Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamento

Soluções criativas para acolher em 250 m² uma família que morava em uma cobertura de 500 m²
Por Marley Galvão I Fotos Rafael Renzo/ Divulgação

Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)Como transformar um apartamento de 250 m² em um de 500 m²? A questão vai além da metragem: era preciso acomodar confortavelmente a família que acabara de sair de um lar em que o espaço era o dobro.

Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)

Óbvio que não se trata de um imóvel pequeno, mas o volume de pertences dos moradores e o estilo de vida exigiam criatividade no uso dos espaços. E a arquiteta Samia Sarayedine Testa cumpriu a missão: “Você conseguiu! Estamos muito felizes”, disse a dona da casa ao receber o projeto concluído, especialmente ao notar que todos os seus equipamentos de cozinha foram acomodados perfeitamente.

Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)

“Os clientes não queriam perder as varandas e o verde que tinham na casa anterior. Para isso, foi feita uma grande reforma a fim de integrar todo os ambientes sociais”, diz Samia. E o pé-direito de 5,20 m estava na medida certa para abrigar o décor recheado de peças de design assinado e de grifes de peso.

Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)

Entre os destaques, o pendente Toy da Puntoluce sobre a mesa de jantar oval Saarinem. “Instalei esse pendente sem as canoplas, os fios saem direto do forro de gesso, instalado um a um em um desenho criado por mim”, explica a arquiteta, que adota o conceito de único, feito sob medida e à mão para cada cliente.

Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)

Na adega, que recebeu uma senhora coleção de vinhos, uma poltrona Ariana do designer Ronald Sasson complementa o tom elegante. No living, estão itens assinados por Jaqueline Terpins para a Dpot Objeto e o tapete de fibra sintética da Vitrine é resistente à água justamente pensado para que os dois cachorros se sentissem em casa.

Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)

Mescla de tons beges acinzentados e azulados no living se firmam na área de convívio, mas no quarto do filho há uma explosão de cores… branco, azul, turquesa, cinza… Na varanda home, os tons vibrantes se impõem, criando o ambiente ideal para horas descompromissadas.

Laca, madeira, laminados, espelhos, vidros refletentes, tudo foi inserido de forma detalhada no projeto concebido sob medida. “A proposta é viver bem com o feito à mão, o único e exclusivo e a tecnologia em harmonia”, diz Samia. Uma casa de verdade para ser vivida por todos.

Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)
Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)
Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)
Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)
Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)
Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)
Décor feito à mão: conceito imprime originalidade ao apartamentoTítulo da matéria (Foto: Rafael Renzo/ divulgação)
LEIA MAIS
Anúncios

Desejo imediato: Tiffany lança coleção de décor e artigos para casa

Linha conta com jogos de jantar, cadernos e outros itens para o dia a dia

Coleção de artigos para casa e dia a dia da Tiffany (Foto: Divulgação)Coleção de artigos para casa e dia a dia da Tiffany (Foto: Divulgação)


Quem resiste ao azul Tiffany que é marca registrada da joalheria americana? Agora, os fãs da grife poderão levar a cor para casa com uma nova linha sofisticada de decoração e artigos para o lar criada pela Tiffany & Co. Tudo segue a paleta caracterísca da marca, com o tom típico da caixinha de joias em produtos feitos couro, louça e prata.

A coleção conta com uma seleção de peças que inclui copos (inclusive de papel), vasos, cadernos, agendas, pequenas bolsas e nécessaires e até um cofrinho em forma de porco – isso sem falar nas xícaras e pratos para atualizar o serviço da mesa na hora do chá ou do jantar.

Coleção de artigos para casa e dia a dia da Tiffany (Foto: Divulgação)

O luxo, é claro, tem seu preço: os itens custam a partir de US$ 70 (cerca de R$ 230, valor de um prato) e podem ultrapassar facilmente os US$ 6.400 (ou R$ 21 mil, preço do conjunto de jantar para oito pessoas). Todos eles estão à venda no site da Tiffany & Co. [Vogue]

Coleção de artigos para casa e dia a dia da Tiffany (Foto: Divulgação)
Coleção de artigos para casa e dia a dia da Tiffany (Foto: Divulgação)

Cozinha americana: inspire-se no projeto do apartamento de Marina Person

A apresentadora e o marido Gustavo são experts das panelas e dividem a função diária no espaço que virou a estrela do lar

marina-person-casa-08.jpgAna Strumpf  e Marina Person (Foto: Rafael Avancini)


Ela é atriz, cineasta e apresentadora de TV, mas talvez você se lembre mesmo dela pelo trabalho que fez como VJ na MTV Brasil, entre 1995 e 2011: Marina Person. Convidada especialíssima do A Moda da Casa desta sexta-feira (27.10), a bela abre as portas de seu apartamento no bairro do Higienópolis e recebe Ana Strumpf para um bate-papo sobre lifestyle e, claro, sobre decoração.

Logo de cara, na sala – com um cantinho especial dedicado ao home office -, um mix entre peças garimpadas ao redor do globo, placas do extinto canal em que trabalhou e fez história, itens especiais de família, quadros, uma coleção de discos e outros objetos de designers conhecidos e conceituados, como Philippe Starck, Sérgio Rodrigues e Marimekko.

Mas o xodó e a estrela da casa mesmo é a cozinha, que foi ampliada e pensada com um carinho especial para reunir a família no dia a dia. Talvez você ainda não saiba, mas Marina também é famosa por um outro talento: colocar a mão na massa e assinar saborosos pratos! Ela e o marido, Gustavo Moura,dividem a função de mestre cuca e aproveitam muito bem o espaço – inclusive para receber os amigos.

“Na verdade, nos mudamos para cá porque o apartamento tinha essa planta que permitia abrir tudo. Quase não usamos a sala de jantar”, explica, revelando que nem a area de serviço sobreviveu e precisou ceder lugar para uma mesa alta, com cadeiras de bar, panelas a mostra e uma horta. [Camilla Bello]

Lâmpadas com filamento exposto ganham destaque na decoração

Nova onda entre arquitetos e designer de interiores transforma a lâmpada em objeto decorativo ao formar uma espécie de desenho dentro do bulbo de vidro

apartamento-adaptado-cadeirante-13Tendência de dar um ar retrô para a decoração é uma tendência que apareceu há pouco tempo Foto: Marco Antonio


Lâmpadas como elementos decorativos. Essa é a nova onda entre arquitetos e designer de interiores. “É uma tendência que apareceu há pouco tempo, que traz um ar meio retrô para a decoração”, afirma o arquiteto Marcelo Rosset. O efeito vintage segundo os profissionais se dá em função do filamento de carbono presente nestes artefatos, semelhantes aos das primeiras lâmpadas criadas por Thomas Edison, no século 19.

Nas lâmpadas convencionais o filamento é de tungstênio, mais econômico. Mas o carbono está de volta pois, quando aceso, forma uma espécie de desenho dentro do bulbo de vidro. “O filamento é um detalhe forte. Alguns têm desenho, em espiral ou ziguezague, o que por si só já chamam a atenção”, explica o arquiteto Neto Porpino. Entre as opções disponíveis no mercado, existem modelos na Etna por valores que vão desde R$ 17,99 a R$ 59,99 e na Lustres Yamamura, de R$ 29 a R $82.

Exatamente por isso, a proposta é usar a peça completamente exposto. Segundo Porpino, não surpreende que novas luminárias foram criadas com essa ideia de que as lâmpadas são o maior destaque. Muitas delas não vêm dentro de cúpula ou têm cúpulas transparentes, de vidro. Em outros casos, elas aparecem em pendentes e arandelas nas quais, elas podem ser valorizadas.

Mas pela própria proposta, segundo os especialistas, elas não devem ser usadas para iluminação geral. “Possuem brilho suficiente para iluminar um ambiente, mesmo no caso de repetição das lâmpadas. Se você quiser trabalhar só com elas na decoração, tem que estar consciente de que vai ser uma luz mais discreta, mais de efeito, com menos iluminação”, afirma Rosset.

Apesar disso, a maior parte das lâmpadas decorativas é dimerizável, ou seja, permitem regular a intensidade de luz, o que, possibilita seu uso em diversos tipos de ambientes, bem como a criação de várias cenas, desde uma iluminação mais abrangente, até a penumbra, mais intimista. Seja na  sala de jantar, no lavado ou em um simples abajur.  [Ana Beatriz Assam – O Estado De S,Paulo]

Décor do dia por Artefacto: jardim é invadido por tons da metrópole

Com verde intenso, espaço ganha contraste de cores e funciona como antídoto para estresse

gilbertoelkis003_1_vdSLVHm.jpgDecor do dia por Artefacto (Foto: Edson Garcia)


Espaço de contemplação apenas? Não! Jardim foi feito para ser usado! E esse é o conceito de Gilberto Elkis para o projeto da Mostra Artefacto Decor+Fashion 2017 Beach&Country.

Gilberto, autodidata, renomado paisagista e presente há mais de 30 anos no mercado, enxerga a necessidade de ter a natureza, especialmente nos meios urbanos, como um “antídoto” para o estresse. Neste jardim externo, localizado na própria loja da marca na cidade, ele trabalha com cores e volumes que são parte fundamental de seu trabalho e dão intensidade para a natureza, incluindo no espaço ítens de decoração que fazem contraste com o verde intenso das plantas.

A mostra reúne grandes nomes do design e da moda que assinaram ambientes inspirados no tema “O Loft do Fashion Designer e Como Vivem”. Os profissionais criaram espaços intimistas e com personalidade, levando em consideração toda a expertise e o lifestyle da marca atrelada à praia e ao campo, como sugere o próprio nome da mostra. As peças são produtos híbridos que podem ser usados tanto indoor como outdoor e foram desenvolvidas com materiais especiais, que suportam as adversidades comuns da áreas externas.

Abusando dessa versatilidade, em contraponto a parede verde de samambaias e as árvores de médio porte, Gilberto coloca em destaque o Sofá Jaen que é feito em jacquard na cor ameixa e pode ter outras disposições. No mesmo tom, o icônico Balanço Ipê do designer Sérgio J. Matos, tem toda a estrutura feita de alumínio disponível nas cores verde, prata, ameixa e preto. No centro, a mesa componível Zalla integra todo o ambiente, apresentando além do ameixa, um tom mais terroso para a peça que pode ser composta em cores variadas.

“Como comecei junto com a Beach & Country, meu projeto está em eterno crescimento”, conta. Ele explica que o jardim não é usado só como espaço de contemplação, mas como ambientação para a própria loja, um detalhe muito importante para as criações de Gilberto, que se preocupa em fazer com que a área do jardim seja mais do que apenas um ambiente de passagem, mas sim de uso. [Juliana Arruda]

Decor do dia por Artefacto (Foto: Divulgação)Decor do dia por Artefacto (Foto: Divulgação)

Décor do dia: quarto infantil escandinavo com azul escuro

Tons claros e detalhes coloridos criam espaço confortável e elegante
Por Michell Lott; fotos reprodução

decor-do-dia-2017-10-03-01Tarina, do blog australiano Oh Eight oh Nine, idealizou um universo claro e cheio de luz na hora de conceber este quarto infantil para seu filho. O pano de fundo é branco mas traz consigo finos desenhos geométricos que remetem a tijolinhos dispostos em espinha de peixe. Os móveis, todos de madeira clara evocam o minimalismo do estilo escandinavo e são baixos, de acordo com a teoria montessoriana, para que o pequeno possa desenvolver sua independência.

decor-do-dia-2017-10-03-02As cores eleitas para pincelarem energia no dormitório derivam da paleta primária: o azul ganha protagonismo e surge mais escuro em almofadas, em uma das colchas e no dossel que surge na cabeceira pontuando alma lúdica, e mais claro em outros detalhes, como as bandeirolas hipster na janela e no pôster com letra sobre o criado mudo. O amarelo, por sua vez, puxa para o mostarda em suas aparições enquanto o vermelho destila sua versão mais alaranjada. Para adicionar ainda mais conforto ao cômodo, o piso foi revestido de carpete cinza e cabeças de animais feitas de pelúcia fazem um releitura ecofriendly de taxidermias na parede.

Décor do dia: varanda com balanço no apartamento térreo

Poltronas douradas fazem contraponto à madeira de demolição

decor-do-dia-29-09-2017-02.jpgEsta varanda com jardim faz parte de um apartamento térreo de 240 m² na Vila Nova Conceição, em São Paulo. O morador, um empresário solteiro com mais de 50 anos, é apreciador de design e obras de arte contemporânea. Por isso, a área externa foi projetada para ser um local de deleite e também para ser apreciado por quem se senta à mesa de jantar durante as refeições.

Cercado por um gramado de 1m x 8m, onde crescem três ipês, o ambiente assinado pelos arquitetos Olegário de Sá e Gil Cioni recebeu um pergolado de madeira de demolição que é uma continuação da sala da lareira, toda revestida da mesma madeira (como se fosse uma caixa), e um balanço comprado pelo próprio morador no Instituto Inhotim.

decor-do-dia-29-09-2017-01Sobre o piso ecológico de PVC que parece madeira, os profissionais compuseram o décor com poltronas douradas compradas em antiquário e móveis para área externa da Dedon. Enquanto uma das paredes foi revestida com pedras, a outra exibe tijolinhos – destaque para o moedor de café encontrado na Vila Madalena e escolhido para compor o décor ao mesmo tempo rústico e sofisticado. “Ele dá um toque especial à decoração”, diz Olegário.

Este ambiente faz parte da ação #meuprojetonacasavogue, feita em parceria com os associados da ABD – Associação Brasileira de Design de Interiores.