Versace Spring Summer 2019 Campaign

A marca de Donatella Versace, um lembrete indelével de que a conexão Versace é tão permanente quanto a tinta na pele. #VersaceEverywhere #VersaceSS19
Dirigido por Ferdinando Verderi

Anúncios

The Paris-New York 2018/19 Métiers d’art Show — CHANEL

O Templo Dendour, cenário da ala egípicia do Metropolitan Museum of Art, em Nova York, foi o local escolhido por Karl Lagerfeld para desfilar Métiers D’Art pre-fall 2019 da Chanel. Não à toa, a coleção foi toda inspirada na antiga civilização do Egito, tema de fascínio para o diretor criativo da marca. A convite da maison, a diretora de redação da Marie Claire, acompanhou a apresentação ao vivo, diretamente de NY.

Primeira coleção desfilada após o anúncio de que a grife suspenderia o uso de peles exóticas das suas criações, os looks, ainda assim, trouxeram muito couro ecológico. O ateliê de Karl trabalhou com a textura fake em relevos, rachados e impressos que remeteram a crocodilo, iguana e cobra.

A cor que pautou o desfile doi o dourado. Além das pernas das modelos totalmente cobertas por uma tinta gold, observou-se fortemente o brilho da tonalidade nas roupas em contraste com a abundância de pedrarias, deixando a referência egípcia bem evidente, ainda mais quando combinadas com as estampas de hieróglifos. O ouro foi combinado com preto, branco, vermelho, laranja e azul-turquesa.

Outro ponto altíssimo da coleção foram os acessórios. Joalheria em formato de besouro e bolsas no shape de pirâmide deram o toque fun na passarela. Ainda em bolsas, Karl escolheu desfilar a pochete sendo carregada na mão e garantiu a sobreviêcia da tendência polêmica por mais uma temporada.

O evento estrelado contou com a participação do cantor Pharrel, embaixador da marca, desfilando um look de faraó para coroar o sucesso de mais um Métiers D’Art.

Versace Pre Fall 2019 Fashion Show

Reviva os principais momentos do desfile #VersacePreFall2019 realizado pela primeira vez em Nova York. #VersaceNY
Versace chega a Nova York pela primeira vez, tomando a cidade pela tempestade com seu estilo instantaneamente reconhecível e personalidade inconfundível. Sacos embalados e passaportes na mão, as mulheres e homens Versace são recebidos em Nova York pela tocha Liberty. Congratulando-se com a Itália em Nova York através de uma coleção que incorpora liberdade e capacitação.

Stars, stripes and Barocco – uma explosão de gravuras celebra as raízes italianas da Versace na pista de Nova York. Designs intrínsecos à casa são misturados nas combinações mais ousadas. No “Les Coupe Des Savage”, as estampas de zebra e as estrelas estão entrelaçadas com os elementos Barco da Greca e do tom dourado.

Evocando uma atmosfera de jet-set, a impressão “Voyage Barocco” mistura e combina uma mistura de paletas de cores unidas pelos motivos mais quintessenciais da Versace – a Chave Grega e Barocco.

Pino icônico para baixo – o Medusa Safety Pin faz seu retorno de uma maneira nova e contemporânea. Esse vestido está de volta: uma peça que quebrou todas as barreiras, um vestido ousado que fez história da moda. O vestido de alfinete de segurança que introduziu a atitude do rock n ‘roll ao traje do tapete vermelho. Hardware é feito com a famosa Medusa e novos acentos de ouro de fusão pin-clip que escondem e revelam, ruching tecido juntos para criar silhuetas contemporâneas. Um olhar que define Versace.

Coração na manga – A impressão de coração “Love Versace” é inspirada nos desenhos de Jim Dine para a casa nova de Gianni Versace em Nova York. Os corações coloridos são impressos em chiffon de seda que forma uma das silhuetas mais lendárias da Versace – mangas compridas e corte naval low-cut – que ficou famosa por Jennifer Lopez e levou à criação da Pesquisa de Imagens do Google. Os cliques para ver este vestido impulsionando o desenvolvimento da tecnologia resumem a importância da força cultural da Versace.

Channel Trailer – Being Naomi

Supermodel, empresária, ativista e agora também vlogger. Naomi Campbell acaba de lançar no YouTube seu canal próprio, o Being Naomi, onde pretende compartilhar um pouco da suas histórias, personalidade e intimidade.

“Quero mostrar ao mundo quem eu sou e o que defendo”, declara no teaser do canal. “Minha esperança é que quando você se engajar com meu canal seja inspirada pelo que vê, que ele te impulsione a ser a melhor que você puder, que faça sua parte no mundo e persiga seus sonhos”, completa.

Estão na mira da neo-youtuber mulheres, especialmente as jovens do continente africano, diz a modelo, entre cenas que mostram destaques de sua trajetória. Entre eles estão sua participação na cerimônia de encerramento da Olimpíada de Londres e num clipe de Michael Jackson, seus encontros com Nelson Mandela, muitas imagens de desfiles e também alguns registros das polêmicas em que ela já se envolveu.

Na programação do futuro próximo do Being Naomi está a transmissão ao vivo da primeira edição do festival Global Citizen, em Joanesburgo, com shows de Beyoncé e Jay-Z, neste domingo, 2, um vídeo contando a jornada de como ela foi descoberta, no dia 13, e resoluções de ano novo para 2019, no dia 3 de janeiro.