A Farm agora tem uma linha de tênis!

150117-farm-tenis-1-455x600

Conhecida por suas estampas florais, vestidos leves e clima praiano, a Farm lança agora uma linha de tênis para levar esse clima também para as ruas! São 100 modelos e tem para todos os gostos: de cano alto, baixo, flaform, com brilho, básicos e cheios de estampas (claro!). Abaixo um pouco mais dessa novidade, que chega às lojas em março, custando cerca de R$ 279.
Farm: (21) 2540-0082

Anúncios

Heathers | Remake para TV é oficializado

heathers_ly3IxJu.jpg

O remake para a TV de Atração Mortal (Heathers, 1988) foi oficializado pelo canal TV Land. A adaptação é do roteirista Jason Micallef (Butter: Deslizando na Trapaça), que escreveu o roteiro do piloto e será o produtor principal do programa. Leslye Headland (Dormindo Com as Outras Pessoas) assina a direção e a produção-executiva do piloto.

O original era uma comédia sombria com direção de Michael Lehmann, protagonizada por Winona Ryder e Christian Slater. A história mostrava Veronica (Ryder) e uma panelinha de meninas malvadas e populares do colegial – todas de nome Heather. Depois de conhecer J.D. (Slater), garoto novo no colégio, Veronica começa a se rebelar e as Heathers passam a morrer “acidentalmente”, assassinadas por Veronica e J.D., que disfarçam as mortes de suicídio. Como era de se esperar, as coisas logo começam a fugir do controle.

A nova versão é estrelada por Grace Victoria Cox, que precisa lidar com um novo grupo de Heathers. O elenco também conta com James ScullyMelanie FieldBrendan Scannell e Jasmine Mathews. Shannen Doherty, que integrava o elenco do filme original, fará uma participação na série.
Ainda não há uma data definida para a estreia.  [Natália Bridi]

Bilheteria EUA: Estrelas Além do Tempo, La La Land, Sing, Rogue One – Uma História Star Wars, The Bye Bye Man

hidf

Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures) manteve a primeira posição conquistada na semana passada, quando desbancou Rogue One – Uma História Star Wars. Foram mais US$ 20,4 milhões arrecadados no fim de semana prolongado pelo feriado em honra de Martin Luther King Jr., chegando a um total de US$ 54,83 milhões somados em quatro semanas em cartaz.

O longa adapta o livro Hidden Figures: The Story of the African-American Women Who Helped Win the Space Race e conta a história de Katherine Johnson (Taraji P. Henson), uma matemática que, junto com suas amigas, foram o cérebro por trás de uma das maiores operações dos EUA – o lançamento do astronauta John Glenn em órbita e seu retorno em segurança. Octavia Spencer e Janelle Monáe completam o elenco principal, que tem ainda Kirsten DunstKevin Costner e Jim Parsons.

O lançamento no Brasil é previsto para 02 de fevereiro de 2017.

Impulsionado pela temporada de prêmios, La La Land – Cantando Estações subiu para a segunda posição arrecadando US$ 14,5 milhões e chegando a um total de US$ 74 milhões nas bilheterias.

O longa explora uma versão contemporânea do sonho de fazer sucesso em Los Angeles. Focando no romance entre uma aspirante à atriz (Emma Stone) e um pianista (Ryan Gosling), a ideia é passar uma noção mais real de quem são as pessoas que vão à cidade para tentar dar certo no showbusiness. J.K. Simmons, Jessica Rothe, Sonoya Mizuno e Callie Hernandez completam o elenco. Damien Chazelle,de Whiplash: Em Busca da Perfeição, é o diretor. O lançamento está previsto no Brasil para 19 de janeiro.

Na terceira posição ficou Sing – Quem Canta Seus Males Espanta, que arrecadou mais US$ 13,81 milhões e já passa de US$ 233 milhões na bilheteria dos EUA. Sing já está em cartaz no Brasil.

Rogue One – Uma História Star Wars também ficou na quarta posição com US$ 13,75 milhões arrecadados. O longa já soma US$ 498 milhões na bilheteria doméstica, sendo a maior arrecadação nos EUA em 2016. Mundialmente, o longa deve bater a marca do 1 bilhão nesse fim de semana.

O filme se passa pouco antes do Episódio IV – Uma Nova Esperança e conta a história de um grupo de Rebeldes que parte em missão para roubar os planos da Estrela da Morte. Felicity Jones (Jyn Erso), Diego Luna (Capitão Cassian Andor), Donnie Yen (Chirrut Imwe), Jiang Wen (Baze Malbus), Riz Ahmed (Bohdi Rook), Alan Tudyk (K 2SO), Ben Mendelsohn (Diretor Orson Krennic) e Forest Whitaker (Saw Gerrera) também estão no elenco, entre outros. Gareth Edwards (Godzilla) é o diretor. Rogue One já está em cartaz no Brasil.

Única estreia da semana no TOP 5, o terror The Bye Bye Man ficou com a quinta posição. O filme somou US$ 13,37 milhões para um orçamento de US$ 7,4 milhões. O longa ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

“O estilo parisiense do século 21 é uma mistura de culturas”

 

moda-realPara Estelle Bersier, 22 anos, o mito de que a parisiense possui um dom especial para vestir-se bem não é nada importante. Ela não está nem aí para convenções e sim para o fato de que Paris é hoje uma cidade cheia de referências vindas de todas as culturas que vivem por aqui. Como quase todas as jovens de sua geração, inseridas no meio do espetáculo e da moda, o lance é construir um estilo único através de compras em lojas de segunda mão, o que lhe permite ter acesso a peças de marca por preços muito aquém do que em uma loja normal e complementar com básicos do fast fashion. Em um ping-pong por e-mail, Estelle respondeu nossas perguntas para nos ensinar um pouco mais do estilo de vida dessas jovens que vivem na Paris do século 21. [Ana Garmendia]

Vivendo na Capital da Moda, qual é a sua relação com ela?
Eu sou diplomada pelo Estúdio Berçot. A parte disso, faço escolhas para me vestir comprando em lojas no centro da cidade, entre Châtelet e Hotel de Ville. Existem muitas pequenas lojas de segunda mão muito simpáticas como Free’p’star, Kilo shop, Hippy market e Episode. Tem também a Kiliwatch que é um pouco mais cara, mais sofisticada.

Quando você se prepara para sair, qual a sua prioridade ? Você foca mais na sua maneira de vestir ou na sua beleza, maquiagem, etc?
Acho que temos que estabelecer um equilíbrio entre os dois, mas confesso que “paro” mais na questão do estilo, do vestir. A beleza já é mais subjetiva.

O que é indispensável para você?
Sendo fã de tênis, eles são sempre indispensáveis para meu look.

O que é o mais importante no seu look?
Estar bem dentro dos meus tênis!

Você tem um ícone de moda?
Não.

Quais são seus bons endereços para passear e se divertir em Paris?
O Comptoir Général é um bar à beira do canal St-Matrin que vale conhecer. Depois eu sempre passo no Tiny. É um bar que promove exposições de novos artistas na Bastilha! E os coquetéis são maravilhosos!

É verdade que as parisienses limitam sua alimentação?
Sim! Vivendo em Paris para estudar moda eu posso afirmar que, ao menos dentro desse setor, é verdade.

Perguntas rápidas

Marca preferida?
Vetements.

Um pintor?
O suíço Aloïse Corbaz.

Qual a sua música favorita?
Essencialmente o rap americano.

Um ícone masculino?
2pac.

Kate Middleton finalmente conhece namorada de Harry, diz jornal ‘The Sun’

kate-middleton-meghan-markle-mainKate Middleton e Meghan Markle, a nova namorada do príncipe Harry

O grande encontro finalmente aconteceu: Meghan Markle, a nova namorada do príncipe Harry, conheceu Kate Middleton e a princesa Charlotte, segundo informações do jornal “The Sun“.

A apresentação das duas se deu na última terça-feira, um dia depois de a duquesa de Cambridge completar 35 anos. A atriz americana, que há dois meses conheceu William, deu um presente para a concunhada: um diário de couro.

“Kate estava ansiosa para conhecer Meghan e sabia o quanto isso era importante para Harry”, disse uma fonte do jornal. “Diana morreu quando ele ainda era muito jovem, e Kate tem esse papel maternal, esse papel de irmã. Eles são muito próximos, e o príncipe leva em consideração a opinião dela sobre as namoradas”.

Meghan e Harry assumiram a relação em outubro do ano passado, quando ele divulgou um comunicado pedindo respeito à privacidade dos dois. Segundo a imprensa internacional, o casal se conheceu em Toronto, no Canadá, onde é filmada a série “Suits”, que tem Meghan como estrela. A americana, de 35 anos, já foi casada, de 2011 a 2013, com o produtor de cinema Trevor Engelson.

O estilo de vida do criador do Snapchat, Evan Spiegel

São Paulo – Quando o Snapchat começou a ganhar popularidade, muitos se perguntaram qual era o propósito de uma rede social na qual as fotos e textos desapareciam em segundos.

No entanto, o app ganhou o gosto de jovens e adolescentes, cansados das redes sociais convencionais. Isso porque os fundadores também eram bastante jovens. Evan Spiegel tinha apenas 22 anos quando criou a rede social, enquanto ainda era um estudante universitário.

Historicamente, fotografias são usadas para registrar e guardar grandes momentos da vida. O Snapchat, com fotos que se autodestroem em poucos segundos, quebra com conceito, explica Spiegel em um vídeo. “No Snapchat, usamos as fotos para conversar”, diz ele. “É uma expressão instantânea de onde estou e do que estou sentido”, explica.

Evan Spiegel é o bilionário mais novo a construir sua própria fortuna. Com 26 anos, ele tem US$ 2,1 bilhões, de acordo com a Forbes.

Ao contrário de outros bilionários de tecnologia mais discretos, Spiegel é conhecido por aproveitar sua riqueza. Dono de uma mansão de US$ 12 milhões em Los Angeles onde mora com sua noiva, a supermodelo Miranda Kerr, ele se presenteou com uma Ferrari depois de uma rodada de investimentos bem-sucedida na startup.

Infância e juventude
Assim como muitos bilionários no mercado de tecnologia, Spiegel foi uma criança tímida e com poucos amigos. Construiu seu primeiro computador quando ainda era pré-adolescente e passava os fins de semana nos laboratórios da escola. “Meu melhor amigo era o professor de computação, Dan”, disse ele em entrevista a Forbes.

Ele veio de uma família de classe alta na Califórnia. Sua mãe, Melissa, estudou direito em Harvard e seu pai, formado em Yale, atuou como advogado para grandes nomes, como Sergey Bin, do Google, e a Warner Bross. Com o divórcio dos pais, se mudou para a casa do pai, de onde saiu apenas para fazer faculdade e para morar com sua noiva.

Ele começou a estudar design de produtos em Stanford em 2010, onde conheceu Bobby Murphy, que estudava matemática e ciências da computação. Ele seria seu futuro sócio no Snapchat, criado em 2011 como um projeto para uma aula. Reggie Brown também foi um dos fundadores, mas deixou a companhia.

E, da mesma forma como outros empreendedores, Spiegel deixou a faculdade em 2012 para se dedicar exclusivamente ao Snapchat.

Zuckerberg vs. Spiegel
Pela pouca idade e por também ter abandonado a universidade para criar uma rede social, Evan Spiegel é comparado com Mark Zuckerberg, fundador e presidente do Facebook.

Zuckerberg também achou que os dois eram bastante semelhantes, tanto que enviou pessoalmente um e-mail a Spiegel, demonstrando interesse em conhecê-lo. Spiegel, no alto de seus 22 anos, respondeu: adoraria encontrá-lo, se você vier até mim.

O primeiro encontro ocorreu quando a startup ainda era uma recém-nascida, em 2013. Zuckerberg mostrou um novo produto que a rede social iria lançar, o Poke, que compartilhava imagens efêmeras.

“Era basicamente como se ele dissesse ‘nós vamos massacrar vocês’”, disse Spiegel em entrevista a Forbes.

Mas ele não cedeu. Assim que retornaram ao escritório, Spiegel e o cofundador Bobby Murphy encomendaram um livro para todos os seis funcionários da empresa. Era “A Arte da Guerra” de Sun Tzu.

Logo em seguida, o presidente do Facebook fez uma oferta para comprar o Snapchat por US$ 3 bilhões. Spiegel disse não.

Hoje, a companhia tem mais de 1.000 funcionários em três continentes, valor de mercado de US$ 25 bilhões e está preparando uma oferta pública de ações para o primeiro trimestre de 2017.

No entanto, Zuckerberg ainda não desistiu da briga. O Instagram, rede social que foi comprada pelo Facebook, lançou o Stories em agosto do ano passado, uma aplicação muito semelhante ao Snapchat.

Poucos meses depois, veio o contra-ataque do Snapchat, o seu primeiro produto físico.

Na Califórnia, de óculos escuros
Spiegel começou a namorar a super modelo Miranda Kerr em 2015 e logo ficaram noivos.
Na primeira viagem do casal – para Big Sur, região na Califórnia, Estados Unidos – ele começou a testar um novo produto, que foi a primeira investida da companhia em hardware.

Ele filmou todo o trajeto de sua caminhada nas montanhas, mas não com a câmera do seu smartphone. Ele usou óculos esculos, que receberam duas pequenas câmeras e conexão com o smartphone.

O aparelho grava vídeos de 10 segundos em primeira pessoa e os vídeos são circulares, mais semelhantes ao olho humano, diz Spiegel.

“Estávamos andando por entre as matas, pisando em galhos e troncos, olhando as árvores maravilhosas. Quando vi as filmagens mais tarde, eu podia visualizar minha própria memória. Era inacreditável. Uma coisa é ver as imagens de uma experiência que você teve, mas outra é ter a experiência da própria experiência. Foi o mais perto que já cheguei de me sentir como se estivesse lá, de novo”, disse na ocasião da inauguração do produto.

Ao mesmo tempo em que lançou os Spectacles, companhia mudou o seu nome para apenas Snap Inc., para sinalizar que é maior do que o aplicativo Snapchat. O aparelho começou a ser vendido em novembro por US$ 129. [Karin Salomão]