10 jeitos de usar looks estampados segundo o street style internacional

Tem animal print, bolinha, floral, xadrez…
Por Luanda Vieira

copenhagen_str_1_rs19_0237
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

Sua cor favorita é a estampa (ou, como diria Giovana Battaglia, “print is my favorite color“)? Oba! Você tem um motivo para comemorar, pois, se depender das fashionistas que circulam por Copenhague, na Dinamarca, os looks estampadíssimos são os que vão dominar as ruas nos próximos meses. E nós não estamos falando das padronagens convencionais, não! O animal print até aparece (e muito), mas ele vem em peças como o macacão ou em cores inusitadas. Você encararia?

copenhagen_str_2_rs19_0041
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

Sair da zona de conforto na hora de se vestir é um desafio e, abaixo, você encontra 10 fotos para ter como referência e arrasar nas próximas combinações.

Confira:

copenhagen_str_2_rs19_4592
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

Ao invés de estampar uma pecinha ou outra, a padronagem de zebra elevou o patamar com o macacão da fashionista acima.

copenhagen_str_2_rs19_1988
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

O poá já é o nosso velho conhecido, mas poá preto em base verde é novidade, vai? E o mix de estampas com as meias listradas? Amamos!

copenhagen_str_2_rs19_0641
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

Quando o museu vai direto para o nosso vestido queridinho o resultado é cool, cheio de informação de arte e colorido na medida certa.

copenhagen_str_1_rs19_0216
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

Muito mais legal do que escolher uma peça com cor iluminada, é escolher a peça com cor iluminada + padronagem fun!

copenhagen_str_2_rs19_0544
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

Quem falou que o vichy precisa ser só preto e branco? A opção amarela deu bossa ao look com coturno pesado.

copenhagen_str_2_rs19_0268
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

O vestido rosa chiclete ficou ainda mais delicado com as pinceladas em branco. A escolha do sapato determinou o look clássico, mas também poderia ser um tênis, uma bota, uma chinela ou sandália.

copenhagen_str_1_rs19_0016
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

De animal print a gente entende, né? Mas e quando a estampa vem em um fundo azul e com detalhes amarelo?

copenhagen_str_1_rs19_0023
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

Combinar a produção com a amiga nem sempre significa sair com a mesma roupa! As fashionistas acima mostram que apostar no mesmo tom já funciona. Elas ornaram os looks com a camisa estampada da Burberry e um vestido de oncinha.

copenhagen_str_2_rs19_0244
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)

Misturar estampas não é um bicho de sete cabeças e não precisa ser nada exagerado. Dá para investir em uma calça bem estampada e combinar com uma t-shirt com frase divertida.

copenhagen_str_2_rs19_0131
As estampas que estão bombando no street style (Foto: Imaxtree)
Anúncios

Modelos criticam Kendall Jenner após comentário em entrevista

‘Sempre fui seletiva com meus trabalhos, nunca fui uma daquelas garotas que fazem 30 desfiles por temporada’, falou a top para a ‘Love Magazine’

kendall
Kendall Jenner é a modelo mais bem paga do mundo 

Kendall Jenner sempre foi muito criticada pelas pessoas da indústria da moda. Aos 22 anos, ela é a modelo mais bem paga do mundo, já trabalhou para as principais marcas do mercado, como Chanel, Fendi e Versace e já estampou as capas das principais revistas de moda do mundo.

Porém, muitos dizem que o seu sucesso está diretamente relacionado à fama de sua família, as Kardashians, e seus 94 milhões de seguidores no Instagram – e não ao seu talento como modelo.

Para edição de 10 anos da Love Magazine, da qual é uma das capas, Kendall explicou o motivo de não participar de todas as semanas de moda, o que acabou irritando muitas modelos.

“Desde o começo, sempre fui muito seletiva com meus trabalhos. Nunca fui uma dessas garotas que fazem 30 desfiles por temporada, ou o que quer que seja que elas façam. Mais poder à elas”, disse. “Mas eu tenho um milhão de trabalhos, não só desfiles. Toda aquela combinação estava me sobrecarregando e comecei a surtar, precisei tomar um fôlego.”

A frase foi muito criticada por outras modelos. “O que quer que seja que essas garotas fazem é dar o seu máximo para conseguir se sobressair e tentar fazer algum dinheiro para elas mesmas e suas famílias”, escreveu a top Daria Strokous  em seu Instagram Stories. “E são 70 desfiles por temporada, aliás. E estamos muito orgulhosas de todas as garotas que o fizeram.” Ela também compartilhou uma série de fotos de supermodelos como Kate Moss, Coco Rocha e Natasha Poly desfilando, mostrando que a profissão não é só glamour. “Tudo isso só ocorre porque somos destemidas. Trabalhar para todos estes designers é um sonho se tornando realidade, e nada se compara aqueles 10 segundos na passarela.”

Irina Djuranovic escreveu, na mesma plataforma que “nunca me senti tão indireta e publicamente ofendida em minha vida” e Luma Grothe lembrou do começo de sua carreira quando “praticamente passei fome durante três anos. Trabalhava todo santo dia de graça, esperando o dia em que alguém notaria meu trabalho duro e me desse a oportunidade de fazer um desfile.”

Teddy Quinlivan fez um texto explicando o por quê a declaração de Kendall ser problemática. “Se você é uma modelo sortuda, você ganha dinheiro o bastante para não dever para a sua agência; talvez se mude do apartamento das tops. Modelos não vêm de Calabasas… Elas vêm da Somália, da Tundra siberiana, de uma vila rural na China, de um acampamento de trailers no Tennessee…”

Drama de refugiados ganha atenção de revista de moda de luxo

Nova edição de ‘CR Fashion Book’ é estrelada pelas modelos Halima Aden e Gigi Hadid

1534780298280.jpg
Detalhe das duas capas da nova edição da revista ‘CR Fashion Book’, com a modelo refugiada Halima Aden e a top Gigi Hadid Foto: Pieter Hugo/CR Fashion Book/Divulgação

Em tempos de moda com propósito em ascensão, a mais nova edição da CR Fashion Book, a publicação de moda e luxo editada por Carine Roitfeld, investe num drama real em sua mais nova edição: imigração e refugiados.

Em duas capas, uma estrelada pela refugiada somali Halima Aden e outra pela modelo Gigi Hadid, uma das mais populares de hoje com mais de 42 milhões de seguidores no Instagram, ambas usam camisetas da Unicef sob casacos utilitários da Calvin Klein, que evoca os trajes de bombeiros e equipes de resgate – Halima arremata o look usando um capuz/hijab de leopardo na cabeça.

As duas trabalham em parceria com a Unicef, órgão das Nações Unidas que atua para promover a defesa dos direitos das crianças, ajudar a dar resposta às suas necessidades e contribuir para o seu desenvolvimento, e criaram um fundo de arrecadação de doações em crowdrise.com/UNICEFuprooted.

Ao jornal dedicado à indústria da moda, o WWD, a editora afirma que queria promover a missão da Unicef com a nova edição, “especialmente em um ano tão desafiador para crianças e refugiados globalmente”. “Queria celebrar essas duas jovens mulheres apaixonadas, homenageando suas conquistas e a promessa do que elas ainda vão trazer para esta respeitada organização”.

Caryl Stern, presidente da Unicef norte-americana comemora o projeto. “A indústria da moda tem um poder real de acender discussões. Já há mais crianças em fuga hoje em dia do que em qualquer ponto da história desde a Segunda Guerra Mundial e é crucial que iluminemos aqueles que estão ajudando a fazer o mundo um lugar melhor”, afirma. O mais recente relatório da instituição sobre refugiados e crianças migrantes contabiliza cerca de 50 milhões refugiados no mundo.

Na nova edição da revista, Gigi que é filha é de palestino e Halima contam mais de sua relação com a migração e refugiados. Somali, Aden nasceu num campo de refugiados no Quênia. Ela conta como tomou contato com integrantes da Unicef pela primeira vez. “Esqueço os nomes, mas nunca poderei esquecer como eles me fizeram sentir”, diz. Os primeiros meses em solo norte-americano não foram fáceis. Sua mãe não falava inglês e ela diz que chegou a sentir saudades da familiaridade que tinha com o antigo ‘lar’ no campo de refugiados. “Não é insano, isso?”, questiona. “Minha mãe costumava dizer que nossa casa nos expulsou e não vai permitir que retornemos”, lembra. “É por isso que todos os refugiados buscam aceitação. Serei recebida de braços abertos ou serei mandada de volta ou vou ter que suportar algo ainda pior [que de onde eu fugi]?”.

Topshop anuncia coleção em parceria com a Halpern

O brilho para as festas de fim de ano já está garantido!
Por Mariana Inbar

halpern (1)
Halpern – inverno 2018 (Foto: Imaxtree)

Topshop já garantiu o brilho das festas de fim de ano: a rede fast-fashion anunciou nesta segunda-feira (20.08) que sua próxima colaboração será com a Halpern, marca do inglês Michael Halpern, que vem conquistando cada vez mais fãs no tapete vermelho e no meio fashionista com suas criações carregadíssimas no brilho disco-glam.

A coleção limitada Halpern x Topshop chega às lojas em novembro e vai contar com veludos em tons neon, estampas, macacões de paetês e vestidos em camuflados em furta-cor, com preços que começam em £35.

“Acho fabuloso que, enquanto uma marca jovem, temos essa oportunidade de trabalhar com a Topshop, fazendo o tipo de roupa que fazemos para nossa linha principal na Halpern numa faixa de preço mais acessível, para que mais pessoas possam sentir o glamour. Quero que o mundo todo se sinta o mais glam possível, e esse tipo de colaboração é uma maneira fantástica de conseguir isso”, declarou Michael Halpern sobre a dobradinha.

“Nossa coleção-cápsula incorpora o espírito disco e as silhuetas femininas características da marca”, completou Anthony Cuthbertson, diretor de design global da Topshop. Confira uma prévia da coleção abaixo, no vídeo que anunciou a colaboração:

Top Lily Aldridge anuncia gravidez de 2º filho com vocalista Caleb Followill do ‘Kings of Leon’

Lily Aldridge e Caleb Followil são pais de uma menina de seis anos.

illy.jpg
‘Surpresa’, escreveu Lily como legenda da foto em que aparece de biquíni (Foto: Reprodução/Instagram)

A supermodelo americana Lily Aldridge, de 32 anos, anunciou em seu Instagram que está grávida de seu segundo filho com Caleb Followill, vocalista da banda “Kings of Leon”.

“Surpresa”, escreveu Lily como legenda da foto em que aparece de biquíni.

A supermodelo e Caleb são pais de uma menina, Dixie Pearl Followill, de seis anos.

Bella Hadid posa saindo de piscina

Modelo postou fotos em seu perfil do Instagram

bella hadidBella Hadid deixou os mais de 19 milhões de seguidores loucos com seu útlimo post no Instagram. De biquíni, a modelo de 21 anos posou saindo de piscina de mansão e mostrou a cinturinha de pilão e as curvas invejáveis.

“Sua cintura é de morrer”, comentou uma seguidora, impressionada com o corpo da top. “Jesus, me abana”, escreveu outro fã. Outros até arriscaram e foram mais longe: “Me adiciona no Whatspp?”, perguntou um seguidor colocando o número de telefone.