É claro que Gigi Hadid já saiu por aí com um look coral dos pés à cabeça

Como usar a cor de 2019? A top model ensina!

Gigi Hadid (Foto: AKM-GSI)

Enquanto nós, mortais, estamos só começando a reunir referências fashion sobre Living Coral (a cor de 2019 segundo a Pantone), as celebs já estão por aí desfilando suas produções no tom.

Na tarde desta terça-feira, 11, a supermodel Gigi Hadid surgiu em Nova York com um look que a gente poderia copiar agorinha: calça flare, camisa meio aberta, trench coat e escarpim de bico fino. Tudo na mesma cartela de cores, claro: coral!

E aí, vai copiar? [Glamour]

Gigi Hadid (Foto: AKM-GSI)

Anúncios

Anna Wintour é uma das mulheres mais poderosas do mundo

Anna Wintour está entre as 50 mulheres mais poderosas do mundo segundo a “Forbes”

Talvez você já imaginasse que essa informação do título é verdadeira. Mas quem garante é a “Forbes” – a revista, famosa por suas listas, soltou a das “100 Mulheres Mais Poderosas do Mundo”. Os primeiros lugares são ocupados por políticas (a chanceler da Alemanha Angela Merkel e a primeira-ministra do Reino Unido Theresa May). O primeiro nome relacionado à área de moda é Anna Wintour em 48º lugar – antes dela, também tem Oprah Winfrey (20º), rainha Elizabeth 2ª (23º) e a filha do presidente dos EUA Ivanka Trump (24º); mas Anna supera outros nomes como Beyoncé (50º), Taylor Swift (68º) e a roteirista e produtora poderosa da TV americana Shonda Rhimes (74º). 

E caso você tenha se perguntado: não, nenhuma Kardashian-Jenner está entre as 100 primeiras.

Estilista Gosha Rubchinskiy nega acusações de contato inapropriado com menor

O time do estilista Gosha Rubchinskiy nega as acusações

E veio do Instagram Diet Prada (quem mais?), os mesmos que divulgaram a conversa de teor racista de Stefano Gabbana, a nova polêmica da moda. O estilista Gosha Rubchinskiy, incensado pelo mundo da moda, teria solicitado fotos de um rapaz de 16 anos de maneira inapropriada via mensagens de Whats App e Instagram. O DP publicou prints dessas conversas.

O time de Gosha diz que os prints foram alterados e que a origem da conversa seria um casting – ou seja, as fotos teriam sido solicitadas pro rapaz pra checar a possibilidade dele participar de desfile ou fotos profissionais. O comunicado diz: “Gosha tem feito casting no Instagram por muitos anos. É uma prática normal hoje em dia. Sempre pedimos por fotos de rosto, corpo inteiro e sem camisa. Às vezes fotos de roupa íntima são pedidas com a intenção de entender o volume do quadril. Se a pessoa for escolhida por nós, contatamos oficialmente por e-mail. Se é um adolescente, então começamos a conversar com seus pais.”

Acontece que o rapaz alega que não foi avisado que estava sendo sondado pra um casting. Também diz que se sentiu desconfortável quando Gosha pediu as fotos. 

O time ainda defende que recebe “mensagens estranhas” e “fotos inapropriadas” via mensagem direta e, nesses casos, bloqueia as contas e deleta as fotos. Eles descrevem o caso como uma “provocação planejada” e explicam que o estilista “não tem nada a esconder”. 

Gosha é russo, e a idade de consentimento na Rússia é 16 anos. Porém, ter fotos nuas ou mesmo insinuantes de qualquer um que seja menor de 18 é considerado pornografia infantil. As fotos do Insta de Rubchinskiy foram todas deletadas, mas a conta continua no ar.