iPhone 11 vai custar entre R$ 5 mil e R$ 9,6 mil no Brasil

Modelos chegam às lojas em 18 de outubro
Por Bruno Romani – O Estado de S. Paulo

iPhone 11 chega ao Brasil a partir de R$ 5 mil 

A nova linha de iPhone, que inclui o iPhone 11, o iPhone 11 Pro e o iPhone Pro Max, já tem preço no Brasil. A Apple anunciou que os aparelhos vão custar entre R$ 5 mil e R$ 9,5 mil. Os aparelhos chegam ao varejo no dia 18 de outubro.

Mais simples dos três, o iPhone 11 vai custar R$ 5 mil (64 GB), R$ 5,2 mil (128 GB) e R$ 5,8 mil (56 GB). O iPhone 11 Pro, custará R$ 7 mil (64 GB), R$ 7,8 mil (256 GB) e R$ 9 mil (512 GB). O iPhone 11 Pro Max sairá por R$ 7,6 mil (64 GB), R$ 8,4 mil (256 GB) e R$ 9,6 mil (512 GB).

Em comparação ao ano passado, a nova família de telefones está mais barata – os preços caíram entre R$ 200 e R$ 400. Os descontos maiores ficaram com os modelos mais caros. O iPhone XR, que pode ser comparado ao iPhone 11, tinha preços que variavam entre R$ 5,2 mil (na versão com 64 GB de armazenamento) a R$ 6 mil (256 GB) – há ainda uma versão intermediária, por R$ 5,5 mil (128 GB de armazenamento).

O iPhone XS, comparável 11 Pro, custava R$ 7,3 mil (64 GB), R$ 8,1 mil (256 GB) e R$ 9,3 mil (512 GB).  O iPhone XS Max, antecessor do 11 Pro Max, custava R$ 8 mil (64 GB), R$ 8,8 mil (256 GB) e R$ 10 mil (512 GB). 

Anúncios

Startup Vitta cria plano de saúde especial para empresas de inovação

Baseada em um sua própria necessidade, a startup de saúde Vitta oferece serviço com direito a atendimento online 24 horas por dia
Por Giovanna Wolf – O Estado de S. Paulo

O plano de saúde da Vitta para startups conta com a parceria das seguradoras Omint e Unimed

Para acompanhar a rotina de empresas que respiram tecnologia, a startup Vitta acaba de lançar um plano de saúde voltado especificamente para startups. Fundada em 2014 com o objetivo de facilitar o trabalho do médico com prontuários eletrônicos, a companhia começou a entrar no ano passado na área de planos de saúde e agora ataca esse novo nicho.

Feito em parceria com as seguradoras Omint e Unimed, o plano de saúde da Vitta para startups é um produto digital, que conta com atendimento por telemedicina durante 24 horas pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. Além disso, o aplicativo da empresa centraliza os dados de saúde do usuário, integrando digitalmente prontuários médicos, resultados de exames e prescrições de remédios. 

“Com o crescimento no número consultórios usando a plataforma, percebemos que poderíamos construir um ecossistema de saúde onde os pacientes estariam no centro do cuidado”, afirma o presidente executivo da empresa, João Gabriel Alkmim. A Vitta administra hoje o plano de saúde empresarial de 70 mil pessoas e mais de 8 mil funcionários entraram em setembro na lista de espera pelo plano para startups. 

A empresa diz que já recebeu R$ 35 milhões em investimentos, desde sua fundação. Alkmim explica que a ideia de criar um plano de saúde voltado às startup nasceu de uma dor da própria Vitta. “Enfrentávamos alto preços e grandes burocracias ao contratar um plano de saúde para nosso time”, diz o executivo. A empresa afirma que o seu modelo vai incluir pessoas jurídicas na apólice. 

A Vitta diz que já levantou R$ 35 milhões em investimentos
A Vitta diz que já levantou R$ 35 milhões em investimentos

Modo noturno chegou no Instagram; veja como ativar no iPhone

Sistema pode ser ativado nas configurações do iOS 13

Instagram lançou modo noturno 

O Instagram, na atualização para iOS 13, disponibilizou o modo noturno para os seus usuários. A mudança foi feita para suavizar a rolagem no Feed e do uso do Stories, pois elimina as bordas brancas da rede social. Além disso, o visual preto ajuda na economia de bateria e traz mais conforto em ambientes escuros.  

O modo noturno está disponível para o iOS 13 na versão 114.0 do app do Instagram. No caso do sistema do Google, o modo noturno estará disponível em celulares com Android 10 – o sistema ainda não está disponível para a maioria dos celulares no País; apenas a linha Pixel, do Google, já pode ser atualizada. 

Para ativar o modo noturno no iPhone é preciso ir até os ajustes do iOS e acessar a opção “Tela e Brilho”. Ao visualizar as opções de tema do sistema, selecione a opção “Escura” e toda a aparência do iOS será trocada. Depois disso, abra o Instagram e veja se o modo foi ativado. Caso queira desativar o tema, volte a configuração do iOS e ative a aparência clara do sistema. 

Suprema Corte dos EUA rejeita apelo da Amazon sobre ação de funcionários

Terceirizados querem ser pagos pelo tempo em que são submetidos avaliações de segurança após seus turnos
Por Agências – Reuters

Amazon teve apelo rejeitado em ação envolvendo funcionários terceirizados

A Suprema Corte dos EUA rejeitou nesta segunda-feira, 7, ouvir a oferta da Amazon para evitar uma ação judicial que visa a garantir que trabalhadores em centros de logística da gigante de comércio eletrônico sejam pagos pelo tempo em que são submetidos a extensas avaliações de segurança após seus turnos.

Os juízes rejeitaram um apelo da Amazon e de uma empresa terceirizada em uma decisão de primeira instância que reacende reivindicações de trabalhadores de acordo com a lei do Estado de Nevada, EUA. A decisão vem cinco anos após o Supremo Tribunal emitir decisão no caso que barrou reivindicações similares de acordo com a lei federal.

Um grupo de trabalhadores centros de logística da Amazon, que embalam e enviam mercadorias, entrou com uma ação coletiva em 2010 contra a Integrity Staffing Solutions, empresa de funcionários terceirizados da Amazon.

Eles buscaram indenização por submeterem-se ao que chamavam de triagens obrigatórias do tipo “segurança de aeroporto pós 11 de setembro”, destinadas a impedir que funcionários roubem mercadorias. Os trabalhadores disseram que a triagem leva cerca de 25 minutos para ser concluída.

A Amazon chamou a descrição do protocolo dos requerentes de “grosseiramente imprecisa” em documentos judiciais.

Na decisão de 2014, a Suprema Corte decidiu que, de acordo com uma lei de 1947 que alterava a Lei Federal de Padrões de Trabalho Justo, as empresas não precisam pagar aos funcionários pelo tempo que passam em verificações de segurança.

Os trabalhadores então pressionaram com suas alegações usando a lei estadual e adicionaram a Amazon como ré. O caso foi consolidado com ações similares no tribunal federal de Kentucky.

EUA impõem sanções a startups chinesas de inteligência artificial

Governo chinês estaria sendo punido por seu tratamento a minorias muçulmanas
Por Agências – Reuters

Startups como a Sensetime estão em lista de alvos de sanções

O governo dos Estados Unidos ampliou a lista de sanções comerciais para incluir algumas das maiores startups de inteligência artificial da China, punindo o governo chinês por seu tratamento a minorias muçulmanas e elevando as tensões antes de conversas comerciais de alto nível em Washington nesta semana.

A decisão norte-americana, que provocou uma repreensão dura de Pequim, visa 20 agências de segurança pública chinesas e oito empresas, incluindo a companhia de vigilância com vídeo Hikvision e as líderes da tecnologia de reconhecimento facial SenseTime Group e Megvii Technology.

A ação impede as empresas de comprarem componentes de companhias norte-americanas —algo potencialmente debilitante para algumas delas— e segue o mesmo esquema usado pelos EUA em sua tentativa de limitar a influência da Huawei devido ao que diz serem motivos de segurança nacional.

Autoridades dos EUA disseram que a ação não tem relação com a retomada das negociações comerciais com a China nesta semana, mas não sinaliza nenhum relaxamento da postura linha-dura do presidente Donald Trump enquanto as duas maiores economias do mundo tentam encerrar sua guerra comercial de 15 meses.

O Departamento de Comércio disse em um documento que as “entidades foram implicadas em violações de direitos humanos e abusos na implantação da campanha de repressão, nas detenções em massa arbitrárias e na vigilância de alta tecnologia da China contra uigures, cazaques e outros membros de grupos muçulmanos minoritários”.

“O governo dos EUA e o Departamento de Comércio não podem e não irão tolerar a supressão brutal das minorias étnicas dentro da China”, disse o secretário de Comércio, Wilbur Ross.

A China disse que os EUA deveriam parar de interferir em seus assuntos. O país continuará a adotar medidas firmes e resolutas para proteger sua segurança soberana, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Geng Shuang, em um boletim de rotina à imprensa, sem dar detalhes.

A Hikvision, que tem um valor de mercado de cerca de 42 bilhões de dólares, se classifica como a maior fabricante mundial de equipamento de vigilância com vídeo.

A SenseTime, avaliada em cerca de US$ 4,5 bilhões, é um dos unicórnios de inteligência artificial mais valiosos do planeta, e a Megvii, que tem apoio da gigante de comércio virtual Alibaba, está avaliada em cerca de US$ 4 bilhões e se prepara para lançar ações na bolsa para arrecadar ao menos US$ 500 milhões em Hong Kong.

Aba Seguindo do Instagram está com os dias contados

Empresa diz que ferramenta será aposentada, pois pouca gente sabia que ele existia

Instagram removerá aba Seguindo 

Até o final desta semana vai ficar um pouco mais difícil bisbilhotar a vida dos amigos no Instagram. A rede social removerá a aba Seguindo, local que exibe as postagens que seus amigos estão curtindo, comentando e seguindo. A empresa já havia removido a seção de alguns usuários em agosto. Agora, o Instagram confirmou ao site BuzzFeed News que o recurso será retirado para todos os usuários até o fim da semana. Após a mudança, o ícone do coração, que hoje mostra as seções Você e Seguindo, mostrará apenas a sua atividade.

De acordo com o diretor de produto do Instagram, Vishal Shah,  a janela foi removida por uma questão de simplicidade e pelo fato de a maioria dos usuários não conhecer o recurso. “As pessoas não sabem que suas atividades aparecem para os seus seguidores. Portanto, temos um caso em que não apenas a ferramenta não está servindo para o que criamos, mas também causa surpresa às pessoas quando descobrem que suas atividade estão aparecendo para os seguidores ”, disse Vijai Shah ao BuzzFeed News

O Instagram anunciou a mudança uma semana após lançar um novo aplicativo, o Threads. A ideia é que o novo app rivalize com o Snapchat e funcione para que os usuários conversem com seus melhores amigos. Por meio do Threads, será possível compartilhar imagens, vídeos e até localização. Você seleciona uma lista de amigos, e as mensagens só são enviadas para esse grupo de pessoas mais próximas. O novo produto estará disponível em breve tanto para Android, quanto para iOS.   

Apple anuncia recall de iPhone 6s e iPhone 6s Plus

De acordo com a empresa, sistema de energia de celulares produzidos entre outubro de 2018 e agosto de 2019 tem falha que impede funcionamento
Por Ana Luiza de Carvalho – O Estado de S. Paulo

Apple anunciou recall de iPhone 6s e 6s Plus 

A Apple vai realizar reparos gratuitos em modelos do iPhone 6s e do iPhone 6s Plus que apresentam falhas no sistema de energia. O problema pode impedir os celulares de permanecerem ligados. O comunicado de recall foi publicado na página da companhia na sexta-feira, 04. Ainda não há informação de quantos aparelhos podem ter sido afetados.

De acordo com a Apple, o recall será realizado para aparelhos fabricados entre outubro de 2018 e agosto de 2019. Os iPhones terão garantia por até dois anos após a venda do aparelho nas lojas, o que significa cobertura de outubro de 2020 a agosto de 2021, dependendo da data da compra. A garantia vale apenas para a falha que motiva o recall.

Para saber se o iPhone precisa de reparo, o usuário deve inserir o número de série do celular no site da Apple e procurar uma assistência técnica autorizada para confirmar o diagnóstico. Em seguida, o celular deve ser enviado à Apple Repair Center por correio, de acordo com as instruções da empresa. 

Qualquer outro problema que impeça o reparo do componente, como tela quebrada, deve ser solucionado pelo usuário antes do recall. Quem já precisou mandar o celular para o conserto anteriormente por causa da falha no sistema de energia pode solicitar um reembolso à Apple.

Atualmente, apenas as séries iPhone 8 e XR fazem parte do catálogo oficial da Apple e estão disponíveis para compra no site, além dos lançamentos da família iPhone 11. Porém, ainda é possível encontrar o iPhone 6s e o iPhone 6s Plus em varejistas.