2013, é muçulmana e tem descendência paquistanesa – é a primeira protagonista dessa religão nos quadrinhos da empresa.