Truques para decorar espaços pequenos

sala-sofa-tv-janela-branco-neutro-tijolos-aparentes-cortina-poltrona
Projeto do arquiteto Alan Chu (Foto: Djan Chu/Divulgação)
Por Tamires Lietti e Bruna Menegueço
“Evite móveis muito grandes para não comprometer a circulação. O tamanho do mobiliário deve ser proporcional ao do espaço. Tons neutros são bem-vindos, ao passo que cores escuras podem dar a sensação de que o espaço é menor. Se tiver uma parede livre, instale um espelho, pois é um recurso mais em conta e que amplia o ambiente.” Patrícia Pasquini, designer de interiorescozinha-arquiteta-luciana-fioratti-designer-de-interiores-luiza-simoes-neutro
Projeto da arquiteta Luciana Fioratti e da designer de interiores Luiza Simões, da 2L Arquitetura e Interiores (Foto: Edu Castello/Editora Globo)
Anúncios

Contornar os lábios com tons metálicos é a onda do momento

labios-glitter
Os lábios contornados com brilho são destaque (Foto: Reprodução/Instagram)

O brilho está muito em alta na maquiagem, vide a tendência da boca de glitter, e os lábios parecem mesmo ser o destaque dessa trend. Agora, por exemplo, a onda não é completar a boca com muito brilho, mas sim fazer um contorno em tons metálicos.

Segundo a Marie Claire norte-americana, o look apareceu primeiro no começo do ano, no desfile da Vionnet, em Paris, com um traço dourado no contorno dos lábios. Para conseguir o look não é preciso um produto específico – apesar da maquiadora Pat McGrath ter levado todas à loucura com o seu lip kit metálico –, você pode usar um delineador para contornar a boca.

Pigmentos e até mesmo sombras podem também ser usadas para criar a produção (basta usar o pincel embebido em um pouco de demaquilante). No caso, tanto o prata quanto o dourado são válidos.

Mas, se para você um contorno metálico ou de glitter é demais, existe um outro lado da tendência que é mais discreto, porém igualmente diferente: usar um tom em cima do lábio na região conhecida como ‘cupid bow’, isto é, o ‘V’ da boca.

É possível investir em um traço mais grosso e marcado na região, para deixar a área bastante em destaque, e combinar o tom com um batom vermelho ou vinho, gerando contraste. Ou ainda usar uma cor mais suave e um traço bem mais fininho, apenas para deixar a área mais iluminada e a boca com um aspecto mais volumoso.

Estilista brasileira Barbara Casasola veste Beyoncé e Kate Middleton

Barbara Casassola.jpegA estilista gaúcha Barbara Casassola, 32, nome mais quente da moda brasileira no exterior
Divas pop e princesas não costumam operar no mesmo radar da moda. Uma gaúcha, no entanto, subverteu essa lógica e conseguiu, “sem dar nada de graça”, vestir da cantora Beyoncé, 35, a Kate Middleton, 34.

O que Barbara Casasola, 32, percebeu depois de trabalhar como assistente do italiano Roberto Cavalli e como consultora da See by Chloé era que “não havia roupa de festa para uma mulher elegante a partir das 18h. Em geral, é tudo bordado, muito exagerado”.

A receita parece simples. Mas o caminho não foi. 14 anos atrás Barbara trabalhava como vendedora da M.Officer em Porto Alegre, à noite pegava uma “kombi” até Novo Hamburgo para estudar numa faculdade de moda.

Aos 19 anos foi estudar na capital inglesa e, um ano depois, entrou no prestigioso Istituto Marangoni, em Milão. Hoje, é o nome mais quente da moda brasileira no exterior e peça-chave do renascimento da semana de moda de Londres.

Barbara é brasileira, mas sua marca é tão inglesa quanto Burberry e Vivienne Westwood. Desde a primeira coleção, lançada em 2011, até o modelo de malha italiana usado pela duquesa de Cambridge, um tomara-que-caia “off-white” com grafismos inspirados nos desenhos das tribos indígenas do Amazonas, a moda da estilista é produzida e focada no hemisfério norte.

Foi o rigor do minimalismo, combinado a referências da cultura brasileira, que atraiu olhares exigentes e multimarcas de luxo. A mistura esperta de roupa recatada com pele aparente abriu mercado para Barbara. “Percebe como tudo na moda está tão vulgar? Acho que me dei bem exatamente porque ofereço um contraponto.”

A qualidade da matéria-prima é outro ponto alto. Os tecidos de sua marca homônima são exclusivos e confeccionados em parceria com fornecedores de grifes de luxo da França e da Itália, fator que explica as mais de 1.000 libras que custam as peças mais trabalhosas.

Tanto na loja paulistana Choix quanto no e-commerce Farfetch, dois raros canais de venda brasileiros que vendem Barbara Casasola, os produtos da estilista não saem por menos de R$ 4 mil.

A próxima etiqueta que Barbara colará numa peça terá o escrito ‘made in Brazil’. “Depois de muita pesquisa”, decidiu produzir suas primeiras peças de “jeanswear” no país natal. “O Brasil tem os melhores jeans do mundo,” afirma a designer, sem cravar qual será o preço dos modelos. Uma confecção paulista fornecerá as peças.

“Tenho licença para me apropriar do meu país, algo que muitos estilistas brasileiros não fazem, enxergando tudo o que vem de fora como sendo melhor”, diz. E acrescenta: “Ser brasileiro, na moda, é uma grande vantagem”. [Pedro Diniz]

CHAOS: Cara Delevingne ama essa nova marca de cases para iPhone

cara chaos.png

Depois de trabalhar na Fendi e na Victoria’s Secret, a dupla de stylists Charlotte Stockdale e Katie Lyall decidiram alçar voo solo com uma nova marca. Juntas, elas fundaram a CHAOS, uma etiqueta especializada em acessórios práticos que está ganhando o coração do mundo fashion.

chao.jpg

Os cases de iPhone personalizáveis (carro-chefe da grife que já conquistou a top e atriz Cara Delevingne) são feitos de couro e têm mood superdivertido. Em várias cores, eles também podem vir em versões com frases ou figuras fun. Os preços? Tudo até ‎£ 185 no site da marca ou no e-commerce MatchesFashion. [Pedro Camargo]

Coach lança livro como parte das comemorações de 75 anos

coach-turns-75-discover-their-archives_t9289d5fc
Coach: A Story of New York Cool (Foto: Reprodução)

75 anos é muito tempo. Que o diga a Coach, marca-símbolo do lifestyle nova-iorquino que renasceu sob o comando de Stuart Vevers, diretor criativo da label desde 2013, e que completa a impressionante idade neste 2016.

Como parte das comemorações, a grife já havia anunciado um desfile especial para o dia 08.12, onde apresentará as coleções de inverno 2018 masculina e de pre-fall 2017 feminina. Agora, foi também divulgado um luxuoso livro publicado pela Rizzoli. Batizado Coach: A Story of New York Cool, o volume é resultado da pesquisa de Joel Dinerstein, que se debruçou sobre o acervo da marca por dois meses e já havia feito a curadoria da expo American Cool, do Smithsonian, em 2014. coach-a-story-of-new-york-cool-book3
A obra é dividida em três partes e relaciona o contexto sociocultural dos Estados Unidos e do mundo à evolução da marca.

O cor-de-rosa foi o tom preferido do street style de 2016

fashion_week_streets_0916_ldnfws_02_imx_176_hr.jpg

Não tem como escapar, mesmo que você não seja a maior fã do cor-de-rosa, saiba que o tom foi o preferido das fashionistas durante este ano. Até porque, foi se o tempo em que esta paleta representava doçura ou qualquer coisa do gênero.

Em 2016, o rosa apareceu de mil maneiras diferentes que fazem a cabeça desde quem ama o estilo girlie até as punks (a designer Molly Goddard e seus vestidos de tule são a maior prova disso). Por isso, separamos looks que mostram exatamente esta nova gama de possibilidades da cor para você se inspirar e deixar o preconceito de lado. [Pedro Camargo]

Maquiagem com pontos dourados é aposta moderna para dias de festa

ensaio.beauty.brenda17833.jpgEsqueça a velha associação entre dourado e o visual perua: resgatado em definitivo por Pat McGrath, o nobre metalizado extravasou com louvor as fronteiras do maximalismo e agora enfeita com tranquilidade até o make da mais discreta das mulheres graças ao seu uso cool e que implica aplicações comedidas em áreas estrategicamente interessantes do rosto.

“A ideia era não fugir do ouro!”, dispara Vicente Lujan, expert por trás da (literalmente) brilhante maquiagem minimalista da história, “deixando a beleza fresh e contemporânea” sem abrir mão do metal.

“A minha intenção foi’criar’ produtos com cara de maquiagem a partir de elementos usados para arte em geral, deste o transfer de peças de gesso como o que eu usei nos lábios até as fuligens douradas usadas para dar textura”, explicou o beauty artist.

Fotografado por Hugo Toni e estrelado pela modelo Brenda Pivatto, o shoot que você confere ao longo da página promete te colocar no clima das festas de fim de ano num piscar de olhos.Victoria Marchesi

Fotografia: Hugo Toni
Beleza: Vicente Lujan (SD)
Modelo: Brenda Pivatto (Way)
Assistente de fotografia: Gustavo Azevedo
Retouch: Victor Wagner