Décor do dia: sala de estar com estilo pop industrial

Uma galeria de quadros divertidos e objetos com personalidade marcam o ambiente do ator Caio Castro
POR AMANDA SEQUIN | FOTO RICARDO BASSETTI

apartamento do ator Caio Castro em São Paulo reflete a personalidade do jovem ator, que gosta muito de street art e buscava um espaço para receber amigos e familiares. Ao reformar o espaço dos anos 1970, as arquitetas do MORA Estúdio apostaram num estilo industrial com uma pitada pop e divertida e a sala da estar é um dos cantos mais charmosos, que combinou uma gallery wall com quadros engraçados – a exemplo da Monalisa, que aparece de bigode!

Todo de cimento queimado, o ambiente tem como estrela o clássico sofá Chesterfield na cor caramelo. Ele serviu de guia para a montagem dos quadros, que ganharam molduras diferentes e em cores vibrantes. Os detalhes ali também chamam a atenção e traduzem a personalidade do ato – a exemplo da mesa de metal, que abriga cabeças egípcias e jogos, e a almofada da Mulher Maravilha no sofá. A iluminação também se sobressai em spots pretos e, ao centro, uma luminária industrial.

Anúncios

Décor do dia: cozinha contemporânea com armários marrom

Madeira clara no piso e branco nas paredes realçaram a marcenaria
POR AMANDA SEQUIN | FOTO NIKLAS HART/DIVULGAÇÃO

Ao projetar esta cozinha integrada ao jantar, o escritório de design de interiores Cecilie Claussen apostou numa paleta de cores simples, porém se atentou aos acabamentos brilhantes e detalhes que fizeram toda a diferença para um resultado contemporâneo. A metade superior do plano visual é marcada pelo branco, que invade as paredes, a coifa, luminárias, bancada e parte da marcenaria. Na parte inferior, é o marrom quem surpreende e dá o tom nos armários.

A cor escura, no entanto, vem acompanhada de um acabamento brilhante, que traz um leve dourado para a superfície – mesma nuance escolhida para os puxadores dos armários. A mesa de jantar é em madeira, enquanto o piso adota um revestimento mais claro, bem nórdico. Para finalizar, cadeiras Eiffel com assento preto, um clássico do design assinado pelo casal Eames. 

Sofá branco: 4 dicas e cuidados que você precisa saber antes de comprá-lo

Com os cuidados certos e algumas dicas de limpeza, o móvel terá tudo para ser o protagonista da sala por muito tempo. Veja como!
POR RAFAEL BELÉM | FOTOS DIVULGAÇÃO

Amado por muitos, temido por tantos, o sofá branco é um móvel que sempre atrai olhares na decoração. Curinga, a peça ganha ainda mais força na cor branca e se encaixa perfeitamente em diversos estilos de ambientes. Mas, apesar de poderoso, o tom claro espanta quem tem crianças e animais em casa – ou quem simplesmente teme que o estofado perca sua beleza e vitalidade com o passar do tempo. 

Manter o estofado branco com o aspecto de novo pode não ser uma tarefa tão simples, mas com os cuidados certos e algumas dicas de limpeza, o móvel terá tudo para ser o protagonista da sala de estar por muito tempo. Expert em rotina doméstica e técnicas de limpeza, Lucy Mizael compartilhou com Casa Vogue os segredos para deixar a peça sempre impecável. 

Confira 4 dicas e cuidados que você precisa saber antes de comprar um sofá branco:

1. Impermeabilizar é obrigatório!

Sofás foram feitos para se jogar, conversar, deitar – então que assim seja! Para usar o móvel à vontade no dia a dia, sua impermeabilização é um dos cuidados obrigatórios. “O ideal é que a peça seja impermeabilizada assim que comprada. Essa é a melhor forma de deixar um sofá branco, ou de cores claras, sem manchas”, aconselha Lucy. “Assim, a sujeira não penetra na espuma”. 

Dica: tenha sempre em mãos uma espuma de limpeza a seco para higienizar o móvel quando necessário. 

2. Crie uma rotina de higienização

Para garantir que seu estofado fique sempre vívido na sala, criar uma rotina de limpeza para ele é fundamental. De acordo com a personal, o ideal é aspirá-lo pelo menos uma vez por semana e higienizá-lo com bicarbonato de sódio. “Se for um sofá menos utilizado, como o de uma sala de visitas, a limpeza pode ser feita a cada 15 dias”, recomenda a personal. 

Dica: espalhe uma solução de bicarbonato de sódio puro com as mãos por todo o sofá, deixando agir por 30 minutos. Aspire o móvel para finalizar.

3. Considere utilizar capas de proteção

Em casas com crianças e animais de estimação, as capas serão as melhores amigas do seu estofado. Filhos pequenos e pets são uma combinação perigosa, principalmente para os modelos brancos. “Nesses casos, para evitar uma tragédia, o jeito é providenciar capas. Hoje já é possível encomendar modelos que não prejudicam a estética do modelo e nem a decoração”, diz. “Só a impermeabilização pode ser insuficiente quando se tem muitas crianças ou animais em casa”.

4. Soluções caseiras são permitidas, mas com cautela

Para limpezas mais profundas e completas, é sempre indicado que se contrate empresas especializadas na manutenção e higienização de estofados. Algumas soluções caseiras, no entanto, podem ser utilizadas como segunda opção, desde que aplicadas cuidadosamente. “A espuma de limpeza a seco é a melhor opção. Mas tenha atenção: ao menor sinal de água, a sujeira sai da espuma e impregna no tecido, o que pode formar manchas indesejadas”, explica. “Para limpeza caseira, misture sabão neutro ou de coco com bicarbonato até formar uma pasta. Aplique-a na mancha e deixe agir por 10 minutos”. 

Décor do dia: sala de jantar com piso geométrico e inspiração industrial

Projetado por Felipe Hess, espaço tem boas ideias para integrar ambientes com muito estilo
POR AMANDA SEQUIN | FOTO FILIPPO BAMBERGHI/ARQUIVO CASA VOGUE

Há inúmeras vantagens em apostar em ambientes integrados – além de favorecer a iluminação natural e facilitar a circulação para quem gosta de receber amigos, o recurso ainda permite brincar com pisos diferentes para setorar os espaços e, com criatividade, nascem combinações cheias de personalidade. É o caso da sala de jantar deste apartamento em São Paulo, cheio de raridades do design italiano e brasileiro, projeto de Felipe Hess

ladrilho hidráulico cinza-claro e azul-petróleo preenche os arredores da cozinha e da mesa de jantar e faz a transição deixando alguns dos revestimentos se sobressaírem na direção do estar de piso escuro. No ambiente, destaque para algumas peças do acervo da moradora: a cadeira de balanço do casal Eames, o pufe Up 2000, design de Gaetano Pesce para B&B Italia, e a mesa da De Padova. Na parede ao fundo, gravura dos anos 1970, na Loja Teo. 

Décor do dia: madeira do piso ao teto na sala de estar

Revestimento traz aconchego ao espaço cercado pela natureza
POR AMANDA SEQUIN | FOTO RAFAEL GAMO/DIVULGAÇÃO

Se bem dosada, a madeira tem o poder de deixar qualquer ambiente aconchegante, até mesmo os ambientes mais minimalistas. Na sala desta casa na Cidade do México, um revestimento com a textura fiel ao material foi capaz de transformar por completo toda a estrutura de concreto e aço que sustenta a construção. 

O projeto do escritório Taller Hector Barroso usou esse revestimento por toda a sala de estar: o piso em réguas traz um tom mais escuro, enquanto as paredes, o teto e até a coluna adotam uma nuance mais clara puxada para o caramelo. As estruturas dos sofás, poltronas, mesas e cabideiro também seguem a paleta natural – somente os assentos surgem em cores como cinza e um azul intenso. A luz natural e o verde, presente nas plantas internas e também nos jardins que abraçam o prédio, também tem um papel fundamental para trazer conforto.

Décor do dia: sala de jantar com biombo e tons terrosos

No ambiente assinado pela designer de interiores Michelle Halford, o biombo cumpre função decorativa e rouba a cena no décor
RAFAEL BELÉM | FOTO MIKE BAKER

Acessório número 1 na hora de dividir ambientes, o biombo pode ser usado de muitas outras formas além de criar um espaço de resguardo em casa. Com criatividade, ele tem tudo para se tornar uma peça statement e definir a decoração do ambiente. Na sala de jantar assinada por Michelle Halford, por exemplo, o móvel se une à mesa demadeira e cadeiras aveludadas em uma composição sóbria e sofisticada. Quentes e acolhedores, os tons terrosos ajudam a criar um espaço convidativo para o café da tarde. Que tal?

Décor do dia: quarto de bebê com cristais e parede bicolor

A designer de interiores Paloma Christiansen apostou em um décor com estilo boho e elementos que trouxessem espiritualidade para o ambiente do próprio filho
POR MARIANA CONTE | FOTOS RENATA D’ALMEIDA

Décor do dia: quarto de bebê com cristais e parede bicolor (Foto: Renata D'Almeida)

Quando foi decorar o quartinho do próprio filho, a designer de interiores e artesã Paloma Christiansen colocou a mão na massa e apostou em um décor sem o estereótipo típico desses espaços. “Eu queria um ambiente que fugisse de cara de quarto de bebê. Eu gosto muito do estilo boho, e fui para um caminho mais natureza”, conta. Como é um espaço que ela também passa bastante tempo, Paloma queria que fosse confortável e prático pra o dia a dia. “Antes esse era o meu atelier, e eu ainda produzo aqui, então não queria que tivesse muita coisa, muito móvel planejado”, explica.

O primeiro item que ela comprou foi o tapete, da Storehouse Home Decor, que cria a base do estilo boho, que tem referências étnicas, hippie e orientais. As texturas são uma marca forte nesse tipo de décor e Paloma apostou muito nelas. A começar pelo berço. Na verdade, Paloma escolheu um moisés da Bixitu, feito de palha. A peça tem matéria-prima natural e nacional e valoriza a tradição de cestaria indígena do Nordeste. “Eu escolhi esse modelo por ser mais dinâmico. Durante o dia ele fica no quartinho para o bebê tirar suas sonecas, mas de noite eu levo para o meu quarto e ele dorme lá. É bastante prático”, diz. Cestos de palha se transformaram em luminárias que foram posicionadas sobre a poltrona Womb. “Eu não gosto de me sentar muito certinha. Essa poltrona me acomoda bem em diversas posições”.

Outros itens que ganham destaque são o móbile e as pedras posicionadas sobre um pedaço de tronco de árvore. “Eu fiz um curso online de cristais e o meu professor falou quais eram as pedras interessantes para ter no quarto do bebê”, conta Paloma que adicionou além da luminária, de quartzo rosa (pedra do amor), muitas outras pedras: mangano calcita (cura traumas de infância), ágatha blue lace (calmante, traz paz de espírito), angelita (proporciona encorajamento através dos anjos da guarda), crisocola (cura e saúde) e cianita (pedra do Arcanjo Miguel). Essa conexão com a espiritualidade é importante para Paloma que também fez uma parede bicolor e escolheu a cor verde “porque simboliza a natureza, esperança e vitalidade, trazendo benefícios para o bebê através da cromoterapia”.