O editorial exclusivo da coleção de fim de ano da Roberto Cavalli

img_2103.jpg

A Roberto Cavalli já está com a sua coleção de fim de ano nas araras das lojas do Brasil e, para comemorar, a marca italiana preparou um shooting especial feito em solos nacionais por Aderbal Freire. As peças estampadas, recheadas de brocados, rendas e detalhes, são perfeitas para quem quer passar um fim de ano glamouroso.
Confira as imagens feitas com a modelo Vanessa Damati abaixo. [ELLE]

Anúncios

Cartel 011 e À La Garçonne se unem em editorial inédito

cartel-011-para-nike_2.jpg

Quando dois dos maiores representantes da moda urbana paulista decidem se juntar para um editorial, já podemos imaginar que fotos incríveis virão por aí. A multimarcas Cartel 011, que reúne em suas araras nomes quentes e emergentes da cidade, e a À La Garçonne, de Fabio Souza e Alexandre Herchcovitch, quiseram explorar, através das fotos, a ocupação de espaços de grandes metrópoles por jovens que curtem esportes como basquete e parkour. A ideia veio para divulgar a chegada no modelo Nike Air Force 1 Special Field na loja.

“Como a ALG já faz parte de nosso portifólio de marcas e faz uso de uma estética militar para o upcycling de uniformes através de pinturas manuais de cordas, enxergamos o link perfeito para o editorial de lançamento do modelo NIKE AIR FORCE 1 SPECIAL FIELD”, diz Cristian Resende, do Cartel 011. O lançamento do tênis, que veio com referências militares e nas cores verde oliva, off white, camelo e preto, está marcado para o dia 17.12, às 17h, na unidade de Pinheiros.
ELLE divulgou com exclusividade as imagens:

Fotografia: Tavinho Costa
Direção de arte e concepção: Cristian Resende, Fernando Sapuppo e Andre Frenesi
Styling: Mauricio Ianês
Beleza: Amanda Schön
Produção executiva: Ciça Machado

Casa-móvel autossustentável pode ir para qualquer lugar do mundo

1-casa-movel-autossustentavel-pode-ir-para-qualquer-lugar-do-mundo1.jpgQuando vê essas pessoas que largam tudo para viajar o mundo, você fica morrendo de vontade de embarcar na mesma loucura? Entrar nesse tipo de aventura pode ficar mais confortável com a Ecocapsule. Ela é pequena, mas possui tudo o que uma casa precisa ter: torneiras, chuveiro com água quente, banheiros com descarga e uma cama para descansar – e acomoda dois adultos.2-casa-movel-autossustentavel-pode-ir-para-qualquer-lugar-do-mundo

Ela foi criada pelo escritório eslovaco Nice Architects e, além de ter o mínimo de conforto necessário, é sustentável. Sua superfície é coberta por placas fotovoltaicas e há também uma turbina eólica. As duas estruturas garantem a energia necessária para o seu funcionamento. Uma bateria ainda armazena o excedente energético para uso posterior, garantindo o abastecimento.3-casa-movel-autossustentavel-pode-ir-para-qualquer-lugar-do-mundo

A água também vem de forma sustentável. A forma esférica da Ecocapsule é otimizada para recolher água da chuva e do orvalho. O líquido passa por um filtro e pode ser usado para recurso humano. O mesmo processo é feito para limpar água de outras fontes.4-casa-movel-autossustentavel-pode-ir-para-qualquer-lugar-do-mundoA minicasa se encaixa em qualquer contêiner de tamanho padrão e também pode ser transportada através de reboque. Dá para ir para qualquer lugar do mundo levando a sua própria casa junto e desfrutar dos seus benefícios em lugares paradisíacos como um deserto, uma montanha ou uma praia mais afastada. Mariana Conte5-casa-movel-autossustentavel-pode-ir-para-qualquer-lugar-do-mundo

Oscar 2017: Academia tem nova chance de trazer diversidade entre indicados

fences-foto

Denzel Washington e Viola Davis no filme “Fences”, dirigido pelo próprio ator
Hollywood se despede de um ano marcado pela polêmica sobre a falta de diversidade na premiação do Oscar, que em algumas semanas tem a chance de virar o jogo e se tornar o melhor antídoto para as críticas sobre a pouca presença de minorias entre os filmes prestigiados pelos membros da Academia.

À espera da confirmação oficial, que virá com o anúncio das indicações ao Oscar no dia 24 de janeiro, as previsões apontam para vários atores e atrizes negros na disputa pelas estatuetas douradas na próxima edição da cerimônia.

Dois nomes que não faltam em nenhuma das apostas são os de Denzel Washington e Viola Davis pelo drama “Fences”, baseado no livro de August Wilson ganhador do Pulitzer, cuja adaptação teatral ma Broadway já foi feita por ambos em 2010.

Denzel Washington pode entrar na disputa do prêmio de melhor filme (como produtor), melhor diretor e melhor ator, enquanto Viola Davis parte como favorita em melhor atriz coadjuvante, categoria que também poderia contar com outra atriz negra, Ruth Negga (“Loving”).

Na categoria de melhor ator coadjuvante, Mahershala Ali (“Moonlight”) é visto pelos especialistas como um dos atores com mais chances de levar a estatueta.

Viola Davis pode ser acompanhada por Naomie Harris (“Moonlight”) e Octavia Spencer (“Estrelas Além do Tempo”) na disputa de melhor atriz coadjuvante, uma quantidade de nomes que ajudará a atenuar uma situação que afetou consideravelmente a Academia de Hollywood.

A bomba explodiu em 14 de janeiro, quando a instituição não incluiu nenhum ator ou atriz de pele negra pelo segundo ano consecutivo nas indicações ao Oscar, apesar de haver 20 artistas em disputa entre as categorias de melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante e melhor atriz coadjuvante.

Essa situação levou à criação da hashtag #Oscarssowhite (Oscar tão branco) nas redes sociais em 2015, e, um ano depois, se ampliou como #OscarsStillSoWhite (Oscar ainda tão branco).

Spike Lee e Jada Pinkett-Smith, esposa de Will Smith, foram os primeiros a se manifestar e disseram que não compareceriam à cerimônia do Oscar em sinal de protesto.
O mesmo foi feito pelo sempre crítico Michael Moore e Will Smith, que argumentou que “a diversidade é o ‘superpoder’ da América”. Inclusive Tyrese Gibson e o rapper 50 Cent pediram a Chris Rock, o apresentador da cerimônia, que desistisse da função.

Reese Witherspoon (“eu gostaria ver um grupo mais diverso entre os membros eleitores da Academia”), Lupita Nyong’o (“decepcionada pela falta de inclusão nas indicações”) e David Oyelowo (“a Academia não reflete o que é esta nação”) também se juntaram à polêmica.

Viola Davis, indicada ao Oscar por “Dúvida” (2008) e “Histórias Cruzadas” (2011), retratou com clareza a situação e disse que “os prêmios Oscar são um sintoma de um problema muito maior, que é o sistema de produção de filmes em Hollywood”.
“As oportunidades não se equiparam ao talento existente. Há de haver muitas mais oportunidades. É preciso investir nisso”, criticou durante o programa “Entertainment Tonight”.

Viola Davis se tornou no ano passado a primeira mulher negra a ganhar um Emmy como melhor atriz em uma série dramática, por “How to Get Away With Murder”.
Em seu discurso de agradecimento afirmou que “A única coisa que separa as mulheres negras de qualquer outra pessoa é oportunidade”, e que “não dá para ganhar um Emmy por papéis que, simplesmente, não existem”.

Em junho, a Academia de Hollywood convidou 683 pessoas como novos membros da organização, número que duplica o do ano passado. Desses novos integrantes, 46% são mulheres e 41% são pessoas de negros, informou a entidade.

Solange Knowles faz performance visualmente impactante de medley na TV; assista

solange.jpg
por Rolling Stone EUA

Solange Knowles promoveu uma apresentação visualmente impactante de um medley de duas faixas do elogiado novo disco dela, A Seat at the Table (2016). “Rise” e “Weary” ganharam vida no programa The Tonight Show With Jimmy Fallon e o vídeo já está na internet (assista abaixo).

Durante a performance, Solange – que recentemente foi indicada a um Grammy pela canção “Cranes in the Sky” – e banda vestiram vermelho para combinarem com o pano de fundo do palco, que era também vermelho, com um círculo gigante que se encaixou como uma auréola em torno da cantora.

A Seat at the Table é o primeiro disco cheio de Solange em oito anos. O álbum dá sequência ao EP True, de 2012, que marcou a transição de soul psicodélico para um R&B com pitadas de indie rock. O álbum traz colaborações de Lil Wayne, The-Dream, Kelly Rowland, Q-Tip, BJ the Chicago Kid e André 3000.

Assista à performance de Solange abaixo.

Morena Baccarin vence disputa judicial contra ex-marido e poderá trazer filho ao Brasil, diz ‘TMZ’

morena 4b6f1b48b479366931185c39d9f60759.jpg

A justiça americana deu ganho de causa à atriz Morena Baccarin na disputa judicial que ela enfrentava contra seu ex-marido.

A atriz, que é brasileira e vive em Los Angeles, tem um filho de três anos com o ator Austin Chick e uma bebê de nove meses com o atual noivo, Ben McKenzie.

Chick queria impedir que ela trouxesse o filho deles ao Brasil para visitar os avós, temendo que a criança fosse exposta ao vírus zika.

Para conseguir a autorização que o pai se recusava a dar, mesmo com liberação do pediatra, ela precisou entrar com pedido na justiça. A ação chegou ao fim nesta quinta-feira (15), segundo o “TMZ”.

Casa de campo aconchegante tem parede de tijolos e soluções sustentáveis

living_parede_tijolo_tapete_bege.jpg
O living reflete o projeto como um todo recheado de aconchego. O assoalho em madeira, a parede de tijolos de demolição e a lareira fazem contraponto com o pé-direito-alto do ambiente (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)

Coube a arquiteta Heloisa Losi o desafio de unir sustentabilidade e tradição neste projeto de 455 m² em Botucatu, no interior de São Paulo. Os tijolos que revestem o ninho foram restaurados de uma construção de 1904, assim como a mesa que decora o hall de entrada. Ela foi usada durante anos pelo pai do morador, que era marceneiro, e ganhou a companhia de objetos da época.

A exigência dos moradores, um casal de empresários da área gastronômica com um filho e dois pets, não parou no uso de materiais sustentáveis. Eles também pediram por uma casa clara, com muito verde e com a possibilidade de aproveitar ao máximo a vista que o condomínio proporciona. Esse, aliás, foi a parte mais difícil. Helloisa usou estratégias que valorizam a circulação interna do ar, como o uso do pé-direito alto e a projeção de janelas e portas no sentido leste e oeste, de forma cruzada, mas sem perder a privacidade. [Marina Paschoal com Bruna Menegueço]

SUSTENTABILIDADE

Falando em sustentabilidade, uma cisterna foi construída no telhado. Deste modo, toda água da chuva é recolhida e reaproveitada para limpeza dos pisos, manutenção do jardim e descarga.

DICA DA ARQUITETA

Para quem deseja uma casa de campo, a dica da Heloisa é inovar. Não é preciso se prender ao rústico. Aproveite para projetar ambientes amplos e integrados, favorecendo o convívio da família e dos amigos.

fachada_pé_direito_alto (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)A fachada foi projetada para valorizar os carros do morador, que é colecionador. Com pé-direito-alto e muito verde, a casa tem garagem revestida de tijolos com detalhes em ladrilho hidráulico. A madeira usada na estrutura do telhado foi certificada pelo Ibama, exigência dos moradores, que visavam um projeto sustentável (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)
porta_entrada_madeira (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)A parede de tijolos de demolição emoldura e destaca a porta de entrada, peça antiga de pinho-de-riga, comprada em um antiquário. Na imagem, um dos pets curte o seu cantinho preferido (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)
living_parede_tijolo_mesa_centro_madeira (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)No living aconchegante, a poltrona em aço corten combina com os detalhes da decoração e as mesas de apoio, de peroba rosa. O tapete, de algodão, proporciona a sensação de conforto. As peças de coleção da família, como o rádio e o relógio, espelham um pouco da personalidade dos moradores. Móveis da Star Home, plantas da Cuesta Jardins e iluminação da Ilustres (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)
mesa_cadeira_restaurados (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)Logo no hall de entrada, é possível a encontrar a mesa de marceneiro, que foi do pai do proprietário. A peça foi combinada a objetos pessoais que também fizeram parte do passado da família, como a caixa registradora toda adornada com suculentas, a balança antiga e o moedor de pimenta. A poltrona retrô de ferro dá o toque especial ao ambiente (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)
sala_jantar_mesa_vidro (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)Na sala de jantar, a mesa de cristal belga é herança dos pais da moradora. As cadeiras Tonart de palhinha natural equilibram e destacam a tapeçaria as obras de arte no ambiente, como o relógio kuko e, ao fundo, o cabideiro antigo (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)
banheiro_ladrilho_hidráulico_azul (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)No lavabo, o destaque fica para a cor azul. O tom está presente na cuba de porcelana, na parede e nos detalhes do chão, nos ladrilhos hidráulicos que foram feitos sob encomenda. A bancada é de madeira de demolição (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)
cozinha_branca_vermelho (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)A cozinha tem paleta de cores nos tons branco e preto, com destaques em vermelho, como as cadeiras, alguns eletrodomésticos e utensílios. O objetivo foi neutralizar o ambiente e dar ênfase a luz natural e a vista externa (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)
churrasqueira_espaço_gourmet (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)A área gourmet, que é integrada à cozinha, é um dos ambientes mais utilizados pela família e amigos. Por isso, tudo foi pensado para a família que adora cozinhar: forno, churrasqueira e bastante espaço (Foto: Evelyn Muller/Divulgação)