Harry Style estrela campanha de ternos da Gucci

Fotos do cantor britânico Harry Styles como novo garoto-propaganda da Gucci foram divulgadas neste sábado.

ss18_09_23_milan_106.jpg
 (Glen Luchford/Reprodução)

Em março deste ano, a Gucci atiçou os fãs de Harry Styles anunciando que ele seria o novo garoto-propaganda da marca. Na época, eles divulgaram apenas alguns teasers pouco reveladores, mas o mistério acabou neste sábado. As fotos finalmente foram ao ar e o cantor surgiu com a coleção de alfaiataria da maison italiana.

O cenário é um tradicional restaurante de fish and chips no norte de Londres, e Harry posa com galinhas e cachorros, elegantemente vestido com ternos completos modernizados com os tênis hits da Gucci. Muitas pessoas nas redes sociais relembraram do estilo do personagem Chuck Bass, da extinta série Gossip Girl. O milionário de Manhattan era fã de conjuntos completos de alfaiataria e, principalmente, chegado em estampas e cores.

O jovem artista britânico tem conquistado público e crítica com sua carreira solo desde que saiu do grupo One Direction e, nesta fase, elegeu as criações do estilista Alessandro Michele como seu figurino quase obrigatório. Harry usa as peças extravagante da grife italiana em tapetes vermelhos, shows e até em seus clipes. Não foi diferente em suas recentes apresentações no Brasil, quando elegeu um terno verde e amarelo no Rio de Janeiro e uma camisa dourada de mangas bufantes em São Paulo. [ELLE]

Anúncios

Xadrez tomboy e grid print vão te aquecer nessa temporada

Mais que estar na moda, eles são atemporais, modernos e urbanos
Por Eduardo Vilas Bôas

xadrez-masculino-2018-768x555 (1).pngA moda cada vez mais vez tem valorizado o estilo pessoal e, por isso, as opções são diversas. Hoje encontramos uma enorme variedade de xadrezes nas lojas, independentemente de estações, pois vão bem do calor ao frio, do casual ao formal, do feminino ao masculino.

Obviamente existem estampas e padrões que se destacam mais num dado período e o xadrez, por herança europeia, geralmente é mais revisitado nas coleções de frio. Portanto, para esse Outono (que já chegou chegando!) veremos basicamente dois grupos de xadrezes: preto/branco e o vermelho/preto. Ambos estão associados a uma estética mais urbana e moderna, por isso, esqueça aquela ideia de que xadrez é somente western.

Grid print é um xadrez mais leve, suave e sofisticado. Apesar da predominância do preto e branco, podem aparecer em branco e azul também. Suas linhas são bem fininhas e distanciadas, formando literalmente uma grande grade visual. A geometria regular da estampa confere à peça maior sobriedade, podendo ser com o fundo branco (positiva) ou preto (negativa). Esse xadrez é muito fácil de ser coordenado com outras peças, desde as lisas de qualquer cor, como o jeans, por exemplo, até outros tamanhos de grid, mesmo que misturando positivo com negativo, e estampas geométricas e listras também. Quanto aos biótipos, pode vestir qualquer tipo físico, vale ficar atento, porém, quanto ao tamanho do grid e a cor da peça, já que desenhos grandes e cores claras podem aumentar a silhueta.

Sem título.jpg
Forevere 21 | Antioch Longline 

O xadrez vermelho e preto é outro relevante nessa temporada, principalmente por conta do estilo Tomby, que busca a valorização da moda genderless e, por isso, adotou o padrão como um dos seus ícones e tem crescido entre o público jovem. E, ao contrário do grid print, acaba tendo uma proposta mais despojada e informal. Chamado também de xadrez Tomby ou tartan, pode ser usado de forma mais livre, com estampas florais que tenham preto e vermelho predominantes, camuflados, listras e até animal print de onça, mas classicamente são coordenados com peças lisas e pretas. É um xadrez muito democrático, pois veste bem qualquer biótipo.

Sem título.jpg
C&A | Zattini

Essas estampas podem ser aplicadas em todas as peças de roupas e, por serem atemporais, certamente ficarão muito tempo no seu guarda-roupa. A dica de ouro é investir em poucas e boas peças, já que são visualmente marcantes e terão vida longa. As peças de sobreposição, como camisas e casacos, garantem maior versatilidade em função das coordenações possíveis.

Bota chelsea é resistente, confortável e está na moda

Veja as dicas para comprar a peça mais adequada
Por Eduardo Vilas Bôas

Bota-Chelsea-The-Beatles.jpg
Beatles

O frio já começa a aparecer pela manhã e final de tarde nos estados do sul e sudeste. E isso já pede o famoso look cebola: algumas camadas de peças que podem ser removidas ao longo do dia à medida que o clima esquenta. E, é assim, a procura por peças de meia estação aumenta também!

Não diferente de qualquer cidadão também tive o insight de procurar calçados novos – afinal, os pés também merecem proteção – e, eis que me deparo com a bota chelsea bombando nas lojas. Elas não são propriamente uma novidade, aliás, são bem antigas, remontando a Era Vitoriana, mas estão na moda desde o último outono e devem se destacar ainda mais nessa estação.

Criada em 1851 pelo sapateiro oficial da Rainha Vitória, sr. Sparkes-Hall, a bota chelsea teve o cadarço das tradicionais botas substituído pelos elásticos laterais e calçados, trazendo maior agilidade ao calçar. Já teve inclusive outros nomes, como bota jodhpur e bota paddock, e calçam tanto homens como mulheres. Mas, devido a sua resistência, conforto e facilidade de calçamento, ganhou relevância durante a 1ª Guerra Mundial e virou ícone jovem quando os Beatles a adotaram como uniforme da banda na década de 1961. De lá para cá vários nomes expressivos do universo pop aderiram às chelsea boots, como Bob Dylan, Andy Warhol, Patti Smith, David Beckham e Harry Styles.

O modelo mais tradicional é o de couro preto lustroso, mas hoje existem diversas variações, como o preto fosco, marrom, bege, cinza e marinho. Isso demonstra o quanto a peça é versátil e pode ser usada em vários looks.

 

bota-chelsea-4-768x500O grande segredo no uso das botas chelsea está nas calças: elas devem ser afuniladas, como as skinny, super skinny ou slim. Calças de boca larga, como a calça reta, vão esconder todo o design da bota e os elásticos laterais.

Quanto a barra, existem duas formas de usá-la: dobrada mostrando a pele ou a meia estampada ou amontoada não cobrindo o cano da bota.

bota-chelsea-1-768x502Mas, qual cor escolher? Se você é baixinho o mais indicado são botas com cores mais próximas da cor da calça (preto x preto; preto x marinho), assim, você cria uma linha contínua da cintura até os pés, alongando sua silhueta. Para os mais altos o contraste entre bota e calça pode ser maior (preto x bege; preto x cinza).

bota-chelsea-2-620x350Para profissões e eventos que permitem um pouco mais de informalidade, a bota chelsea pode ser usada tranquilamente com terno ou blazer, nesse caso, priorize botas na mesma cor da calça. Para os demais usos, especialmente os casuais, a sua criatividade é o limite, por isso, separei alguns looks para te inspirar.bota-chelsea-3-768x507

Refletindo o momento social, estampas e modelos com referências militares são moda neste outono-inverno

Peças refletem o espírito do tempo e associam funcionalidades
Por Eduardo Vilas Bôas

Sem título
Jaqueta militar-verde medio replay R$699,00

O Outono chegou e, com ele, as novas coleções de meia estação. Mas troca de coleção não é momento apenas dos lojistas renovarem seus estoques, estimulando novas compras, mas é também a oportunidade da Moda fazer suas adequações ao interesse do público.

Quero dizer que a Moda sendo um registro do seu tempo – e a roupa um dos suportes dessa expressão – reúne condições de materializar os valores socioantropológicos vigentes. O que isso tem a ver com o estilo militar?

Temos vividos tempos de forte polarização ideológica, atentados terroristas, crises humanitárias, tensão nuclear e, sobretudo aqui no Brasil, uma guerra civil atroz que atingiu níveis assustadores. O resultado disso? A população tem procurado se defender e se posicionado, exigindo mudanças e procurando soluções. Estamos nos preparando para uma verdadeira guerra. E o estilo militar vem evidenciar esse estado de alerta.

Acha isso tudo loucura? É só lembrar-se – ou pesquisar – do que aconteceu com as coleções lançadas em setembro de 2001. Após o ataque terrorista as torres do World Trade Center, a Moda global tornou-se triste e defensiva, regida por uma cartela com cinzas, pretos, verdes militares e camuflados.

Para esse novo ciclo o destaque principal fica a cargo do verde caqui (verde meio tom ou verde militar). Mas os camuflados não podem ser ignorados – são icônicos do estilo – seja na peça toda, em pequenos detalhes e em vários cores. Funcionalidade é outro atributo importante dessas peças, que têm muitos bolsos e compartimentos secretos, que ajudam aos nômades urbanos passarem o dia inteiro fora de casa trabalhando, estudando e se divertindo.

Destaquei alguns lançamentos para te inspirar.

Marca Mash quer quebrar o estereótipo de ‘machão’ em campanhas de cuecas

Novo filme Mash trazem homens de tipos físicos diferentes e brinca com quebra de padrões

Sem título
Campanha quer quebrar o estereótipo de masculindade  Foto: Instagram.com/mash

Esqueça os modelos sarados, com vários gominhos no abdomen, bezuntados em óleo. A nova campanha da Mash quer quebrar o estereótipo de masculinidade, um clichê de anúncios voltados para os homens.

Com o tema “Confortável é ser quem você é”, o novo filme da marca mostra homens, entre eles Bruno Gagliasso, garoto-propaganda da empresa, de diferentes tipos físicos e idades, fazendo coisas que geralmente não são ditas como “coisa de homem” como, por exemplo, dançar funk e não entender de carro.

Além do filme principal, também foi lançado um teaser bem humorado que mostra os mesmos homens como se estivessem em um teste para um comercial tradicional, com direito a enchimento na cueca e poses sedutoras.

O futuro das barbas

Curtas, compridas, cerradas ou cheias… será que a moda das barbas está com os dias contados?
Por Glauco Junqueira

o_futuro_das_barbas_abertura.png
As barbas no geral continuam com força total (Foto: Unsplash)

Curtas, compridas, cerradas ou cheias… as barbas estão sim na moda e tudo indica que continuarão com força total.

Perguntamos a um perito no assunto, Marinho, barbeiro chefe das Barbearias Cavalera, em São Paulo, que comentou qual a tendência para as barbas.

As barbas cheias continuam com força total?
Sim, ainda podemos observar vários homens de barba longa pelas ruas.

Compridas ou cerradas: qual é a tendência para as barbas?
As barbas mais longas vão diminuir um pouco e essa é uma tendência que temos observado, mas as barbas não vão sair da cena tão cedo.

Quais tipos de barba estão em alta?
Barbas bem tratadas e bem cuidadas.

Qual o tipo ideal de barba para cada rosto?
Rostos mais magros e finos combinam melhor com barbas mais cheias e com volume; já para os rostos mais redondos, recomendo a barba mais rente nas laterais e fios mais longos no queixo, para ajudarem a alongar o rosto.

Para quem quer começar a cultivar a barba, quais os cuidados essenciais?
É bem simples. Deixar crescer, tratar com bons produtos e frequentar uma boa barbearia. Com os fios já aparentes, usar shampoo para barba, além de óleos e balms que fazem muito bem para a hidratação dos fios.

Ex-funcionários da Colette estão à frente da mais nova concept store de Paris

A Nous deve ser destino obrigatório de fashionistas durante a temporada masculina

26294633_333691227108031_8183961351035551744_n
Nous é a nova concept store de Paris (Foto: Divulgação)

Os órfãos da Colette nem tiveram tempo de enxugar as lágrimas por causa do fechamento da mais famosa concept store de Paris, em dezembro, e já ganharam um endereço com potencial para curar a abstinência.
Localizada a poucos metros da antiga loja, a Nous ocupa o número 48 da mítica rue Cambon e foi idealizada por Sébastien Chapelle, ex-diretor de relojoaria e gadgets da Colette, e Marvin Dein, que cuidava da seção de sneakers. A boutique de 150 m² abriu as portas na segunda-feira (08/01) e deve ser destino obrigatório de fashionistas durante a temporada masculina de Paris, que começa no dia 16.

Ao contrário da Colette, a Nous não tem moda feminina e cosméticos. O foco são acessórios, óculos, relógios, gadgets e sneakers. [Sylvain Justum]

1515432482976
A nova Nous, concept store criada por ex-funcionários da Colette (Foto: Divulgação)