Inspiração do dia: quarto de casal neutro e minimalista

1-inspiracao-do-dia-quarto-de-casal-neutro-e-minimalista

Nesta casa americana, o piso acinzentado, as paredes brancas e os grandes janelões iluminam os ambientes. No quarto do casal, o mobiliário segue a tendência de cores neutras e linhas simples, com um toque rústico. Até a roupa de cama é minimalista. As cores estão nos detalhes: no vaso e na almofada. Uma arara de roupas faz as vezes de armário. E, como em todo o resto da casa, há arte neste cômodo, no quadro posicionado acima da cama. [Mariana Conte]

Fonte: Apartment Therapy

Anúncios

Grifith lança coleção-cápsula em parceria com a arquiteta Fernanda Marques

 

dess

A joalheria paulistana Grifith se uniu à arquiteta Fernanda Marques em uma coleção-cápsula cheia de personalidade. O estilo minimalista e contemporâneo do trabalho de Fernanda inspirou 12 peças de prata (com direito a chokers e piercings) com design clean – mas com elaborada textura criada por um programa de modelagem tridimensional.
A parceria será celebrada com jantar no próximo dia 7 de dezembro, às 20h, no Jardim Europa, em São Paulo, com buffet assinado pela L’épicerie, decoração floral da Verbena Flores e playlist da DJ Clara Ribeiro.

Confira os detalhes das cozinhas da nova sede da Tastemade no Brasil

3-cozinha-tastemade-moderna

Quem nunca se deparou com um daqueles vídeos deliciosos da Tastemadeenquanto passeava pelo feed do Facebook e ficou morrendo de vontade de correr para a cozinha para fazer a receita? A empresa tem uma sede nova no Brasil, localizada no bairro da Vila Madalena, em São Paulo. E assim como as comidas, que encantam pelo visual, as cozinhas cenográficas são uma graça.

O projeto foi feito pelo Studio dLux, que criou duas cozinhas onde são gravados os episódios das séries da Tastemade. Uma delas tem aspecto mais moderno e a outra, mais rústico. Elas ficam uma de frente para a outra e possuem uma estrutura similar: um grande gabinete em L e uma ilha central – na moderna ela é fixa e, na rústica, móvel.

Alessandro Guimarães
4-cozinha tastemade-rústicaA cozinha rústica é acolhedora, tem cores mais quentes e conta com materiais em composição natural. A bancada de concreto foi feita no próprio local e abriga uma pia de semi encaixe, utilizada nas cozinhas tradicionais americanas.
Alessandro Guimarães
5-cozinha tastemade-rústicaAcima da bancada, há um revestimento de peças hexagonais da Portobello sobre uma ripa de madeira maciça. Prateleiras do mesmo padrão do armário inferior servem para armazenamento e varões metálicos possibilitam que utensílios e panelas fiquem pendurados e participem do décor.
Alessandro Guimarães
6-cozinha tastemade-rústicaA bancada central é móvel, possibilitando que seja ou não usada nos vídeos. Este carrinho leva o fogão industrial da bancada para qualquer lugar. O tampo é de madeira frejó.
Alessandro Guimarães
1-cozinha tastemade-modernaA cozinha moderna tem um clima mais frio, luxuoso, usa cores neutras e materiais finos e foi inspirada no estilo escandinavo. Texturas diferentes podem ser observadas na laca dos armários, no revestimento do tampo (que parece pedra, mas é madeira revestida de fórmica) e no cobre presente nos detalhes.
Alessandro Guimarães
2-cozinha tastemade-modernaO armário inferior tem um tom azul claro e o de cima um azul mais forte com portas de vidro, que deixam os utensílios a mostra. A cuba foi embutida e a torneira feita com pedaços de tubulação de cobre. Na ilha central, o tampo da bancada é de pedra (quartzo branco) e é lá que fica o cooktop de indução. [Mariana Conte]

 

Objetos antigos contam histórias neste apartamento modernista

aptosPor Amanda Sequin; Fotos Divulgação
Gravuras do século 19 compradas em um antiquário chinês, esculturas arrematadas em Nova York, objetos encontrados de Cingapura… Não é preciso muito para perceber que quem mora neste apartamento de 320 m² é apaixonado por colecionar e viajar. E fez questão de ter um espaço adequado para exibir suas recordações, sempre em constante mutação.

A unidade adquirida há dois anos em Higienópolis, São Paulo, passou por uma reforma cuidadosa comandada pelo arquiteto Luciano Dalla Marta. Tudo para adaptar suas configurações, típicas de um edifício modernista do final dos anos 1960, aos desejos atuais do proprietário – mas sem perder o valor histórico da época e seus elementos mais marcantes.

 Um detalhe importante e preservado foram as boiseries, originalmente executadas por discípulos de artesãos do Liceu de Artes e Ofícios. O painel foi laqueado de cinza, tom que prevalece em todos os ambientes e destaca as peças queridas do morador, caso da poltrona vintage em veludo rose belga.

Foram seis meses para realizar mudanças no layout, integrando ambientes e dando novos usos a outros. Salas de almoço e jantar, por exemplo, existiam separadamente, e agora ganharam múltiplas funções, podendo ser usadas juntas.

Mais outros quatro meses e a decoração foi finalizada, exibindo com a devida relevância os objetos vintage. Acompanhando a mesa de refeições em madeira imbuia escura, desenho do arquiteto, está a preciosa coleção de cadeiras de Jorge Zalszupin. Outras peças de décadas anteriores, com autores desconhecidos, foram garimpadas e dispostas pela casa, mas nada impede que outras mais atuais, como a poltrona com estofado turquesa de Jader Almeida, figurem por ali em harmonia.

Além das peças adquiridas em viagens, vasos étnicos, muranos e obras de arte raras estão apoiadas no aparador e nas paredes, com molduras em diversos tamanhos e tons. Como não se surpreender com o desenho de Candido Portinari, posicionado entre as prateleiras do escritório e o croqui de Oscar Niemeyer, com dedicatória pessoal ao morador? São detalhes preciosos que fazem deste um lar único e de muita personalidade.

Inspiração do dia: cantinho de leitura próximo ao jardim

1-inspiracao-do-dia-cantinho-de-leitura-proximo-ao-jardim

Esta casa na tradicional aldeia de Sant Mori, na Espanha, era usada apenas no verão, mas recebeu uma reforma do escritório Mesura, transformando-se em um espaço funcional e confortável para ser usado o ano todo. A planta foi adaptada para aproveitar ao máximo as áreas externas e integrar os ambientes. Por isso, grandes janelas e portas de vidro se fazem presentes e deixam a casa bem iluminada. Um cantinho para leitura e relaxamento foi criado com acesso direto ao quintal. No décor, presença de elementos rústicos e cores neutras mantém o clima da cidadezinha em que a casa está instalada.2-inspiracao-do-dia-cantinho-de-leitura-proximo-ao-jardim.jpeg

Nichos e armários customizados aproveitam o espaço neste apê em Tel Aviv

nichos-e-armarios-customizados-aproveitam-o-espaco-neste-ape-em-tel-aviv

Na reforma do apartamento de 165 metros quadrados em Tel Aviv, Israel, o escritório RUST Architects apostou em armários customizados e marcenaria inteligente, que maximizam a capacidade de armazenamento dos espaços.

Reprodução | Gidon Levin | Decoist
02-nichos-e-armarios-customizados-aproveitam-o-espaco-neste-ape-em-tel-avivPara isso, o estúdio utilizou o espaço vertical, com prateleiras suspensas no teto, muitos nichos e algumas unidades para esconder equipamentos.

Reprodução | Gidon Levin | Decoist
03-nichos-e-armarios-customizados-aproveitam-o-espaco-neste-ape-em-tel-avivNa sala de estar, por exemplo, o volume em preto esconde a sala de TV e conta com vários armários.

Reprodução | Gidon Levin | Decoist
04-nichos-e-armarios-customizados-aproveitam-o-espaco-neste-ape-em-tel-avivJá no canto de leitura junto à janela, o móvel com portas amarelas também oferece espaço para guardar coisas.

Reprodução | Gidon Levin | Decoist
05-nichos-e-armarios-customizados-aproveitam-o-espaco-neste-ape-em-tel-avivReprodução | Gidon Levin | Decoist06-nichos-e-armarios-customizados-aproveitam-o-espaco-neste-ape-em-tel-avivFonte: Decoist

Inspiração do dia: sala de casa na praia com referências africanas

1-inspiracao-do-dia-sala-de-casa-na-praia-com-referencias-africanas

Nesta casa de praia em Guecá, São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, há muitas referências africanas. Os proprietários, que utilizam a casa nos momentos de lazer, são angolanos e pediram para o escritório AR Arquitetura & Design uma casa grande e confortável para receber amigos e familiares com privacidade. A sala do imóvel é ampla, tem 85 metros quadrados e muitas áreas de convivência e para relaxar. O piso é de cerâmica e as portas e janelas de madeira. O décor foi inspirado na cultura africana e tem muitas peças trazidas de viagens pelos próprios proprietários. Há abundância de materiais naturais como madeira, vime e couro. Tons de laranja trazem alegria ao ambiente.