Monstro do Pântano | Série do DC Universe ganha trailer

Estreia está marcada para maio
ARTHUR ELOI

A série de TV do Monstro do Pântano teve seu primeiro trailer completo liberado pelo DC Universe.

Baseada nas HQs de Len Wein Nernie Wrightson, a trama acompanhará Abby Arcane (Crystal Reed), pesquisadora da Coordenadoria de Controle de Doenças que precisa investigar um vírus originado de um pântano em Houma, Louisiana, com a ajuda do cientista Alec Holland (Andy Bean). Quando este some misteriosamente, a cidade é tomada por forças poderosas com o objetivo de explorar as peculiaridades do pântano, o que faz Arcane perceber que talvez seu colega e interesse romântico não tenha desaparecido – e sim se tornado um protetor monstruoso.

O projeto é roteirizado por Mark Verheiden (ConstantineAsh vs. Evil Dead) e Gary Dauberman (It: A Coisa), com produção da Atomic Monster, a produtora de James Wan (Invocação do Mal). Wan assumirá a produção-executiva ao lado de Verheiden, Dauberman e Michael Clear (Quando as Luzes se Apagam). A direção do piloto é de Len Wiseman, criador da franquia Anjos da Noite – saiba mais.

A série de TV do Monstro do Pântano chega ao DC Universe em 31 de maio.

Anúncios

Canal Apple TV chega ao YouTube para promover conteúdo da plataforma

Agora que o aplicativo Apple TV é uma plataforma completa de conteúdo, nada mais natural do que a Maçã fortalecer as estratégias de divulgação dele e dos filmes e séries presentes no serviço. Como parte desse processo, a gigante de Cupertino tratou de colocar no ar um novo canal no YouTube — apropriadamente nomeado “Apple TV”.

O canal, ao contrário do que se poderia esperar, não é dedicado exclusivamente ao conteúdo original do Apple TV+; em vez disso, ele traz trailers, clipes, vídeos de bastidores, entrevistas e outros materiais de filmes e séries disponíveis no aplicativo Apple TV e em todas as plataformas ligadas a ele, como HBO, Showtime e CBS.

No momento, já temos 55 vídeos disponibilizados no canal; entre eles, uma entrevista com os membros do elenco de “Game of Thrones”, trailers de lançamentos futuros como “O Rei Leão”, “Star Wars: The Rise of Skywalker” e “Coringa”, pequenos clipes da série original “Carpool Karaoke” e uma prévia do Apple TV+ — a mesma que nós vimos no evento da Maçã realizado no mês passado.

Engraçado notar que o canal parece ter sido criado já há quase um mês, mas sua existência só foi notada pelos principais meios de comunicação recentemente; ou seja, não houve nenhuma divulgação por parte da Apple em relação à novidade. Talvez a novidade seja, ao mesmo tempo, mais um prego no caixão do iTunes Movie Trailers — outrora a “central” da internet para o lançamento de prévias de filmes — inclusive com um app para iOS —, mas largado às moscas nos últimos anos.

Por ora, o canal não tem muitas revelações sobre os futuros filmes e séries originais do Apple TV+; conforme essas produções forem tomando mais forma, entretanto, é de se esperar que a Maçã use o YouTube para divulgá-las mais expressivamente. [MacMagazine]

VIA MACSTORIES

The Big Bang Theory | Mayim Bialik faz post comovente sobre o fim da série

Episódio final vai ao ar no dia 2 de junho no Brasil

Mayim Bialik fez um post comovente sobre o fim de The Big Bang Theory. A atriz, que interpreta Amy Farrah Fowler, mostrou seu camarim e deixou uma mensagem emocionante. Confira:

“Meu cantinho no set de The Big Bang Theory na Warner Brothers está sendo desmantelado aos poucos antes do fim da série. Talvez minha caixinha de lenços seja a última coisa”, escreveu.

Recentemente, The Big Bang Theory chegou à produção do episódio 276 e se tornou a comédia multi-câmera mais longeva da TV, batendo Cheers, que tinha o recorde anterior com 275 episódios.

The Big Bang Theory está em sua última temporada. O episódio de encerramento vai ao ar em 16 de maio nos EUA, e em 2 de junho, às 22h no Brasil, no canal pago Warner Channel.

Olhos que Condenam | Série de Ava DuVernay na Netflix ganha trailer legendado

Netflix Brasil divulgou o trailer legendado de Olhos que Condenam(When They See Us), série de Ava DuVernay

A trama é baseada em uma história real e acompanha um caso de cinco adolescentes do Harlem falsamente acusados de estupro.  Michael K. Williams viverá Bobby McCray, pai do adolescente acusado Antron McCray (Caleel Harris); Vera Farmiga será Elizabeth Lederer, procuradora do distrito de Manhattan; e John Leguizamo viverá Raymnond Santana Sr., pai de outro dos acusados.

O roteiro será de DuVernay, que também assumirá a direção de todos os quatro episódios. O lançamento está marcado para 31 de maio. [Camila Sousa]

Sophie Turner se abre sobre depressão: ‘o mais difícil é sair da cama’

Atriz de ‘Game of Thrones’ falou sobre saúde mental em entrevista a podcast ‘Phil in the Blanks’

Sophie Turner é Sansa Stark na série ‘Game of Thrones‘, da HBO (HBO/Divulgação)

A atriz britânica Sophie Turner, que interpreta Sansa Stark na série Game of Thrones, revelou sua luta contra a depressão durante uma entrevista com o psicólogo e apresentador Phil McGraw, no podcast Phil in the Blanks, que foi ao ar na última terça-feira 16.

Turner conversou durante cerca de uma hora sobre sua adolescência e seu trabalho na série da HBO e contou que, durante os últimos cinco ou seis anos, tem lidado com a doença. “O mais difícil é sair da cama, sair da casa”, disse a atriz, antes de completar: “E aprender a amar a si mesma, esse é o maior desafio”.

Game of Thrones foi o primeiro trabalho de Turner na televisão e, nos primeiros anos, a atriz descreve a experiência como “incrível”, algo pelo qual ela mal podia acreditar estar sendo paga. Eventualmente, porém, os pensamentos negativos começaram a se sobrepor aos positivos: “As coisas começaram a ir ladeira abaixo quando entrei no auge da puberdade, lá pelos 17 anos. Foi quando meu metabolismo começou a ficar mais lento e comecei a ganhar peso, e me tornar alvo da fiscalização das redes sociais… Foi aí que a depressão me atingiu”, desabafa.

Apesar disso, a atriz diz não achar que os comentários maldosos na internet foram a principal causa para o problema, mas sim um forte agravante, já que, nesse período, ela se tornou muito consciente da própria aparência. “Eu ficava preocupada com os ângulos da câmera, com meu rosto, meu nariz grande – que todo mundo adorava dizer que eu tinha – e isso simplesmente me afetava.”

A atriz também falou sobre sua amizade com a colega de elenco Maisie Williams, que interpreta sua irmã, Arya, na série, e a quem recentemente convidou para ser sua madrinha de casamento (com o músico Joe Jonas). Segundo ela, Williams também passava pelas mesmas dificuldades e, juntas, elas acabaram se isolando do restante da equipe de forma “destrutiva”. “Por uns dois anos nós não socializamos com ninguém, além de nós mesmas”, admitiu.

Jonas, por outro lado, parece ter sido uma peça-chave para sua recuperação: “Quando alguém diz todos os dias que a ama, você começa a pensar nos motivos que ela tem e isso faz com que você ame a si mesma um pouco mais”.

Ao final, Turner concluiu a entrevista revelando um desejo curioso: o de se juntar à academia de polícia. “Sou fascinada por crimes e por psicologia. Quero entender por que as pessoas fazem o que fazem e como você pode manipular suas palavras e o ritmo de sua fala para fazer alguém confessar – isso me interessa muito”. Um trabalho, por esse ponto de vista, não tão diferente do que ela já faz como atriz.

Depois de Game of Thrones, que chega ao fim no dia 19 de maio, Turner estará nos cinemas em junho como a heroína Jean Grey no longa X-Men – Fênix Negra.

Lena Headey não concordou com sexo do episódio de estreia da 8ª temporada de ‘GOT’

Cena marca acontecimento importante do episódio

Cersei (Lena Headey) na oitava temporada de ‘Game of Thrones’ /Divulgação

Contém spoilers

No fim da sétima temporada de “Game of Thrones” (HBO), o pirata e mau-caráter Euron Greyjoy ( Johan Philip Asbæk) está louco pela rainha Cersei (Lena Headey) e parte em busca de um grande exército para conquistá-la. 

Logo no primeiro episódio desta nova temporada, ele volta com um exército –que não é bem o que ela esperava. No entanto, ele a pressiona para ter uma noite com a rainha, como ela havia prometido.

Para Lena, isso não é o que Cersei faria e ela relutou em gravar a cena, segundo entrevista publicada na Entertainment Weekly. 

“Eu fiquei dizendo: ‘Ela não faria isso, ela não faria isso, ela continuaria lutando, mas os produtores [David Benioff e Dan Weiss] com certeza sabem o que eles estão fazendo e foram inflexíveis sobre Cersei fazer o que ela tinha que fazer”, afirmou a atriz. 

O ator Philip Asbaek disse que a cena rendeu uma longa discussão na equipe. “Seria fora do caráter dela estar com Greyjoy no poder? Nós discutimos isso tanto que quase acabamos achando que talvez fosse demais fazer a cena”, afirmou Asbaek.

No fim, eles decidiram tentar. “Às vezes você tem que mostrar diferentes lados de um personagem, tem que se surpreender como ator, mas também precisa se surpreender como personagem”, completou o ator.

Headey disse que depois da cena, acabou vendo a situação de uma outra perspectiva. “Há algo nisso. Cersei é a última sobrevivente. Ela se recusa a cair de joelhos. Ela vai para o lugar onde ela não quer ir, o que torna a tristeza dela por não ter Jaime [Nikojaj Coster Waldau] por lá ainda mais forte”, afirma a atriz.

O ator Philip Asbaek disse que a cena rendeu uma longa discussão na equipe. “Seria fora do caráter dela estar com Greyjoy no poder? Nós discutimos isso tanto que quase acabamos achando que talvez fosse demais fazer a cena”, afirmou Asbaek.

No fim, eles decidiram tentar. “Às vezes você tem que mostrar diferentes lados de um personagem, tem que se surpreender como ator, mas também precisa se surpreender como personagem”, completou o ator.

Headey disse que depois da cena, acabou vendo a situação de uma outra perspectiva. “Há algo nisso. Cersei é a última sobrevivente. Ela se recusa a cair de joelhos. Ela vai para o lugar onde ela não quer ir, o que torna a tristeza dela por não ter Jaime [Nikojaj Coster Waldau] por lá ainda mais forte”, afirma a atriz.

‘Game of thrones’: reestreia bate recorde de audiência nos EUA

Cena de ‘Game of thrones’ (Foto: HBO)

A estreia da última temporada de “Game of thrones“, no último domingo, foi o episódio mais assistido da história da série nos EUA, com 17,4 milhões de espectadores. O número reúne a audiência da TV e das plataformas HBO GO e HBO NOW.

Dos 17,4 milhões, 11,8 assistiram ao episódio “Winterfell” em sua exibição original na TV. É a melhor média de uma estreia da produção.

O recorde de audiência anterior pertencia ao último episódio da sétima temporada, “The dragon and the wolf”, exibido em 2017. O capítulo somou 16,9 milhões de espectadores em sua audiência total.

No Brasil, a HBO não divulga dados de audiência. [Gabriela Antunes]