She-Hulk e Demolidor trocam provocações (e socos) em clipe inédito

Advogados finalmente se encontrarão no próximo episódio da série
MARIANA CANHISARES

Entertainment Tonight divulgou um clipe inédito do próximo episódio de She-Hulk, que dá uma prévia do tão aguardado encontro da heroína com o Demolidor; confira acima.

O Marvel Studios, por sua vez, se manteve no tom da série e trollou seus espectadores mais uma vez. Prometendo mostrar “o personagem que todos esperavam”, o estúdio revelou o visual do Sapo, isto é, o alter-ego de Vincent Patilio; veja:

Encaminhando-se para sua reta final, a série mostra que a advogada de super-heróis pode estar em perigo após a descoberta de um fórum na internet chamado Inteligência, onde um grupo de anônimos misóginos planeja um atentado contra ela. A identidade do seu líder, identificado apenas como HulkKing, ainda não foi revelado.

She-Hulk é exibida às quintas, no Disney+

Kerry Washington dirige série sobre advogada preta: ‘Não podia errar’

Americana usou experiência como atriz em ‘Até que se Prove o Contrário’, mas só detrás das câmeras
VITOR MORENO

Kerry Washington

Mais conhecida como atriz, ela assina a série como produtora executiva, além de também ter dirigido o episódio piloto. A trama acompanha a advogada Jax Stewart (Emayatzy Corinealdi), que precisa equilibrar a carreira de sucesso, construída com base em uma ética por vezes questionável, com a vida pessoal.

Apesar da descrição, que pode soar parecida com a de outras séries sobre advogados, a criadora Raamla Mohamed diz que aposta em um diferencial. “Muitas vezes, os dramas legais são focados no trabalho, na profissão dos personagens, e mostram pouco da vida pessoal”, conta. “Para mim, essa série é sobre conseguir coordenar carreira, amizades, casamento e filhos. Todas essas coisas que nós, mulheres, precisamos balancear.”

Washington e Mohamed já se conheciam há bastante tempo, tendo trabalhado juntas em “Scandal” (2012-2018) e na minissérie “Little Fires Everywhere” (2020). “Para mim, ela foi uma das principais razões para eu querer fazer essa série”, confessa a atriz. “Nós duas meio que crescemos juntas nessa indústria.”

Além disso, ela revela que a protagonista da história é baseada em uma pessoa real, a americana Shawn Holley, que se destacou no caso O.J. Simpson e tem diversas celebridades como clientes. “Ela é muito especial e dinâmica”, conta. “Quando a conheci, fiquei muito animada de trabalhar em uma série que explorasse a complexidade do trabalho e da vida dela.”

Essa animação em participar do projeto, no entanto, se resumia a ser produtora executiva. Ela confessa que, inicialmente, não tinha intenção de dirigir o primeiro episódio —até então ela só havia se aventurado na direção de três episódios de séries— e que só aceitou depois de muita insistência da criadora.

“Não queria dirigir o piloto porque é muita pressão”, afirma. “Eu amo muito a Raamla e não queria desapontá-la. Sentia que é uma série especial e, apesar de já ter dirigido algumas coisas, nunca tinha dirigido um piloto. Sou muito grata a ela por ter acreditado e me feito aceitar. Ela não aceitou não como resposta.”

Porém, a experiência acabou sendo bastante prazeroso. “Meu trabalho como diretora foi servir a toda a equipe”, conta. “Quis garantir que meus parceiros produtores se sentissem representados, ouvidos, inspirados e gratos. Queria que a visão da Raamla ganhasse vida e honrar a imensa criatividade que estava no roteiro. Eu só precisava não pisar na bola!”

Emayatzy Corinealdi (esq.) e Angela Grovey em cena de 'Até Que Se Prove o Contrário'
Emayatzy Corinealdi (esq.) e Angela Grovey em cena de ‘Até Que Se Prove o Contrário’ – Divulgação

Emayatzy Corinealdi, 42, que dá vida à protagonista, elogiou a condução da colega. “Todos conhecemos a Kerry Washington atriz, então poder trabalhar com ela do outro lado foi um ótimo mimo”, conta. “Como diretora, ela tinha noção do que cada cena necessitava, a gente se entendia sem precisar falar. Ela foi muito intuitiva e presente.”

Sobre o papel de Jax Stewart, a atriz comemora o fato de poder interpretar alguém tão complexo. “O que dá muita textura aos personagens é a possibilidade de explorar diferentes facetas deles”, avalia. “Uma das minhas coisas favoritas é o fato de ela estar inserida em diferentes círculos. Acho que a vida é assim.”

“Estamos falando de uma mulher que precisa equilibrar tudo isso e que, ao mesmo tempo, tem a coragem de errar”, continua. “Esse é o tipo de coisa que eu gosto de ver na TV, não é algo que vemos sempre.”

“ATÉ QUE SE PROVE O CONTRÁRIO”

  • Quando Primeiro episódio disponível on demand
  • Onde No Star+
  • Classificação 16 anos
  • Elenco Emayatzy Corinealdi, McKinley Freeman, Tim Jo, Angela Grovey, Thaddeus J. Mixson, Aderinsola Olabode e Michael Ealy, entre outros.

“Abracadabra 2 é um sonho que se realizou”, diz Bette Midler

Atriz defende sequência desde que se deu conta de que o primeiro filme era um fenômeno
MARIANA CANHISARES

Sarah Jessica Parker, Bette Midler e Kathy Najimy

Não eram só os fãs de Abracadabra que torciam pelo retorno das irmãs Sanderson às telas: a própria atriz Bette Midler defende uma continuação do filme do diretor Kenny Ortega há anos. Por isso, para ela, o lançamento de Abracadabra 2 “é como um sonho que se realizou”.

“Quer dizer, desde que eu percebi que era realmente um fenômeno, comecei a perguntar para as pessoas se elas não estavam interessadas em uma sequência. Foi há muito tempo, há 15 anos ou algo do tipo. Então cá estamos”, afirmou, durante a entrevista coletiva global do longa.

Depois de quase 30 anos, Midler reprisa o papel de Winnie ao lado das velhas companheiras de bruxaria Sarah Jessica Parker e Kathy Najimy e de Doug Jones, que mais uma vez vive o ex-amante de duas das irmãs, Billy Butcherson.

Cena pós-créditos de Abracadabra 2 deixa portas abertas para nova sequência
Contrariando a expectativa dos moradores de Salem, o trio ganha uma nova chance de vingança. Mas, além de encontrar um mundo ainda mais moderno, elas têm como adversárias três melhores amigas que adoram o Halloween, interpretadas por Whitney Peak (Gossip Girl), Lilia Buckingham (Crown Lake) e Belissa Escobedo (American Horror Stories).

Dirigido por Anne Fletcher (A Proposta), Abracadabra 2 já está disponível no Disney+.

American Horror Story: New York City ganha nova arte e data de estreia

11º temporada estreia nos Estados Unidos em 19 de outubro
GIOVANNA BREVE

Hulu/Divulgação

A 11º temporada de American Horror Story recebeu um novo pôster e data de estreia. Com o subtítulo New York City, a antologia de terror chega em 19 de outubro pelo FX e Hulu nos Estados Unidos, sem confirmação no Brasil. A série ganhou junto com a data uma prévia de arrepiar.

Por enquanto, ainda não há informações sobre o enredo do novo ano, mas alguns rostos conhecidos retornarão como Zachary Quinto (parte do elenco da série entre 2011 e 2013), Billie Lourd (entre 2017 e 2021) Isaac Powell (em 2021) e Patti LuPone (em 2013). Também terá outros colaboradores recorrentes, como Sandra Bernhard (Pose), Joe Mantello (The Normal Heart), bem como Charlie Carver (Ratched).

Criado por Ryan Murphy e Brad FalchukAmerican Horror Story é um drama de antologia que redefiniu o gênero de terror apresentando contos que se passam desde um asilo assustador, coven de bruxas, show de horrores itinerante, um hotel assombrado e o próprio apocalipse.

American Horror Story: New York City estreia nos Estados Unidos em 19 de outubro, no Brasil a série é exibida no Star+.

She-Hulk descobre que “nem todo homem” quer seu mal… só o Josh

Em episódio sobre segundas chances, Jen se permite ser vulnerável com homens e se surpreende ao encontrar apoio em grupo liderado por Abominável
MARIANA CANHISARES

She-Hulk/Marvel Studios/Reprodução

Jen Walters (Tatiana Maslany) tem todos os motivos para desconfiar dos homens à sua volta. Se antes de se transformar em She-Hulk ela já lidava com o machismo no ambiente profissional, com colegas como Dennis Bukowski (Drew Matthews) duvidando das sua capacidade, mesmo ela tendo se provado de novo e de novo, e com abordagens no mínimo suspeitas, a exemplo do “flerte” nada inocente no episódio de estreia, a situação ficou ainda mais difícil depois que ficou gigantona e verde. O ódio nas redes ao que chamaram de “mais uma heroína”, o fetiche e o desejo de torná-la uma cobaia só terminaram por sedimentar a sensação de que é arriscado ser vulnerável perto deles, e a advogada levantou sua guarda.

Por isso, quando Josh (Trevor Salter) surgiu no casamento da sua “amiga”, parecia que ela tinha finalmente encontrado alguém bacana. Não que Jen não soubesse que “nem todo homem” é babaca, até porque ela convive com caras bem legais, como Pug (Josh Segarra) e seu pai (Mark Linn-Baker) — o que, convenhamos, é bem contraintuitivo. Mas pela primeira vez alguém demonstrou interesse romântico por ela mesma, despida de poderes e atenção midiática. Infelizmente, em “O Retiro”, a frustração veio novamente, mas se ela serviu de alguma coisa foi para mostrar de uma vez por todas que a heroína pode se permitir um pouco de vulnerabilidade.

Veja bem, longe de mim minimizar a revelação do final do episódio: o fato do Josh trabalhar para o misterioso HulkKing e ter aproveitado a noite para conseguir a amostra de sangue é enfurecedor em tantos níveis — porque, mais grave do que a quebra de confiança, é a materialização de que as ameaças à vida da She-Hulk de repente ficaram muito reais. Contudo, a série usa o sumiço inicial do então pretendente como uma oportunidade de fazer a protagonista se abrir. Afinal, até do público ela se distanciou neste episódio. Nas figuras do Abominável (Tim Roth) e do líder reformado da Gangue da Demolição (Nick Gomez), duas pessoas que talvez ela não devesse se expor dado seus históricos recentes contra ela e sua família, ela encontra apoio e dá mais um passo para se aceitar por inteiro. Quem diria que o retiro de Emil Blonsky, um lugar onde se penduram frases motivacionais como “hoje é hoje”, seria realmente efetivo?

Agora, não apenas Jen/She-Hulk está mais confiante do que nunca para enfrentar seus adversários, como ela tem uma nova legião de aliados. Se eles estavam dispostos a descer a mão no Josh quando achavam que tudo o que ele tinha feito era dar ghosting nela, imagina agora? Há, ainda, a sempre fiel e esperta Nikki (Ginger Gonzaga), Wong (Benedict Wong) e a aparição mais aguardada da temporada: o Demolidor (Charlie Cox). O Josh e o HulkKing que se preparem, porque Jen definitivamente não está sozinha.

She-Hulk é exibida às quintas, no Disney+.

Chucky aterroriza convento em novos pôster da 2ª temporada; confira

Série retorna em 5 de outubro nos Estados Unidos
GIOVANNA BREVE

A segunda temporada de Chucky ganhou novos pôsteres em que mostra o boneco assassino em busca de aterrorizar os jovens Jake Wheeler (Zackary Arthur), Devon Evans (Björgvin Arnarson), Lexy Cross (Alyvia Alyn Lind) e Padre Bryce (Devon Sawa); veja abaixo:

Na trama do novo ano, após ter seu plano diabólico arruinado, Chucky está atrás de vingança contra os adolescentes. Tudo isso enquanto precisa lidar com a ex-mulher, Tiffany (Jennifer Tilly), agora sua inimiga mortal.

Brad Dourif retorna para dar voz a Chucky, e a série também conta com a volta de Christine Elise (Kyle), Alex Vincent (Andy), e Fiona Dourif (Nica) ao elenco.

No Brasil, é possível acompanhar Chucky pelo Star+. A segunda temporada estreia em 5 de outubro nos Estados Unidos.

Wandinha Addams negocia com Mãozinha em prévia da série

Produção estreia na Netflix em novembro
PEDRO HENRIQUE RIBEIRO

A série Wandinha, focada na personagem da Família Addams, ganhou uma nova prévia no Tudum. A produção da Netflix tem estreia confirmada para 23 de novembro. Confira o vídeo acima.

Além de Ortega, o elenco de Wandinha ainda conta com Catherine Zeta-Jones, Luis Guzmán, Gwendoline Christie, Christina Ricci e muito mais. A história é descrita como “um mistério com toques sobrenaturais que acompanha a trajetória de Wandinha como aluna da Escola Nunca Mais.”

Wandinha será lançada em 23 de novembro na Netflix.

Rainha Charlotte conhece George em 1ª prévia da derivada de Bridgerton

Revelação da cena foi feita durante o Tudum, evento de anúncios da Netflix
JULIA SABBAGA

Queen Charlotte: A Bridgerton Story (ou Rainha Charlotte: Uma História Bridgerton), spin-off de Bridgerton totalmente focado na personagem título, teve a sua primeira prévia revelada durante o Tudum. A cena, que mostra o primeiro encontro entre Carlota e George, pode ser conferida acima. 

De acordo com o comunicado da plataforma, “a minissérie será escrita por Shonda Rhimes e contará a história de amor da rainha com o Rei George e todas as mudanças sociais que o casamento dos dois causou no universo de Bridgerton.” 

India Amarteifio, conhecida por uma breve aparição em Sex Education, viverá a protagonista. Além disso, o ator estreante Corey Mylchreest interpretará o jovem rei George. A intérprete da rainha em Bridgerton, Golda Rosheuvel, também fará aparições na minissérie, junto às colegas Adjoa Andoh, que interpreta a Lady Agatha Danbury e Ruth Gemmell, que vive Lady Violet Bridgerton. Além disso, a atriz Arsema Thomas interpretará uma versão mais jovem da Lady Danbury.

Completam o elenco os atores Sam Clemmett (Cherry), Richard Cunningham (Rogue One), Tunji Kasim (Nancy Drew), Rob Maloney (Casualty), Cyril Nri (The Bill) e Hugh Sachs (Mentes Diabólicas).

No spin-off, a jovem Charlotte é prometida ao misterioso rei da Inglaterra totalmente contra sua vontade. No entanto, quando chega a Londres, a realeza percebe que ela não era exatamente o que esperavam de uma futura Rainha.

Queen Charlotte ainda não tem previsão de estreia anunciada, mas será lançada em 2023.

Enola e Sherlock Holmes trabalham juntos em trailer da sequência

Millie Bobby Brown apresentou a prévia durante o Tudum
JULIA SABBAGA

Millie Bobby Brown Henry Cavill estão de volta no primeiro trailer de Enola Holmes 2, divulgado pela própria protagonista durante o Tudum, evento de anúncios da Netflix. A prévia, que mostra a personagem escapando de perigos e eventualmente investigando o mesmo caso que seu irmão – Sherlock Holmes – pode ser conferida acima. 

Anteriormente, a Netflix havia divulgado a sinopse do longa: “Agora uma detetive de aluguel, Enola (Millie) assume seu primeiro caso oficial para encontrar uma garota desaparecida, enquanto as faíscas de uma perigosa conspiração acendem um mistério que requer a ajuda de amigos – e do próprio Sherlock (Cavill) — para desvendar”.

Gabriel Tierney e a estreante Serrana Su-Ling Bliss também atuarão no filme. O longa inédito também terá o retorno de Harry Bradbeer na direção, e de Jack Thorne no roteiro.

Enola Holmes 2 chega à Netflix em 4 de novembro de 2022.