Imperdível! Assine UFW – R$3,00/mês ou R$30,00/ano

UFW – O Universomovie Forward traz um olhar diferente sobre moda, beleza, cultura, lifestyle, tech, arquitetura, design, advertising.

Vogue-Portugal-Nika-Rusakova-Filip-Koludrovic-8

Assine o Universomovie Forward pelo valor de R$3,00/mês ou R$30,00/ano (após o pagamento, envie um email para assinanteufw@gmail.com), você receberá diariamente exclusivas sobre moda, arquitetura/design, tecnologia, lifestyleAlém de garantia de participação em sorteios no site.

PARTICIPE!

BANCO SANTANDER AG 3373 C/C 1089030-7

Em nome de RENATO CEZARIO

Daniel Graham Hack Latest Summer Beauty Editorial Exclusively for Fashion Editorials

Model: Annemara Post at Model Management.

Photographer: Daniel Graham Hack. Stylist: Nicole Smallwood. Makeup & Hair: Camilla Hewitt at One Represents using SUQQU & Leonor Greyl. Model: Annemara Post at Model Management.

Black Bikini High Waisted Bikini Eres
White Dress one Shoulder Dress Christopher Kane
Long cream dress Dress Philosophy di Lorenzo Serafini Earring Sam Ubhi
Bikini Adriana Degreas
Black polka dot Top Philosophy di Lorenzo Setafini Bikini top Melissa Odabash Earring Sam Ubhi
Long cream dress Dress Philosophy di Lorenzo Serafini Earring Sam Ubhi
Bikini Adriana Degreas
Anúncios

Campanha para Nike dá segundo Grand Prix a agência Akqa fundada há cinco anos no Brasil

Equipe da Akqa recebe Grand Prix, o segundo de 2019, em Cannes (Foto: Soraya Ursine/Estadão)

Um nome diferente vem aparecendo com cada vez mais frequência na lista das premiações mais importantes do Cannes Lions – Festival Internacional de Criatividade. É o da agência Akqa, que chegou ao mercado há cinco anos e foi formada por executivos que saíram da Ogilvy Brasil. A empresa ganhou nesta quarta-feira, 19, seu segundo Grand Prix (Grande Prêmio) do festival em 2019, na categoria Media Lions, com uma campanha feita para um grande anunciante: a Nike.

Comandada pelos brasileiros Diego Machado e Renato Zandona, além do português Hugo Veiga, a filial brasileira da Akqa trabalha em um formato diferente da maioria das agências, segundo os executivos. Para começar, ela aceita trabalhos em forma de consultoria – caso seja necessária a compra de mídia para algum cliente, o trabalho é repassado a um terceiro. No caso da campanha do modelo AirMax a partir de um conceito que celebrava os talentos do grafite nacional, a veiculação foi coordenada pela Wieden+Kennedy.

A campanha que trouxe o segundo Grande Prêmio à Akqa em dois dias – o primeiro havia sido para o lançamento do segundo álbum do rapper Baco Exu do Blues – foi realizada em São Paulo. Usou tanto a conexão da AirMax com a arte de rua quanto o debate gerado pela decisão do então prefeito (e hoje governador João Dória) de apagar parte dos grafites das ruas de São Paulo. No início deste ano, a 12.ª Vara da Fazenda Pública da Capital condenou Dória e a prefeitura a uma indenização de R$ 782,3 mil pela remoção dos grafites.

Tudo isso ajudou a chamar a atenção para o projeto, que tinha também um claro objetivo de negócio: ao contrário do que ocorria nos Estados Unidos, ainda havia certa resistência do brasileiro em comprar online. Por isso, para celebrar os novos modelos AirMax, a agência adicionou os tênis a desenhos que já existiam na cidade. Para poder comprar um par dos novos tênis, o usuário tinha de ir até o desenho e fazer o pedido pelo celular – os produtos ficaram disponíveis só nesta plataforma.

Para ganhar o Grand Prix em Media Lions, a peça da Akqa bateu um total de 2.196 peças publicitárias, de 66 países. A presidente do júri de Media Lions, Karen Blackett, disse ontem que a campanha foi escolhida porque teve um grande alcance (atingindo um total de 80 milhões de pessoas) e também conseguiu se tornar “parte da cidade”. Isso ocorreu, segundo Machado, porque, além de fazer intervenções em grafites já existentes, a campanha teve uma segunda fase em que alguns dos desenhos apagados da Avenida 23 de Maio foram devolvidos em um mural localizado atrás do Masp, nas proximidades da Avenida Paulista.

Mais Leões. Além do Grand Prix (que adiciona mais um ouro à conta dos prêmios do Brasil), o País conquistou ainda quatro pratas em Media Lions: Grey Brasil (Volvo), Tech and Soul (Uber), Africa (Brahma/AB InBev) e Akqa (Nike AirMax). Houve também quatro bronzes: David São Paulo (Burger King), Tech and Soul (Uber), Wunderman Thompson (Gud) e Grey Brasil (Reclame Aqui). Uma mesma ação pode levar mais de um Leão, pois o julgamento é dividido em subcategorias.

Brasil recebeu Leão de Ouro para David Brasil e Burger King (Foto: Soraya Ursine/Estadão)

Em Creative Data Lions, foram duas premiações: ouro para Ogilvy São Paulo (Petz) e bronze para Tribal Worldwide (E-Moving). Em Direct Lions, um ouro, uma prata e dois bronzes vieram para David São Paulo, para a campanha do Burger King que incentivava clientes a “incendiarem” virtualmente anúncios do McDonald’s. A categoria ainda trouxe mais dois Leões de bronze: Grey Brasil (Reclame Aqui) e Tech and Soul (Uber).

Em PR Lions (ações de relações públicas), foram quatro Leões, todos de bronze: Ogilvy Brasil (Hermes Pardini), Grey (Volvo e Reclame Aqui), Tech and Soul (Uber). Em Social & Influencer, também mais três Leões, todos de bronze: Publicis (Bradesco), Grey Brasil (Reclame Aqui) e Africa (revista ‘Rolling Stone’). Não houve premiações em Creative Strategy para o País.

Com os 24 Leões angariados ao longo do dia de ontem, o País chegou a um total de 65 prêmios acumulados em Cannes Lions 2019. [Fernando Scheller]

Taylor Swift lidera petição por direitos LGBTQ ao lançar nova música

O documento conseguiu 222 mil assinaturas poucas horas após a divulgação
AGÊNCIA – REUTERS

Taylor Swift durante show em Carson, na Califórnia. Foto: REUTERS/Mario Anzuoni

A cantora e compositora pop Taylor Swift lançou nesta segunda-feira, 17, um clipe com participações de outras estrelas, repreendendo os críticos de redes socais e pedindo que seus fãs assinem uma petição que exige proteções legais para gayslésbicas e pessoas transsexuais

O vídeo para o novo single de Swift You Need to Calm Down teve uma participação surpresa da ex-rival Katy Perry, além de uma série de outras celebridades. A participação sinaliza o fim da disputa entre as duas cantoras, que começou em 2013 por conta das cantoras de apoio em seus shows. 

Filmado em um estacionamento de trailers de tons pastéis, o vídeo apresenta Swift, de 29 anos, relaxando em uma piscina enquanto rebate seus críticos que atacam a população LGBT. “Sombras (ilusões) nunca fizeram ninguém ser menos gay”, canta Swift. 

As celebridades no clipe que se identificam como membros da comunidade LGBT incluem Ellen DeGeneres, Billy Porter, RuPaul, Jesse Tyler Ferguson, Adam Lambert, Hannah Hart e Tan France.

No final do vídeo, duas frases na tela pediam que os fãs assinassem uma petição que exige que o Senado dos Estados Unidos aprove uma legislação que protegeria a comunidade LGBT de discriminação. A medida já foi aprovada na Câmara dos Deputados. A petição conseguiu 222 mil assinaturas em poucas horas.

Jennifer Morrison entra para o elenco de ‘This is us’

GABRIELA ANTUNES

Jennifer Morrison (Foto:  Getty Images)

A atriz Jennifer Morrison, conhecida por papéis em séries como “House” e “Once upon a time“, estará na quarta temporada de “This is us“, prevista para estrear em setembro.

Detalhes sobre a personagem de Jennifer estão sendo mantidos em segredo. A atração acompanha a vida de uma família de classe média de Pittsburgh, os Pearson, ao longo de quase 40 anos. No final da terceira temporada, em abril, a ação se desenrolou no futuro. Recentemente, “This is us” foi renovada pela NBC por mais três temporadas de uma única vez.

Jennifer Morrison viveu a protagonista de “Once upon a time”, Emma, por sete anos. Antes disso, deu vida à médica Allison Cameron por seis anos em “House”. No ano passado ela dirigiu o longa “Sun Dogs” através de sua própria produtora. O filme, elogiado e premiado, entrou para o catálogo da Netflix.

O Escolhido | Elenco e equipe falam da série nacional da Netflix em vídeo

Seriado de terror chega ainda em junho
ARTHUR ELOI

Durante um evento para jornalistas em São Paulo, a Netflix divulgou um novo vídeo de O Escolhido, série de Raphael Draccon Carolina Munhóz, que traz a produção e elenco falando sobre o projeto.

Na trama de O Escolhido, três jovens médicos são enviados a um vilarejo remoto no Pantanal para vacinar seus moradores contra uma nova mutação do vírus Zika. Mas os esforços médicos são recusados e eles percebem que a comunidade é devota de um líder enigmático, que diz curar doenças sem usar medicina. Com essa temática, a ideia da série é criar um embate entre fé e ciência. Ao todo serão seis episódios.

Estão no elenco nomes como Paloma Bernardi, Gutto Szuster, Pedro Caetano, Alli Willow, Tuna Dwek, Mariano Mattos Martins, Lourinelson Vladmir e Renan Tenca. A estreia acontece em 28 de junho.