Novo morador muda toda a decoração para se sentir em casa

O jovem morador quis que o apartamento fosse radicalmente transformado

1512665971431.jpgO morador solicitou que todo o apartamento fosse modificado, e ,como resultado, o local espelha o seu estilo. Acima, a sala com mesa com seis cadeiras de estilos diferentes Foto: Daniel Lee/Electromacore


Apagar qualquer traço do que aquele lugar havia sido até então. Foi esse o desafio do arquiteto Ariel Bery, da MNBR Arquitetos, encarregado por um publicitário de 30 anos de dar uma feição completamente nova a um apartamento de 90 m², no Itaim Bibi, que conservava muitas marcas de seus antigos moradores.

Além disso, com mais de 50 anos de construção, o imóvel, com ambientes totalmente compartimentados e pouco iluminados, nunca havia passado por uma reforma estrutural, o que ficou latente logo no início das obras. “A infraestrutura estava muito danificada. Fomos caminhando conforme o apartamento ia se ‘revelando’”, brinca o arquiteto.

Apesar de espaçoso para um único morador, o excesso de divisórias era tudo aquilo que o dono simplesmente não desejava. “A ideia foi mudar totalmente. O morador queria integrar a cozinha com a sala, entretanto outro desafio se impunha: uma viga entre os dois ambientes que impedia a integração”, conta Bery.

1512665971520.jpgPara contornar a dificuldade com a viga encontrada, o arquiteto resolveu criar um móvel vazado para dar sensação de profundidade e integração com a cozinha Foto: Daniel Lee/Electromacore


Para contornar o problema, a equipe teve a ideia de abrir uma passagem embaixo da viga e criar um móvel vazado que não só possibilitasse a visualização da cozinha, mas, ao mesmo tempo, oferecesse espaço suficiente para o morador expor os muitos objetos que ele costuma trazer de suas viagens.

Uma vez definidas as mudanças estruturais, o projeto de interiores priorizou uma abordagem minimalista. Na sala, por exemplo, cada peça foi vista como se fosse única. A mesa conta com seis cadeiras diferentes, com apenas uma conexão: a cor preta, usada para criar contraste com a madeira clara do tampo. Contraposição também levada em conta na escolha do móvel principal, de ferro preto.

A iluminação recebeu atenção redobrada. No lugar das janelas pequenas que existiam, foi colocada uma maior, com quatro trilhos para aumentar o vão da abertura. “Aproveitamos a vista que o prédio proporciona. Já a luz artificial acompanha o minimalismo da decoração. Utilizamos luminárias embutidas. É como se houvesse um só ponto de luz no teto”, diz.

1512665940828.jpgCom a troca das janelas, a iluminação natural pode se espalhar melhor por toda a sala Foto: Daniel Lee/Electromacore


A suíte, por sua vez, ganhou um novo armário com o deslocamento da divisão então existente entre ela e o outro quarto. “Nosso cliente gosta muito de pintar e, portanto, resolveu usar o outro quarto como ateliê”.

Um enfoque mais brutalista se revelou nas demais áreas: o banheiro, por exemplo, foi remodelado com porcelanato que imita pedra, tanto no toque quanto na aparência. Já na cozinha, o piso de cimento queimado avança até a parede da sala. “Esse revestimento aumenta a sensação de que tudo está integrado, reforçando a ideia original”, lembra o arquiteto.

Por onde quer que se olhe, porém, existe sempre uma referência à arte ou ao design. Do banheiro à sala, passando pela cozinha. “Utilizamos algumas peças que ele já tinha, mas também acrescentamos outras, revelando essa nova fase na vida do morador.” [Marcelo Hermsdorf]

Anúncios

Décor do dia: banheiro com parede tricolor em tons pastel

Rosa, verde e azul em nuances claras marcam ambiente vintage
Por Amanda Sequin I Foto Carola Ripamonti/ Divulgação

Sem títuloCom perfume vintage e muita suavidade! Este banheiro decorado num apartamento alugado cuja reforma é assinada por Andrea Marcante and Adelaide Testa, do escritório Marcante-Testa, mostra como uma paleta de cores candy pode ganhar impacto ao ser usada de um jeito criativo. Aqui, a dupla misturou um rosa puxado para o pêssego, verde e azul bem claros para dar forma à uma parede tricolor, mas os metais e luminárias pretos e uma cuba cor de pérola trouxeram um ar mais sóbrio e atual para o ambiente. Detalhe para o pequeno quadro: ele traz as mesmas tonalidades utilizadas, dando um arremate final delicado.

Décor do dia: visual dark e intimista no quarto

Paredes e até o teto foram pintados com cores escuras
Por Amanda Sequin I Fotos Divulgação

232800252_640Quando se opta por usar cores escuras na decoração, assumir a ousadia de vez é fundamental. Não à toa que no hotel La Maison Champs Élysées, os quartos adotam tons de preto e azul marinho de cima a baixo, nas paredes, no teto e também no piso – e o resultado é impactante e ao mesmo tempo introspectivo!

Para conquistar esse clima acolhedor, a arquiteta Danièle Damon e os designers do estilista Martin Margiela, que assina a direção artística do hotel, usaram alguns truques. Apostar na madeira para revestir o piso foi um deles – o material aquece a decoração sem sair da paleta. A roupa de cama em azul também foi fundamental nesse processo, já que trouxe um tom mais claro para o conjunto. Toques de ouro velho nas luminárias e também a iluminação natural destacaram e deram mais brilho às texturas. Ousado, mas na medida!

Décor do dia: madeira e tons terrosos marcam quarto minimalista

Elementos que remetem à natureza e texturas agradáveis ao toque dão personalidade ao espaço
Por Amanda Sequin I Fotos Jonas Poulsen/ Divulgação

Sem títuloOcre, nude, marrom avermelhado… os tons terrosos, tendência na decoração, dominam neste apartamento projetado por Marcio Kogan e sua equipe do studio mk27. Cada canto usa a madeira com elegância e minimalismo – e no quarto não poderia ser diferente! No ambiente, um painel de madeira longilíneo feito sob medida faz as vezes de cabeceira e criado-mudo, cedendo espaço para pequenos objetos e um quadro com cocar indígena.

Há, ainda, outros elementos que, junto às tonalidades, reforçam essa ideia da natureza e do trabalho manual: caso do pequeno banco revestido por corda e com pés dourados, das almofadas boho, e do tapete listrado. Na roupa de cama, uma colcha verde-escura arremata o visual sofisticado.

Décor do dia: quarto infantil com estampas amarelas

Tons vibrantes e desenhos criam atmosfera lúdica
Por Michell Lott I Foto Reprodução

bf1746d99fa7984e3ec686e641fa3da5Neste quarto infantil criado pela fotógrafa Gray Benko para sua filha, o amarelo predominante surge com suavidade na forma de estampas: na parede, são limões que surgem em uma padronagem orgânica e fresca. Na cama, um xadrez grande e aberto evoca atmosfera retrô ao ser combinado com a cama azul clara com pendentes coral. Para finalizar com muita personalidade, almofadas divertidas e desenhos da dona do quarto enquadrados na parede. Lindo demais!

Décor do dia: sala de jantar com poltronas rosa e detalhes dourados

Jayme Hayon assina decoração de hotel na Espanha
Por MIchell Lott I Fotos Divulgação

magazine14957779176217.jpgUma boa dose de dourado, outra de ousadia cromática e, para finalizar, linhas curvas inconfundíveis: nesta sala de estar, parte do hotel Barceló Torre de Madrid, a assinatura do espanhol Jaime Hayon traz um clima que é sofisticado, lúdico e retrô ao mesmo tempo.  Para completar essa atmosfera bold, paredes, teto e cortinas surjem em um tom dessaturado de verde. Impecável!

Décor do dia: sala de jantar sóbria e poderosa

Clássico do design se alia a painel de madeira em mix tropical
Por Michell Lott I Foto Raphael Briest

2264Nesta sala de jantar criada por Claudia Vialle Caramori em uma casa de Santa Catarina, a sofisticação e sobriedade reinam sem abrir mão da ousadia. Enquanto ao redor da mesa surgem as icônicas poltronas de Platner, a parede é recoberta por um poderoso painel de madeira – tudo em tons neutros. Para dar o toque final, folhagens em vidros transparentes. Chic.