Décor do dia: guarda-roupa aberto no quarto de casal

Recurso de decoração faz sucesso entre os adeptos do armário-cápsula
POR PAULA JACOB | FOTO DIVULGAÇÃO

Uma das formas de mudar os hábitos de consumo e ter uma casa mais sustentável é formatar um armário-cápsula, no qual é possível ver e saber quais peças você tem, como elas combinam entre si e por aí vai. Aos adeptos, uma ótima alternativa de decoração que facilita muito o dia a dia é criar um guarda-roupa aberto, como mostra este quarto de casal. Na parede oposta a cama, ao invés de ter um armário fechado, vemos duas araras brancas minimalistas com as peças de roupa dos moradores expostas em cabides e os sapatos dispostos no chão. Para guardar coisas maiores, como mantas, cestos, caixas e bolsas, uma prateleira de madeira foi colocada logo acima. A decoração toda branca, com pequenas interferências de fibras naturais – na cama, com os lençóis de linho, nos cestos de vime – e um vaso com planta verde, ganha cor com as roupas à mostra. Descolado e funcional!

Anúncios

Décor do dia: hall de entrada com decoração campestre

Chegar ou sair de casa é um ritual que sempre depende de como a entrada é organizada. Para otimizar esse movimento diário, este hall de entrada com decoração campestre ganha destaque com o móvel multifuncional: ao mesmo tempo que os gavetões podem guardar sapatos e outros acessórios, sua estrutura também serve de banco. Ali ainda foi criada uma espécie de encosto, com grandes almofadas seguradas por alças de couro, um relógio minimalista e um painel com pintura naturalista. No alto, a mesma lógica de apoio das almofadas segura uma prateleira de madeira com livro – note que ainda há uma luminária industrial para facilitar quando estiver escuro. A meia parededesconstruída em azul esverdeado finaliza a decoração.

Décor do dia: nichos otimizam sala de jantar de apartamento pequeno

Recurso arquitetônico cria visual minimalista e elegante
POR PAULA JACOB | FOTO HEJU/DIVULGAÇÃO

Para otimizar a área social de um apartamento de 55 m² em Paris, o estúdio Heju criou um painel branco que enaltece o pé-direito alto e garante amplitude visual pela presença de luz natural abundante. Na pequena sala de jantar e estar, nichos criados na parede delimitam os espaços da mesa de refeições e do sofá de veludo, revisitando os arcos, elemento da arquitetura clássica que está em alta. A brincadeira com a geometria e os tons claros, em uma paleta que engloba branco, rosa, amarelo, cinza, amadeirado e dourado, resulta em um espaço comum elegante e minimalista. Do outro lado, uma estrutura de madeira clara esconde o sistema de calefação comum dos apartamentos europeus e ainda funciona como armário para pequenos objetos e aparador. Na parede, print geométrico finaliza o décor cool.

Décor do dia: rosa, verde e amarelo na cozinha vintage

Brincadeira com as cores torna o ambiente irreverente
POR PAULA JACOB | FOTO REPRODUÇÃO/PINTEREST

Cozinhas coloridas estão cada dia mais em alta e escolher uma paletapode auxiliar no processo da decoração. Aqui, o verde preenche as paredes e os móveis planejados sob a bancada de mármore para criar um pano de fundo no qual outras tonalidades irão pipocar suavemente. O móvel suspenso possui portas uma de cada cor, variando entre rosaamarelo, pêssego e nude. Cores também presentes no ladrilho geométrico que reveste o piso. O jogo de formas, texturas e tonalidades pastel criam uma cozinha vintage incrível. Os vasos com plantas e cactofinalizam a decoração.

Batek Architekten brinca com tons de cinza e materiais refinados em apartamento de Berlim

O cliente se aproximou da Batek Architekten para cumprir sua idéia de um novo lar em Berlim, que deveria ser “masculino, limpo, mas confortável”.

Kitchen

“Na sala de estar a lareira serve como um chamariz, com seu manto branco contrastando com a lareira preta. Um banco cinza claro, com acabamento em cimento, para assentos ou itens ornamentais passa ao lado dele, para completar o conforto dado pelo mobiliário modernista clássico. Diferentes tons de cinza com leveza variável são usados ​​para todos os elementos arquitetônicos e estruturais em todo o apartamento, destacando perfeitamente os móveis e as obras de arte do proprietário. Dois roupeiros embutidos, com pegas lisas, lineares e integradas, oferecem uma solução de armazenamento minimalista com espaço suficiente para todo o apartamento. Na cozinha, a cor cinza escuro é complementada por uma bancada de terrazo e detalhes em latão, enquanto o guarda-roupa do quarto é colorido em um rosa quente vintage. Este tom pastel é continuado no corredor para o banheiro principal, contrastando com o ambiente do terraço e as delicadas molduras pretas das vidraças. A iluminação em toda a casa foi projetada pela PSLab, com luzes pendentes e arandelas de parede ressaltando o tom masculino ”, explica Batek Architekten.“In the living room the fireplace serves as an eye-catcher, with its white mantle contrasting against the black hearth. A light grey, cement-finished bench for seating or ornamental items runs alongside it, to complete the comfort given by the classic modernist furniture. Different shades of grey with varying lightness are used for all architectural and structural elements throughout the apartment, perfectly highlighting the owner’s furniture and artworks. Two built in wardrobes, with smooth, linear, integrated handles, offer a minimalist storage solution with enough space for the whole apartment. In the kitchen the dark grey colour is complemented by a terrazzo countertop and brass details, while the bedroom wardrobe is coloured in a warm vintage pink. This pastel shade is continued in the hallway to the master bathroom, contrasting with the terrazzo surroundings and the delicate black bezels of the glass panes. Lighting throughout the home was designed by PSLab, with pendant lights and wall sconces underscoring the masculine tone,” exlains Batek Architekten

hs06-apartment-berlin-batek-architekten4
Living room
hs06-apartment-berlin-batek-architekten8
Cement-finished bench
hs06-apartment-berlin-batek-architekten7
Kitchen
hs06-apartment-berlin-batek-architekten3
Terrazzo countertop
hs06-apartment-berlin-batek-architekten5
Kitchen island
hs06-apartment-berlin-batek-architekten2
Bedroom storage & bathroom
hs06-apartment-berlin-batek-architekten6
hs06-apartment-berlin-batek-architekten1

Décor do dia: mix de azulejos no banheiro vintage

Tons de azul, madeira e dourado formam espaço acolhedor
POR PAULA JACOB | FOTO DIVULGAÇÃO

banheiro se tornou um ambiente da casa muito além da funcionalidade: ele é também um espaço para relaxar, descontrair, recarregar as energias – não à toa existe a tendência de banheiros-spa. Aqui, no projeto assinado pelo escritório GRT Architects, o mix de azulejos forma pano de fundo para o banheiro vintage. A estética do antigo apartamento no Brooklyn foi mantida, apenas alguns detalhes e finalizações foram adicionados. A banheira azul clara, por exemplo, é original da construção. Para atualizar o mood, gabinete de madeira com puxadores dourados – revestimento este que se repete nos metais, no detalhe das luminárias e na estrutura da cortina da área de banho. O piso é um charme a parte. A forma hexagonal em azul petróleo possui interferências triangulares em branco, que quando se encontram formam outros desenhos no chão.

Décor do dia: cantinho descanso em tons naturais

Madeira, linho e conexão com a natureza tornam espaço perfeito para descontrair
POR PAULA JACOB | FOTO DIVULGAÇÃO

Uma casa tranquila, térrea e totalmente conectada com o entorno do Hudson River Valley, nos Estados Unidos. Este é o cenário deste cantinho de descanso em tons naturais, decorado pelo escritório Drake/Anderson. Como a residência apresenta linhas limpas e muitas janelas, e teve sua maior inspiração na Farnsworth House, de Mies van der Rohe, a decoração não poderia sair desse minimalismo acolhedor. Com o jardim e as árvores de pano de fundo, emolduradas como um quadro vivo pelas janelas do chão ao teto, o espaço já é convidativo à desconexão. A daybed centralizada na sala sobre o tapete de fibras naturais se torna perfeita para ler um livro, escutar uma música ou apenas tirar um cochilo. Para complementar, armário preto de madeira ao fundo, mesa lateral e vasos com plantas pequenas.